sábado, 13 de abril de 2013

GOVERNADOR ANASTASIA ANUNCIA ASFALTO DE ÁGUA BOA A MALACACHETA


Por meio do Caminhos de Minas, trecho entre Malacacheta e Água Boa, de 48,8 km,  receberá investimentos de R$ 70 milhões para obras de pavimentação e melhorias. Asfalto vai integrar Vale do Jequitinhonha, com Mucuri e Rio Doce.

A população dos municípios de Malacacheta e Água Boa comemorou, nesta sexta-feira (12.04), o início das obras de pavimentação dos 48,8 quilômetros de estrada da MG-217, trecho que liga a região do Rio Doce ao Vale do Mucuri. A determinação foi dada pelo governador de Minas, Antônio Anastasia que assinou, em Malacacheta, na divisa dos Vale do Mucuri com o Vale do Jequitinhonha, a ordem de serviço e anunciou investimentos da ordem de R$ 70 milhões para as melhorias necessárias.

Os recursos fazem parte do Programa Caminhos de Minas, cujo objetivo é ampliar e melhorar a infraestrutura logística dos municípios e regiões.

Durante seu pronunciamento para centenas de pessoas, entre autoridades, estudantes e moradores, Anastasia destacou o fato de ser o primeiro governador a visitar o município e enfatizou a importância da obra, que levará progresso e desenvolvimento aos cerca de 34 mil moradores de ambos os municípios.

“Essa é uma reivindicação histórica. É a maior obra financeira feita nesses dois municípios, mas é um dinheiro muito bem investido, que vai significar mais rapidez no acesso, vai integrar regiões e permitir que o trânsito que passa hoje por Salinas venha por essa região. Vai trazer mais segurança e ajudar na saúde, integrando mais o deslocamento. Vai baratear a produção e, além disso, integrar a zona rural, garantindo qualidade de vida a essas pessoas”, afirmou o governador.

O Caminho de Minas é um programa que está utilizando recursos próprios e financiamentos junto a organismos multilaterais de fomento.

Na região do Jequitinhonha/Mucuri, estão previstas outras oito intervenções, totalizando 288 quilômetros de novas estradas pavimentadas. Mas, o Governador não falou sobre quais serão os próximos trechos a serem asfaltados. 

“Fomos atrás dos recursos. Conseguimos o dinheiro, que é o mais difícil. Dos primeiros cinco de todos os trechos que faremos, um dos prioritários é o de Malacacheta a Água Boa para reafirmar a importância que tem essa estrada dentro do contexto do Estado”, ressaltou Antonio Anastasia.

Placa na entrada de Malacacheta, na rodovia MG 217, a 102 km de Capelinha, no Alto Jequitinhonha.


A pavimentação facilitará a integração entre as regiões dos vales dos rios Doce, Jequitinhonha e Mucuri. Com a obra, a rodovia servirá como alternativa para quem quiser ir de Teófilo Otoni a Belo Horizonte sem passar pela BR-116. A ligação dos municípios da microrregião do Jequitinhonha/Mucuri com destino ao Espírito Santo também será facilitada.

Integração e desenvolvimento

Ao lado do prefeito de Água Boa, Elimarcius Lacerda, a prefeita de Malacacheta, Maria Ivone, destacou que a obra vai beneficiar diretamente a população dos dois municípios e possibilitar maior integração, ao encurtar distâncias e diminuir custos de transporte, com reflexo direto no desempenho da economia mineira.

“Esse evento é muito importante e histórico não só para nós de Malacacheta, que almejamos o progresso, mas para toda a região. O governador está sempre atento às necessidades de cada uma das regiões mineiras e escolheu Malacacheta para ser a primeira cidade contemplada entre os três vales com o Caminhos de Minas”, agradeceu a prefeita.

Os comerciantes locais, como Artur Bernardes, proprietário de um restaurante, comemorou a obra, que movimentará a economia da região, e já planeja a construção de mais um hotel em Malacacheta. Para ele, com a pavimentação da estrada, o movimento vai aumentar muito.

A redução no tempo de deslocamento de pessoas, bens e cargas é fator determinante para a melhoria da qualidade de vida dos moradores das regiões beneficiadas, dos que visitam o Estado ou daqueles que precisam utilizar a infraestrutura rodoviária mineira.

A economia na região entre Água Boa e Malacacheta é basicamente agropecuária, destacando-se a criação de bovinos, asininos (jumentos), muar (mulas), coelhos e bubalinos, além da produção de arroz e mandioca.
O programa vai impulsionar a comunicação nas diversas regiões do Estado e entre uma e outra, além de desviar tráfego das rodovias troncais, o que fará com que aqueles que trafegarem por todas as rodovias mineiras façam com mais segurança, tranquilidade e rapidez.

Fonte: Agência Minas

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger