quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

PREFEITO DE BERILO ESPERA AJUDA DO ESTADO PARA CONSERTAR ESTRAGOS DA CHUVA

Segundo Higor Maciel são necessários cerca de R$ 108 mil apenas para a compra de manilhas.
 
Uma cratera aberta na principal avenida da cidade, dividiu Berilo em duas. Foto: Gazeta de Araçuai

O prefeito de Berilo, no Vale do Jequitinhonha (MG) Higor Maciel  Coelho (PMDB) afirmou na quarta-feira (15) em Belo Horizonte, que a prefeitura não tem condições financeiras de reconstruir a galeria da principal avenida de acesso à cidade-  a Geraldo Alves Martins, que foi destruída pelas últimas chuvas que caíram  na região.

A avenida também garante o acesso às cidades de Chapada do Norte e Minas Novas, via  BR-367.

O prefeito esteve na capital mineira em busca de ajuda do governo estadual e afirmou que são necessários cerca de R$ 108 mil reais para adquirir manilhas de aço de 2 metros de diâmetro para serem colocadas na galeria que  está completamente destruída.” Já entregamos o orçamento à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas e estamos aguardando a liberação dos recursos”, disse ele.

De acordo com o prefeito, a prioridade da administração é garantir que o fluxo de carros seja totalmente normalizado na avenida .

Cratera dividiu cidade em duas

“Nasci e me criei aqui e nunca tinha visto nada igual. Todos os anos, a prefeitura limpava o canal para evitar entupimento. Berilo acabou”,

Foi dessa forma que o aposentado João da Cunha, de 83 anos, falou a respeito do buraco, que tem dimensões de uma cratera  com mais de 10 metros de profundidade que se abriu na avenida , dividindo Berilo em duas: o centro da cidade e o bairro São Francisco.

Para o lojista Silvano Ramalho, o desastre foi provocado por um loteamento acima da galeria. “Fizeram terraplenagem e jogaram toda a terra no córrego. Quando veio a chuva, toda a terra desceu para a galeria que não suportou o volume de entulho e transbordou”, contou Ramalho que teve um prejuízo de R$70 mil.

A água entrou no depósito da sua loja que fica próxima ao local. A prefeitura utilizou uma retroescavadeira para abrir um canal de escoamento da água que invadiu a avenida e isolou os moradores.

Um enorme paredão de concreto teve de ser destruído. Quando as águas baixaram uma outra manilha foi colocada e,  em seguida,  sacos de areia e terra foram jogados por cima,  para normalizar o trânsito.

Dias depois, um caminhão com mais de 20 toneladas atravessou o trecho que cedeu e reabriu a cratera. Ficou apenas uma pequena faixa que possibilita a passagem de pedestres e motos.

A imagem que se tem é de completa destruição. Toda a tubulação de água e esgoto está suspensa e à mostra.

Há muitos destroços de concreto, restos de manilhas e muito lixo dentro do buraco. Um pequeno lago se formou e os moradores temem um surto de dengue.

O prefeito decretou situação de emergência no município que possui cerca de 13 mil habitantes.

Via Gazeta de Araçuai


Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger