quarta-feira, 31 de agosto de 2011

IBGE CONFIRMA: CAPELINHA DESPONTA NO VALE


Recentes dados divulgados pelo IBGE confirmam o potencial sócio-econômico de Capelinha e mostram que a cidade é destaque no Vale do Jequitinhonha. Pelo último censo do IBGE realizado em 2010, Capelinha aparece como a segunda cidade mais rica e a quarta mais populosa entre os 80 municípios que compõem a região. 
No critério econômico, tendo como base o PIB (Produto Interno Bruto), Capelinha fica atrás somente de Diamantina e no item populacional, aparece atrás de Diamantina, Almenara e Araçuaí. Os números apresentados nos dois levantamentos são indicadores do crescimento acelerado de Capelinha e projetam que o município poderá assumir a dianteira econômica e populacional nos próximos 10 anos, pois as diferenças de momento são pequenas. Apesar de registrar uma população inferior a Almenara e Araçuaí, Capelinha, no entanto, aparece à frente das duas cidades no critério sócio-econômico medido pelo PIB.  Confira abaixo as 10 cidades mais ricas e mais populosas do Vale:

Mais Ricas:
  1. Diamantina com PIB de R$ 276.234,84
  2. Capelinha com PIB de R$ 217.098,40
  3. Pedra Azul com PIB de R$ 208.463,11
  4. Almenara com PIB de R$ 190.410,50
  5. Itamarandiba com PIB de R$ 168.689,52
  6. Araçuaí com PIB de R$ 159.704,52
  7. Itaobim com PIB de R$ 135.368,56
  8. Minas Novas com PIB de R$ 120.371,05
  9. Jequitinhonha com PIB de R$ 107.661,58
  10. Novo Cruzeiro com PIB de R$ 102.536,68
Mais Populosas:
  1. Diamantina com 45.880 habitantes
  2. Almenara com 38.775 habitantes
  3. Araçuaí com 36.013 habitantes
  4. Capelinha com 34.803 habitantes
  5. Itamarandiba com 32.177 habitantes
  6. Minas Novas com 30.803 habitantes
  7. Novo Cruzeiro com 30.726 habitantes
  8. Jequitinhonha com 24.179 habitantes
  9. Pedra Azul com 23.839 habitantes
  10. Medina com 21.037 habitantes

SOLIDARIEDADE NO VALE DO JEQUITINHONHA

A casa cresceu. O número de carros na garagem aumentou, assim como o de filhos na universidade. A compra do mês ficou maior e mais farta. E ninguém mais duvida: o brasileiro mudou de vida.


Quase 30 milhões de pessoas chegaram a classe C – na qual se enquadram cidadãos com renda mensal entre R$ 1,2 mil e R$ 5,1 mil –, que hoje representa um exército de 94 milhões de brasileiros. Subiu de patamar, mas, diferentemente do que dizem daqueles que engordam apenas o bolso, ele não se esqueceu de compartilhar. É que a melhoria no poder de compra desse contingente na classe C refletiu no perfil e na motivação às doações para entidades filantrópicas no país. É o que revela pesquisa encomendada pela fundação Fundo Cristão para Crianças (ChildFund Brasil) à consultoria Rgaber Estatística.

Atuando em Minas, Rio Grande do Norte e Ceará, com identidade, cultura, proteção e saúde das crianças de comunidades carentes, a ChildFund Brasil beneficia 120 mil menores, 250 mil pessoas e 41 mil famílias. “Os projetos são de acordo com a demanda da comunidade.

No Vale do Jequitinhonha, trabalhamos a valorização da cultura regional como identidade para as crianças”, diz Dov Rosenmann, gerente de Programas Sociais do Fundo Cristão. Atualmente, 55 mil crianças são apadrinhadas no Brasil. Elas recebem R$ 52 mensais até completar 18 anos. O desafio agora é sensibilizar mais empresas a abraçar a causa do apadrinhamento.

São 17 milhões de brasileiros que doam dinheiro mensalmente às causas sociais. “Essa população gera um volume de doações de R$ 5 bilhões. Antes, ninguém tinha essa dimensão”, afirma Gerson Pacheco, diretor nacional do ChildFund Brasil, alegando não saber avaliar se os números podem ser considerados grandes ou não, pelo fato de o estudo ser inédito. Ainda assim, é possível afirmar, categoricamente, que insignificantes eles não são.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

SANTA MARIA DO SALTO: CARRO CAPOTA 8 VEZES NO TRECHO ENTRE A BR 367 E BR LMG 462

No Dia 25 de Agosto, aconteceu um acidente grave na Br LMG 642 que liga a Cidade de Santa Maria do Salto a Br MG-367.



Um Golf de Placa de Governador Valadares que vinha do sentido Jacinto - Santa Maria do Salto, Capotou por 8 vezes até parar fora da pista no Kilometro 3 Proximo a Fazenda do Sr Cabeção. 



O Motorista foi abordado pelos policiais militares da cidade. Em Depoimento o mesmo alegou que estava em uma velocidade considerável e que não estava acostumado com a estrada e a curva o pegou de surpresa, o motorista não teve ferimentos, porem o carro sofreu diversos amassos com o capotamento. 


O Motorista é funcionário de uma empresa que trabalha com venda de cartões telefonicos e estava chegando a cidade a trabalho.


Fonte: João Andrade - www.virtualfesta.com, via Blog Folha Santamariense

É O TCHAN E BARCO A VELA NOS 281 ANOS DE MINAS NOVAS

É o Tchan! e Barco a Vela nos 281 anos de Minas Novas!! Dia 01 de Outubro de 2011. Aguardem maiores informações


CRIANÇA ESPERANÇA APOIA PROGRAMA SOCIAL DE MINAS NOVAS-MG, VALE DO JEQUITINHONHA

Palestra no projeto Casinha de Cultura marca os 21 anos do ECA em MG

Estatuto brasileiro é considerado marco na defesa dos direitos humanos

Projeto Casinha de Cultura - Palestra ECA (Foto: Divulgação)
Palestra sobre o ECA, no projeto Casinha de
Cultura (Foto: Divulgação)
O ex-conselheiro tutelar José Maria Rosário Ramos reuniu no dia 09 de junho, 16 alunos do projeto Casinha de Cultura – Espaço para Convivência para falar sobre os direitos e deveres definidos no Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA. O projeto, que atende à crianças e jovens de Minas Novas (MG), tem o apoio do Criança Esperança em 2011.


A palestra antecipou o aniversário de 21 anos da implementação do ECA, que serão completados em julho. Na época de sua implementação, o estatuto foi considerado um marco na defesa dos direitos humanos no país, apesar de ser apontado por alguns como paternalista quando o assunto é a infração cometida por jovem ou criança. Com a palestra, José Maria quis passar uma orientação sobre o que estabelece o Estatuto, que visa a proteção integral de crianças e adolescentes.

“O ECA tem como objetivo garantir os direitos, mas ao mesmo tempo estabelece deveres. É isso que procuramos passar para os jovens: que tenham responsabilidade ao lutar por seus direitos e cumprir os seus deveres”, disse.
Casinha de Cultura

Casinha de Cultura – Espaço de Vivência e Convivência
Associação Minasnovense de Promoção ao Lavrador e à Infância da Área Rural – AMPLIAR


Local: Minas Novas, Minas Gerais

Área de atuação: Transversais,
Ano: 2011
Beneficiados diretos: 254 crianças, adolescentes e jovens, de 0 a 18 anos
Beneficiados indiretos: 1.162 familiares e moradores
Telefones: (33) 3764-1132 Fixo
Endereço: Rua Nana Costa, 17 – Centro - CEP 39650-000
E-mail: ampliar@uai.com.br

Foi criada em 1982 com o objetivo de diminuir os impactos da pobreza rural no Vale do Jequitinhonha e desenvolver programas e projetos para crianças e adolescentes, com enfoque na inclusão social e exercício da cidadania.

Promover a cultura local entre gerações e fortalecer o acervo cultural e histórico das comunidades rurais. Proporcionar às crianças um ambiente com cuidados, a oportunidade de brincar e de se integrar socialmente. A proposta é garantir o direito às crianças de vivenciarem a infância, permitindo que as mesmas tenham acesso a um ambiente saudável, onde o brincar se transforma em um jeito prazeroso de aprender. São oferecidas oficinas de teatro, de confecção de tambores, de construção de brinquedos, de reciclagem e de convivência familiar e comunitária, além de aulas de violão, canto, percussão, capoeira e dança. 

O apoio do Criança Esperança permitirá fortalecer o acervo cultural e histórico das comunidades através de recursos empregados na reforma desses espaços e da aquisição de materiais. Será realizada a contratação de 1 monitor de casinha de cultura, 1 instrutor de teatro, e de uma administradora para o curso. A verba também será destinada à alimentação dos alunos e funcionários e para a aquisição de 1 kombi, 1 filmadora, 1máquina digital, 1gravador, 2 micro-sistems, 10 violões, móveis (4 jogos de mesa, 6 prateleiras, 2 armários), material para confecção de tambor, material para mapeamento comunitário, material de escritório, material para confecção de brinquedos artesanais, brinquedos pedagógicos, livros, figurino e cenário de teatro e de canto/coral, camisetas e equipamentos.

Fonte: Rede Globo - Criança Esperança

ETAPA FINAL DO 2º FESTIVAL MINEIRO DE HUMOR REÚNE FERAS DA COMÉDIA. ALMENARA PARTICIPA.

Saulo Lanranjeira: Equilíbrio é fundamental

Os regionalismos do humor mineiro estarão no palco do Sesc Palladium nesta terça, na segunda edição do Festival Mineiro do Humor. Será a final do concurso que começou em cinco regionais do estado, com apresentações simultâneas em Montes Claros, Poços de Caldas, Almenara, Montes Claros, Uberlândia e Belo Horizonte. “Criamos o festival em função da efervescência que o humor vive”, comenta Janine Fortini, gerente do Lances JK uma das organizadoras do evento. “Entendemos que seria o momento, não só para incentivar os artistas, mas também promovê-los.”

O Festival Mineiro do Humor é dividido nas categorias de stand up e personagem. Hoje, a partir das 20h, os 10 artistas classificados terão 10 minutos para apresentar suas criações. Além deles, os três primeiros lugares do concurso do ano passado também vão subir ao palco. “Normalmente falam do cotidiano mineiro. É um humor regional. Cada texto traz o que é comum para aquela região”, detalha Fortini. O concurso distribui prêmios em dinheiro no valor de R$ 1 mil para o terceiro lugar, R$ 1,5 mil para o segundo e R$ 3 mil para o campeão. 

Como um dos objetivos do festival é promover a safra de humoristas mineiros, compõem o júri redatores dos principais programas de humor da TV, como Zorra total e Show do Tom, além de Saulo Laranjeira. Para Laranjeira, o festival é uma oportunidade para que novos artistas coloquem em prática as ideias e o discurso humorístico. E dá uma pista: quem tiver equilíbrio conquista o voto dele. “A qualidade da elaboração do personagem deve estar atrelada ao conteúdo humorístico. Às vezes, o artista tem ótimas piadas, mas o personagem não foi finalizado, ou o contrário. O equilíbrio é fundamental para ter sucesso”, diz.

Os finalistas 

Stand Up
Eronilto Mendes Soares - Trabion (Almenara) – Trabalho, eis a questão 
Christiano Junqueira (Belo Horizonte ) – Aprecie sem moderação
Illan Carvalho Rego (Montes Claros) – Sobre uma vida tosca
André Bruno Vinhas Pereira (Poços de Caldas) – Aborrecente
Cristiano Antônio (Uberlândia) – Quem sou eu?


Personagem
Sabino Marcos Ramos (Almenara) – Nas graças do riso
Eraldo José dos Santos (Belo Horizonte) – Lili (Os tolos)
Uênio Moreira da Rocha (Montes Claros) – As peripécias de Dona Santa
Janilton Prado (Poços de Caldas) – Cama, comida e roupa lavada
Dagmar Talga (Uberlândia) –
A mendiga

2º Festival Mineiro de Humor (Etapa Final) Terça, 30 de agosto, às 20h, no Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro).
Entrada franca. Informações: (31) 3214-5350. 

Fonte: Caderno Divirta-se

ITAOBIM-MG: PM APREENDE ARMA, PÓLVORA E CHUMBO

Policiais militares da 15ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito, durante operação desarmamento, apreenderam uma arma e frascos de munição.

Os policiais patrulhavam na estrada municipal que liga a cidade de Itaobim, quando avistaram um homem, que ao perceber a presença da PM, fugiu por um matagal. Na fuga, ele deixou cair uma garrucha polveira de dois canos.

Nas proximidades, foram encontrados dois frascos contendo pólvora, dois frascos contendo chumbo, um frasco contendo espoleta, um pio e uma tesoura pequena tipo escolar. 

Fonte: Polícia Militar

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

CURSOS PROMOVIDOS PELO SENAR VÃO CAPACITAR 200 PESSOAS NO VALE DO JEQUITINHONHA


Entre os dias 29 de agosto e 3 de setembro o SENAR MINAS vai realizar cursos que capacitarão 202 pessoas no Vale do Jequitinhonha, nas cidades de Araçuaí, Cachoeira do Pajeú, Caraí, Felisburgo, Iatipé, Itamarandiba, Jenipapo de Minas, José Raydan, Rubim, Santo Antônio do Jacinto, São Gonçalo do Rio Preto e Turmalina.

Serão realizados cursos de saúde, artesanato, tecelagem, piscicultura - atividade que está se consolidando na região -, mecânica, com operação, manutenção e regulagem de máquinas. Os cursos são programados a partir das necessidades e características de cada uma das cidades. Um exemplo disso foi a solicitação feita pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Itamarandiba que vai promover cursos sobre operação de máquinas agrícolas como roçadoras e tratores, destinados aos trabalhadores que atuam nas propriedades rurais da cidade. Itamarandiba receberá ainda o curso de Piscicultura; mesmo curso que vai ser realizado em São Gonçalo do Rio Preto numa promoção da Federação das Associações Comerciais da cidade.

Em Caraí acontecem dois eventos promovidos pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Novo Cruzeiro: o curso de Saúde na Infância e Adolescência e o outro de Artesanato em Argila e Congêneres. Em Araçuaí, o Sindicato dos Produtores Rurais também promoverá curso de Artesanato, porém, de materiais recicláveis como fibra de cana-de-açúcar, bananeira, café, entre outras. Em Jenipapo de Minas, o curso será de  Produção de Derivados de Leite, uma promoção da Associação dos Pequenos Produtores Rurais Independentes de Berilo. Os Sindicatos dos Produtores Rurais de Felisburgo e Rubim realizam cursos de Bovinocultura de Leite e Tecelagem (Tear) respectivamente.

O município de José Raydan terá curso de Equideocultura, promovido pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Santa Maria do Suaçuaí; enquanto Santo Antônio do Jacinto recebe o curso de Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas, uma promoção do Sindicato dos Produtores Rurais.

Saúde

Os cursos de Saúde Reprodutiva e Saúde Bucal serão ministrados em Cachoeira do Pajeú, Itaipé e Turmalina. Na primeira, o curso de Saúde Bucal terá promoção do Sindicato dos Produtores Rurais de Pedra Azul. Em Itaipé, o Sindicato dos Produtores Rurais de Novo Cruzeiro realiza em parceriacom o SENAR MINAS o curso de Saúde Reprodutiva, mesmo curso promovido pelo Clube do Galope, em Turmalina.

Por Diego Souza, de Araçuaí - Senar Minas

domingo, 28 de agosto de 2011

Minas é estado com maior número de eleições extemporâneas

A menos de 15 meses das eleições municipais, eleitores de dezenas de cidades brasileiras ainda vivem clima de campanha pelo interior do país. O descompasso do calendário eleitoral deve-se às denúncias de corrupção, compra de votos e abuso do poder econômico que colocaram em xeque o resultado da disputa de 2008. Até agora, 166 eleições suplementares em todo o país engrossam o calendário de pleitos registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além dos rombos que os episódios de corrupção ou mau uso do dinheiro público causam aos cofres das cidades, a segunda rodada de eleições municipais tem um preço. Os tribunais já desembolsaram R$ 1,6 milhão para trazer os eleitores de volta às urnas na disputa fora de época.

Conheça o CPCD. Desenvolvimento da Cultura e Tecnologia do Vale

O Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento - CPCD é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 1984, em Belo Horizonte/MG, com a seguinte missão: promover educação popular e o desenvolvimento comunitário a partir da cultura, tomada como matéria-prima de ação institucional e pedagógica.

sábado, 27 de agosto de 2011

Itamarandibano é morto pela PM de Montes Claros

PM atira e mata homem de 36 anos armado com facão


As Polícia Civil e Militar já instauraram inquéritos para apurar as circunstâncias da morte de um homem de 36 anos, baleado na manhã de sexta-feira, por um policial militar, durante abordagem.

O fato ocorreu nos fundos da Igreja Santuário, na avenida Santos Dumont, bairro São José. Segundo informações, uma aposentada de 61 anos que reside perto do local chamou a PM por volta das seis horas da manhã alegando que um homem estaria armado com um facão e que teria pernoitado nas imediações de sua casa.

Uma viatura chegou ao local, e segundo a PM, ao tentar abordar o homem, identificado até o fechamento desta edição como sendo João Batista Silva, de 36 anos, natural de Itamarandiba, teria reagido e partido para cima dos policiais usando um facão.

Um dos militares atirou duas vezes atingindo o homem no peito e no braço. João Batista foi socorrido pelo Samu e levado para a Santa Casa, mas faleceu ao dar entrada no pronto socorro. A PM acredita que o homem baleado possuía problemas mentais.

Com mais esta morte, voltou a subir o número de assassinatos em Montes Claros, que passou para 72, o nono do mês de agosto. Durante todo o ano de 2010, 80 pessoas foram assassinadas na cidade.

Fonte: O Norte

Governo entrega títulos de propriedade no Norte de Minas e Jequitinhonha

O Governo de Minas entregou mais de 1.000 títulos de regularização de propriedade nos municípios de Divisa Alegre, Divisópolis, Águas Vermelhas, Cachoeira de Pajeú, Pedra Azul, Medina, Comercinho, Itaobim e Itinga, localizados no Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha, entre 23 e 25 de agosto. A meta da Secretaria de Estado de Regularização Fundiária (Seerf) e do Instituto de Terras do Estado de Minas Gerais (Iter-MG) é alcançar 40 mil títulos de legitimação de posse de terras devolutas em todo o Estado até o final do ano.

TRE encontra fraude em 15 cidades mineiras


Recontagem de votos revela irregularidades eleitorais
O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) constatou fraudes e irregularidades no cadastramento de eleitores de mais 15 municípios no estado, para os quais requereu do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a realização de revisão biométrica. O processo de correição, em que se verifica a revisão do eleitorado a partir de denúncias e de suspeitas levantadas pela relação entre a população projetada pelo IBGE e o número de títulos eleitorais registrado nos municípios,

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Programa de alfabetização de adultos capacita profissionais no Norte de Minas

Os formadores do programa de alfabetização de adultos “Travessia Nota 10” terminaram nesta quinta-feira (25), em Montes Claros, a capacitação do projeto, que passa por processo de reformulação e atualização.
A partir do nivelamento conceitual e pedagógico, estão sendo capacitados nesta fase 110 formadores para atuarem no Norte de Minas e nos vales do Jequitinhonha e do Mucuri. Em turmas de 60 alunos, no máximo, os alfabetizadores serão preparados para conduzir o processo de alfabetização de pessoas acima de 15 anos.
O Censo de 2010 revela que no Brasil, nos últimos 10 anos, houve redução 5,87% na taxa de analfabetismo. Minas Gerais reduziu este índice em 3,64%, enquanto que no Grande Norte, por causa da atuação do programa precursor, a redução chegou a 6,68%. “Teremos, com o Travessia Nota Dez, o foco na elevação da escolaridade e na alfabetização das pessoas”, revela Rachel Ulhôa, responsável pela sua coordenação geral.
O evento em Montes Claros é realizado em parceria entre a Sedvan, o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), a Fundação Educacional Montes Claros (Femc) e a Fundação Diamantinense de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fundaepe) – de apoio à UFVJM.
Valorização
O diretor da Femc, Ariovaldo Melo, disse que a instituição corresponderá como parceira à expectativa de confiança depositada pela Sedvan. “Vamos virar mais uma página na área educacional da região com o programa”. Dulce Pimenta, da Fundaepe, explica que a iniciativa terá gerenciamento próprio, com sistema eletrônico de acompanhamento das atividades, inclusive da evasão escolar.
O diretor do Idene para o Norte de Minas, Guila Ramos, frisa que o programa não visa somente à alfabetização, mas também à responsabilidade social. “Vamos valorizar os alunos como pessoas. As grandes redes de investimento social podem mudar o Norte e o Nordeste do Estado.”
Por Agência Minas

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

UFVJM adia para outubro decisão sobre criação de campus

Conselho Universitário quer definir atuação e expansão da Universidade


>     O CONSU - Conselho Universitário, instância de poder deliberativo da UFVJM - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, tomou decisões importantes em relação à criação de campus universitário fora dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri:

>   Assumiu que a UFVJM é uma Universidade multi-campi, ou seja, pode ter várias unidades de ensino ou pesquisa espalhadas por outras cidades. 
Definiu que o território dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri é região prioritária para sua atuação. 

 E ainda: adiou para o mês de outubro a decisão sobre incorporação ou não dos campi de Janaúba e Unaí, definido de forma autoritária pelo Ministério da Educação, sem a aprovação prévia do CONSU e nem consulta ao povo do Vale. 

Leia a Nota de Esclarecimento, assinada pelo Reitor Pedro Ângelo Almeida Abreu: 
NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em evento no Palácio do Planalto, o Governo Federal anunciou, no dia 16 de agosto passado, uma nova expansão do Ensino Superior, noticiando a criação de mais quatro Universidades Federais e de várias dezenas de campi universitários vinculados a Instituições do sistema de IFES. Dentre esses novos campi, foi noticiada a criação de campus nas cidades de Janaúba e Unaí no Estado de Minas Gerais, que seriam vinculados à Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Cabe informar que o Conselho Universitário não havia deliberado pela incorporação desses novos campi à UFVJM. 

O Conselho Universitário já definiu a UFVJM como umaUniversidade multi-campi para atender, sobretudo, as populações dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
, vislumbrando, portanto, a implantação, quando possível e pertinente, de novas Unidades Universitárias, principalmente em cidades assentadas em territórios desses vales. 

Portanto, esta Instituição entende a expansão do Ensino Superior público como uma política de Estado voltada para proporcionar oportunidades aos cidadãos de diferentes territórios do Brasil, mas, por outro lado, assumiu que os Vales do Jequitinhonha e Mucuri são prioritários para a sua atuação no ensino, pesquisa e extensão. 

Em reunião realizada no dia 19 de agosto o Conselho Universitário deliberou que irá definir, até o início de outubro próximo vindouro, os territórios de atuação da UFVJM, quando, então, decidirá sobre a viabilidade de incorporar os campi das cidades de Janaúba e Unaí. 

Diamantina, 18 de agosto de 2011 

Prof. Pedro Ângelo Almeida Abreu 
Presidente do Conselho Universitário /UFVJM 

Por uma descentralização da UFVJM com campus em cidades dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Assine o Abaixo-assinado Clicando Aqui

Fonte: Blog do Banu

Palmópolis/MG: PRF encontra mais de 14 kg de maconha em ônibus

Na noite desta quarta-feira (17/08) a Policia Rodoviária Federal/PRF abordou um ônibus por volta das 23h50 no KM 365 da rodovia 369 em Campo Mourão que fazia o trajeto Assunção a Salvador, mas ao ser verificado no compartimento de bagagem foi encontrado 16 tabletes de substância análoga a maconha, totalizando 14,527 Kg

Juliano José Ribeiro de 28 anos informou que a droga vinha de Foz do Iguaçu e que a levaria até sua cidade natal, Palmópolis/MG e receberia R$ 3.000,00 (três mil reais) para realizar o serviço. O fato foi encaminhado a Policia Civil de Campo Mourão/PR. 

Por: Vanessa Teixeira - Notícias Policiais

Araçuaí: população reclama da poluição dos rios e cobra tratamento do esgoto da cidade


Esgoto no Distrito de Eng. Schnoor - Foto TV Araçuai
Em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, a população convive com sérios problemas ambientais e urbanos. O principal deles é a poluição dos rios, por falta de tratamento do esgoto da cidade. Este é o assunto da coluna comunidades de hoje.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Vereador de Carbonita é acusado de estuprar adolescente de 12 anos

Foto meramente ilustrativa
Foi instaurado inquérito policial nessa terça-feira (23) sobre a acusação de que um vereador de Carbonita, no Vale do Jequitinhonha, teria estuprado uma adolescente de 12 anos. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Capelinha e iniciou por meio do atendimento de uma ocorrência de ameaça e agressão.

Abaixo-Assinado. Povo do Vale se movimenta para ter Universidade perto de sua casa.


Um abaixo-assinado, proposto pelas redes sociais do Vale do Jequitinhonha, foi colocado no internet, nesta tarde de quarta-feira, 24.08.11.

É um protesto contra a criação de campus da UFVJM em cidades fora do Jequitinhonha e Mucuri.

Clique no endereço abaixo e assine e mostre que você deseja o desenvolvimento sustentável e humano para você, sua família, seus vizinhos, seu município e todo o Vale do Jequitinhonha.


Vá ao seguinte endereço e faça sua assinatura a esta luta de todos nós: Clique Aqui

CVTs iniciam curso preparatório para o ENEM com sala de aula cheia em Pedra Azul

Foi com sala de aula cheia que o Centro Vocacional Tecnológico de Pedra Azul realizou a aula inaugural do curso “ENEM na sua Comunidade”, no dia 02 de agosto. Durante a primeira aula, a coordenadora Geral, Solange Paula Tejada Berloffa, apresentou a metodologia que será utilizada durante curso e um resumo do Edital do ENEM 2011, destacando os pontos principais e dicas para o estudo e para a prova. Foram formadas duas turmas, totalizando 65 alunos

Minas investe em ações no semiárido

Por meio do Plano de Contingência para Minimização dos Impactos Provados pela Seca, o Governo de Minas está investindo R$ 9,828 milhões nos municípios do Norte de Minas e dos vales do Jequitinhonha e Mucuri. O programa foi lançado em junho pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), para atender, de julho de 2011 a maio de 2012, cerca de 400 mil pessoas. Este ano, 95 municípios da região do semiárido já decretaram estado de emergência por causa da estiagem.

Entre os investimentos previstos no Plano Seca 2011, mais de R$ 5,5 milhões estão reservados para a contratação de 1.075 caminhões-pipa para abastecimento das comunidades.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Capelinha: Prefeitura cancela Concurso Público


A Prefeitura de Capelinha cancelou em definitivo o concurso público 01/2011 que foi anulado por irregularidades, segundo ela em virtude do descumprimento da Instrução Normativa 08/2009 do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Minas Gerais, conforme Decreto Nº 40 de 09 de junho de 2011.

ZÉ RAMALHO EM ALMENARA, SHOW ÚNICO NO DIA 19 DE NOVEMBRO

Pela primeira vez em Almenara, Zé Ramalho se apresentará em Grande Show 

Em abril o cantor Zé Ramalho deu um verdadeiro show na cidade Jequitinhonha, tocando grandes sucessos como: Avo Hai, Frevo Mulher, Vida de Gado, Chão de Giz e outras encatou milhares de pessoas na Praça de Eventos da cidade. Agora chegou a vez da vizinha Almenara, à 52 KM de Jequitinhonha.

Festival da Cachaça de Novo Cruzeiro terá Leonardo e Léo Magalhães

O tradicional Festival de Cachaça de Novo Cruzeiro promete ser ainda mais animado neste ano. Além de movimentação de muitas cidades do Vale do Jequitinhonha (Araçuaí, Jenipapo de Minas, Minas Novas, Virgem da Lapa, Malacacheta, Capelinha, Aricanduva, Padre Paraíso, Caraí, Itaobim e outras), do Mucuri (Itaipé, Ladainha, Teófilo Otoni, Catuji, Nanuque, Carlos Chagas, Pavão e outras), há uma verdadeira romaria da cachaça vinda de Belo Horizonte. 

GAROTA REGIONAL 2011 EM SANTA RITA DO ARAÇUAÍ – 10 ANOS DE TRADIÇÃO

Neste sábado (20 de agosto de 2011) o distrito de Santa Rita do Araçuaí, Município de Chapada do Norte viveu as emoções dos 10 anos da Festa da Garota Regional.

Cinco garotas subiram a passarela e mostraram todo charme e beleza em busca do título da Garota Regional 2011.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Conheça o Vale do Jequitinonha

Reza a lenda que Jequitinhonha, nome do principal rio que banha a região, originou-se dos  índios que habitavam o Vale. Eles usavam o “jequi”, uma espécie de armadilha em forma de um “puça” para pegar peixe, também chamado de onhas. O índio armava o jequi no rio ao entardecer e, na manhã seguinte, o pai falava para o filho: “Vai menino, vai ver se no jequi tem onha”. Uma alusão a essa lenda foi feita nos versos da música “No Jequi tem onha”, do poeta Gonzaga Medeiros. “Conta, canta contador, Conta a história que eu pedi Dizem que o Jequi tem onha, Conta as onhas do jequi”.

domingo, 21 de agosto de 2011

A partir de agora não há espaço para retrocessos, diz Lula em Araçuaí/MG

Bastante empolgado por retornar ao município de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, uma das regiões mais carentes do estado de Minas Gerais, o presidente Lula assegurou nesta terça-feira (19) à população que, com os avanços conquistados, não haverá mais espaços para retrocessos.

Plano funerário sem regulamentação ilude população carente do Vale do Jequitinhonha

Empresa se aproveita da boa fé, da miséria e da falta de informação de moradores dos vales do Jequitinhonha e Mucuri para oferecer o serviço, sem assinatura ou contrato.

Araçuaí,  Itaobim, Ponto dos Volantes, Teófilo Otoni e Virgem da Lapa – Em duas das regiões mais pobres do país, o Vale do Mucuri e o Vale do Jequitinhonha, o negócio da morte é próspero. Uma empresa cobra dos mais pobres – de preferência analfabetos, mais velhos e sem qualquer tipo de informação – valores que variam entre R$ 10 e R$ 30, dependendo do município, a título de plano funerário.

Blogger Themes

2leep.com

 
Powered by Blogger