quarta-feira, 31 de agosto de 2011

SOLIDARIEDADE NO VALE DO JEQUITINHONHA

A casa cresceu. O número de carros na garagem aumentou, assim como o de filhos na universidade. A compra do mês ficou maior e mais farta. E ninguém mais duvida: o brasileiro mudou de vida.


Quase 30 milhões de pessoas chegaram a classe C – na qual se enquadram cidadãos com renda mensal entre R$ 1,2 mil e R$ 5,1 mil –, que hoje representa um exército de 94 milhões de brasileiros. Subiu de patamar, mas, diferentemente do que dizem daqueles que engordam apenas o bolso, ele não se esqueceu de compartilhar. É que a melhoria no poder de compra desse contingente na classe C refletiu no perfil e na motivação às doações para entidades filantrópicas no país. É o que revela pesquisa encomendada pela fundação Fundo Cristão para Crianças (ChildFund Brasil) à consultoria Rgaber Estatística.

Atuando em Minas, Rio Grande do Norte e Ceará, com identidade, cultura, proteção e saúde das crianças de comunidades carentes, a ChildFund Brasil beneficia 120 mil menores, 250 mil pessoas e 41 mil famílias. “Os projetos são de acordo com a demanda da comunidade.

No Vale do Jequitinhonha, trabalhamos a valorização da cultura regional como identidade para as crianças”, diz Dov Rosenmann, gerente de Programas Sociais do Fundo Cristão. Atualmente, 55 mil crianças são apadrinhadas no Brasil. Elas recebem R$ 52 mensais até completar 18 anos. O desafio agora é sensibilizar mais empresas a abraçar a causa do apadrinhamento.

São 17 milhões de brasileiros que doam dinheiro mensalmente às causas sociais. “Essa população gera um volume de doações de R$ 5 bilhões. Antes, ninguém tinha essa dimensão”, afirma Gerson Pacheco, diretor nacional do ChildFund Brasil, alegando não saber avaliar se os números podem ser considerados grandes ou não, pelo fato de o estudo ser inédito. Ainda assim, é possível afirmar, categoricamente, que insignificantes eles não são.

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger