terça-feira, 15 de julho de 2014

NOVO CRUZEIRO: MÃE QUE TERIA VENDIDO BEBÊ POR R$2.000 É PRESA JUNTO COM 'COMPRADOR'


Homem foi preso em flagrante, em um cartório da cidade, enquanto tentava registrar a criança em seu nome; mulher pagou fiança e foi liberada

Um homem foi preso em flagrante nessa segunda-feira (14), enquanto tentava registrar uma recém-nascida como sua filha, em Novo Cruzeiro, no Vale do Jequitinhonha. De acordo com a Polícia Civil, Anderson Machado da Costa, de 36 anos, teria comprado a criança da mãe por R$ 2.000 e pretendia levar o bebê para Guarulhos, em São Paulo. Costa foi detido em um cartório da cidade, que já estava sendo monitorado pela Polícia Civil devido a uma denúncia anônima.


O denunciante informou à corporação que na madrugada do dia 13 de julho, uma mulher chamada Santa Ferreira Rodrigues, de 30 anos, deu à luz a um bebê e estaria planejando vendê-lo a um homem pela quantia de R$ 2.000. Ainda segundo o denunciante, a criança seria registrada em um cartório da região com o nome de Emanuele.

De posse da informação, a Polícia Civil montou uma operação em vários cartórios para flagrar o suspeito e, na tarde dessa segunda-feira, ele foi detido. A mãe da criança também foi detida e presa por tentar comercializar uma criança, mas pagou fiança e foi liberada. Costa foi detido pelo mesmo crime e também por tentar registrar em seu nome uma criança que não era sua filha. Ele foi encaminhado ao Presídio de Novo Cruzeiro.

A menina está sob os cuidados do Conselho Tutelar da cidade, que informou não ter autorização para passar mais informações sobre o recém-nascido. O delegado Arthur de Oliveira Simões, responsável pelo caso, já ouviu testemunhas que estavam no cartório e deve ouvir mais algumas pessoas para concluir o inquérito. Entretanto, o policial não irá conversar com a imprensa nesta terça. 

Costa é de São Paulo e não tem passagem pela polícia em Minas e nem em outros Estados. Durante depoimento, o suspeito falou que queria o bebê para adotar, uma vez que vive com uma pessoa e queria ter um filho. A mãe da criança, Santa, já era conhecida do comprador do bebê.

Conforme as informações do delegado regional Vinícius Sampaio, o suspeito foi detido no Cartório de Registro Civil de pessoas naturais de Novo Cruzeiro. "Inicialmente tudo indica que ele não pretendia fazer nada com a criança, só mesmo levá-la para São Paulo e criá-la. O bebê está bem, saudável, e aos cuidados do Conselho Tutelar", afirmou o policial. 

Por Bruna Carmona e José Vítor Camilo, do Jornal O Tempo

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger