sábado, 31 de janeiro de 2015

PRÉ-CARNAVAL: CAMPUS-SEDE RECEBE TREINAMENTO DE SALVAMENTO AQUÁTICO DO CORPO DE BOMBEIROS

A Universidade Estadual de Montes Claros é parceira do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais na capacitação e treinamento em salvamento aquático, parte da preparação do efetivo para ações durante o período de Carnaval. Nesta semana, 29 militares da área de abrangência do 7º Batalhão de Bombeiros, sediado em Montes Claros, deram início às atividades na piscina olímpica do Centro Esportivo da Unimontes, no campus-sede. Os trabalhos prosseguem até 9 de fevereiro (em dias alternados).
 
Simulação de afogamento. Foto: Divulgação Bombeiros
De acordo com o comandante do 7º BBM, major Waldeci Gouveia Rodrigues, a ação já faz parte do planejamento estratégico dos Bombeiros e foi potencializada diante dos recentes registros de afogamentos com óbito na área de abrangência do Batalhão, que corresponde a 25% do território do Estado (Norte de Minas, Central e Vale do Jequitinhonha). Somente nos primeiros 25 dias de janeiro, os Bombeiros registraram 18 afogamentos nestas regiões. No mesmo período do ano passado, foram duas ocorrências desta natureza.

“O Carnaval está próximo e merece uma atenção especial em todos os sentidos para que a população seja orientada e atendida em situações de risco de afogamentos”, pontuou o major. Ele lembra que a região de abrangência do Batalhão possui uma quantidade considerável de rios, lagos, represas e cachoeiras. Os clubes recreativos também merecem uma atenção especial.

A primeira parte da capacitação no Centro Esportivo da Unimontes reúne 29 bombeiros das unidades de Montes Claros (5), Janaúba (4), Januária (5), Diamantina (5), Curvelo (5), Pirapora (5). Nos dias 2 e 3 de fevereiro, os treinamentos acontecerão nas respectivas unidades como efeito multiplicador e serão ministrados pelos militares que estão participando da primeira parte das atividades.

EFETIVO COMPLETO

“Para a primeira parte da capacitação selecionamos os militares com perfis de instrutores e, na sequência dos trabalhos, estes provocarão o efeito multiplicador, de forma que o efetivo de toda a área de abrangência seja atendido nas ações de prevenção e técnicas de salvamento e resgate aquático”, completou o comandante do 7º Batalhão, major Gouveia. Os Bombeiros contam com quase 600 militares nas regiões Norte, Central e Jequitinhonha.

O treinamento inclui simulação de resgate e socorro dos diversos tipos de vítima, aperfeiçoamento/reciclagem das técnicas de mergulho. “Retirar a vítima da água é apenas uma parte do socorro no caso de afogamento. A seguir, precisamos tratar dela para mantê-la viva. O treinamento é minucioso e exige abordagens sobre as técnicas de respiração, massagem cardíaca, dentre outros pontos”, acrescentou.

CIVIS – Nos dias 3, 5 e 9 de fevereiro, a capacitação será específica para o efetivo do Corpo de Bombeiros lotado em Montes Claros (60 militares). Atenção especial também para aproximadamente 30 civis que trabalham como salva-vidas nos clubes recreativos e campestres da cidade e região, que também registram um aumento do número de freqüentadores no período carnavalesco. O treinamento para os civis acontecerá também na piscina olímpica do campus-sede, nestas quinta e sexta-feira (29 e 30/01).

PERFIL DE VÍTIMAS

De acordo com o Corpo de Bombeiros, dos 16 casos de afogamento registrados neste ano até agora, quase 90% são de crianças e jovens. “A vítima mais velha tinha 25 anos. O jovem costuma ser impulsivo e acaba por ignorar os riscos”, completa o major Gouveia. Os locais destas ocorrências, em geral, são de trechos de rios com poços profundos.

Lotado no 1º Pelotão de Bombeiros em Pirapora, Norte de Minas, o sargento Freitas esteve no atendimento a uma ocorrência na vizinha cidade de Buritizeiro, onde um homem de 25 anos perdeu a vida no último dia de 2014. Segundo o militar, mesmo sem saber nadar, ele pulou na água num trecho de corredeiras do Rio São Francisco. Como havia ingerido bebida alcoólica, potencializou o risco de afogamento, o que de fato aconteceu.


“Infelizmente ele perdeu a vida. A gente sempre orienta as pessoas sobre estes riscos, mas ainda nos deparamos com situações como esta. E neste caso, o drama foi maior porque a família presenciou toda a semana sem qualquer poder de ação”, explicou o sargento.

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger