sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

DISTRITO DE QUEIXADA FICA SEM ÁGUA E ESGOTO CORRE A CÉU ABERTO


Distrito mineiro está abandonado, segundo internauta. Moradores têm medo de reclamar sobre os transtornos.


A população de Queixada, distrito de Novo Cruzeiro (MG), sofre há alguns meses com problemas na rede de esgoto e fornecimento de água, além de outros transtornos relacionados a questões estruturais e administrativos da localidade.
Calçamento cedendo e a falta da grade de proteção na ponte sob o Rio Gravatá, coloca a população do distrito de Queixada em risco (Foto: Tatiane Aparecida dos Santos/VC no G1)
A internauta Tatiane Aparecida dos Santos, que mora na cidade de Jundiaí (SP), conta que foi com o marido visitar os parentes e tiveram que enfrentar vários transtornos durante a estadia.

“O que vimos nos 15 dias que passamos lá foram esgotos escorrendo a céu aberto e problemas no fornecimento de água. Passamos também por uma ponte, que passa sob um rio, sem oferecer segurança nenhuma, de um lado está sem a grade de proteção e o calçado está cedendo”, afirma.
Tatiane diz que ficou sem receber água, na residência em que estava, por três dias seguidos. Ainda segundo ela, os problemas não param por ali.

“Faltam médicos no posto de saúde, quem precisar de atendimento de urgência precisa percorrer 30 km até Nova Esperança”, conta.

Esgoto a céu aberto nas ruas de Queixada 
(Foto: Tatiane Aparecida dos Santos/VC no G1)

O que mais impressiona a internauta é o medo dos moradores da localidade em fazer denúncias a administração municipal e à empresa responsável pelo fornecimento de água e esgoto, a Copanor. “São pessoas muito simples e têm medo de reclamar por medo da situação ficar ainda pior”, afirma Tatiane.

Nota da Redação: A Copanor, empresa responsável pelo abastecimento de água e esgoto da cidade de Novo Cruzeiro, não está atuando no distrito de Queixada. Segundo a empresa, a localidade está passando por obras na rede de esgoto e fornecimento de água e por isso quem deveria se responsabilizar pelos transtornos seria a Concremate, empresa responsável pela fiscalização da obra.

Já a Concremate, informou que os responsáveis que poderiam falar sobre o problema estão viajando.

O G1 também tentou fazer contato com a prefeitura de Novo Cruzeiro, mas ninguém foi encontrado para falar sobre os problemas estruturais do distrito.

Por Tatiane Aparecida dos Santos - Internauta, Jundiaí, SP, via G1

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger