segunda-feira, 29 de agosto de 2016

SUAPI assume cadeias de Capelinha, Itamarandiba e Turmalina. Cadeia de Minas Novas é desativada

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) finalizou na quarta-feira, 18 de agosto, a entrega da administração das cadeias públicas na área da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC), que tem sede em Capelinha, para a Subsecretaria de Administração Prisional (SUAPI). A cadeia de Turmalina, com 48 presos, foi assumida no dia 16. A de Itamarandiba, com 98 presos, dia 17, e a de Capelinha, com 93 presos, neste dia 18. Na quinta-feira, foi desativada a cadeia de Minas Novas e os 27 presos foram admitidos na unidade de Capelinha. Ao todo, a Polícia Civil transferiu a vigilância de 266 presos.



As cadeias passam à denominação de presídio, tendo um agente penitenciário de carreira nomeado na função de diretor. Nos três dias, os Grupos de Intervenção Tática dos presídios de Teófilo Otoni e Diamantina intervieram nas cadeias conferindo segurança para vistoria e higienização das celas, além de uniformização padrão dos vestuários dos presos. Todos os detentos receberam kits individuais contendo o uniforme padrão, um colchão, um cobertor e itens de higiene pessoal.

“Esta ação vai qualificar os trabalhos investigativos nos 15 municípios atendidos pela 2ªDRPC-Capelinha e Delegacias de Polícia Civil de Turmalina, Itamarandiba e Minas Novas, uma vez que diversos policiais empregados em serviços de escolta, guarda e administração serão direcionados exclusivamente para elucidação de crimes e cumprimentos de mandados judiciais de prisão e busca apreensão”, explica o delegado regional Thiago Rocha.

Os trabalhos de assunção e desativação foram acompanhados pelo Chefe do 14º Departamento, Dr. Flávio Tadeu Destro, pelo Delegado Regional de Capelinha, Dr. Thiago Rocha Ferreira, e pela equipe de Investigadores.
Estiveram presentes na assunção da cadeia de Capelinha diversas autoridades, entre elas a Juíza de Direito Natália Discacciati Rezende, a Promotora de Justiça Hosana Regina Andrade de Freitas, o Comandante da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar, Major Nilzo Figueiredo, o Diretor Geral da 14ªRISP Carlos Adriano, o Diretor Geral da 15ªRISP José Alberto Santos de Almeida, o Diretor do Presídio de Diamantina José Maria dos Santos Malta, e o Assessor do Gabinete da SUAPI Willian Abrete Pinto, Diretor da cadeia de Capelinha, Antônio José Barbosa, advogado presidente do Conselho de Execução Penal, Evandro de Oliveira Queiroz, dentre outros.
Cadeia de Minas Novas foi desativada, após inúmeras fugas no local
Fonte: Jornal Local/Rosa Santos, de Capelinha. Texto e fotos.

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger