terça-feira, 6 de novembro de 2012

LAVRADOR COLHE ABOBRINHA DE 3 CM EM ARAÇUAÍ, NO VALE DO JEQUITINHONHA


Legume colhido na fazenda Grupiara é pouco maior que uma unha. Engenheiro agrônomo destaca que casos como este não são comuns.

O legume chama a atenção pelo tamanho reduzido
(Foto: Arquivo Pessoal)
Uma abobrinha pouco maior que uma unha foi colhida em uma propriedade rural, na comunidade das Neves, a aproximadamente 50 km de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha. As abobrinhas devem ter no máximo 20 cm de comprimento, mas essa colhida no Vale do Jequitinhonha impressiona pelo tamanho reduzido, apenas 3 cm e 10 gramas.

O locutor Roger Silva, 29 anos, conta que ganhou o legume do sogro e resolveu levar para a cidade de Araçuaí. “Achei muito interessante e pedi meu sogro para trazer a abobrinha comigo. Pesquisei na internet e não encontrei nenhuma com tamanho menor. Ela é pouco maior do que a minha unha”, afirma Roger.

A abobrinha foi colhida pelo lavrador Manoel dos Santos Bicalho, de 62 anos, na fazenda Grupiara. Ele garante que nunca viu nada igual. “Ficamos todos impressionados. Vi que ela já estava madura e que não cresceria mais por isso preferi retirá-la. As abobrinhas que a gente vê por aqui geralmente são bem maiores”, conta Manoel dos Santos.

O engenheiro agrônomo Alexandre Sylvio da Costa destaca que este tipo de caso não é comum. Ele explica que a falta de água ou um problema nutricional pode ter impedido a abobrinha de desenvolver até o seu tamanho normal.

A abobrinha tem quase o mesmo tamanho de uma
unha (Foto: Arquivo Pessoal)
“Pode ter ocorrido um problema hídrico, falta de água ou um problema nutricional. Isso pode ter feito com que a abobrinha ficasse madura antes de atingir o seu tamanho normal”, diz o engenheiro agrônomo.

Alexandre Sylvio revela o que normalmente ocorre em casos como este. “O mais comum é que o legume seja abortado. Ele não vinga. Curiosamente aconteceu o contrário, a planta segurou o fruto e ele madurou antes de atingir o tamanho ideal”, afirma Sylvio.

Sopinha

Há quatro meses Roger Silva se tornou papai do pequeno Pedro Silva Bicalho. Ele lamenta que a abobrinha não dê sequer para fazer uma sopinha para o filho. “Tava até pensando em fazer uma sopinha com ela para o meu filho recém-nascido, mas nem para isso vai dar de tão pequenininha”, brinca o locutor.

Fonte: G1

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger