sexta-feira, 15 de junho de 2012

CAPELINHA: EDUCADORES E ESTUDANTES RECEBEM HOMENAGEM DA ALMG


10 escolas de Capelinha são homenageadas.

Quarenta e duas escolas públicas mineiras foram homenageadas na Assembléia Legislativa de Minas Gerais na tarde desta quarta-feira (13/6/12), em Reunião Especial no Plenário.  A homenagem atendeu à solicitação dos deputados Bosco (PTdoB), Duarte Bechir (PSD) e Carlin Moura (PCdoB), respectivamente, presidente, vice e membro da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da ALMG.

As escolas homenageadas atingiram as metas estabelecidas pelo movimento Todos pela Educação, que são calculadas com base na Prova Brasil, avaliação do Ministério da Educação realizada a cada dois anos. A partir dos resultados de 2007 e 2009, o Todos pela Educação realizou um levantamento do percentual de alunos com aprendizado adequado para a sua série. Entre as dez cidades do País com os melhores desempenhos em Língua Portuguesa no 9º ano, sete são de Minas Gerais.

As instituições de ensino, 28 delas estaduais, receberam placas alusivas à homenagem, entregues alternadamente, pelo presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), pela secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, e pelos parlamentares que solicitaram a reunião. São elas:

· Da cidade de Capelinha (Vale do Jequitinhonha), escolas estaduais Professor Antônio Lago, Professora Geralda Otoni Barbosa, Rosarinha Pimentinha, Professora Hermínia Eponina da Silva, Domingos Pimenta, Dr. Juscelino Barbosa, Bento Rocha de Jesus, Coronel Coelho, Sebastião Peçanha de Oliveira e Professora Maria Edméia Pimenta de Meira;
· Elói Mendes (Sul) – escolas estaduais Targino Nogueira, Professora Norma de Brito Piedade Martins, São Luiz Gonzaga, Professora Júlia Camões Vieito, Maria do Carmo Mendes, Fazenda Santa Cruz, Oscar Araújo e Marta Martins Machado;
· Guaxupé (Sul) – escolas estaduais Dr. Benedito Leite Ribeiro, Dr. André Cortez Granero, Dona Queridinha Bias Fortes, Major Luiz Zerbini, Nossa Senhora Aparecida e Major Washington Ferreira de Toledo;
· Itaú de Minas (Centro-Oeste) – escolas municipais Engenheiro Jorge Oliva, Monsenhor Ernesto Cavicchioli, Carmélia Dramis Malaguti, Dr. Cristiano Machado e Itaú de Minas;
· João Monlevade (Central) – escolas estaduais Louis Ensch, Luiz Prisco de Braga, Manoel Loureiro e Dona Jenny Faria; e escolas municipais Governador Israel Pinheiro, Centro Educacional de João Monlevade, Cônego José Higino de Freitas e Germin Loureiro;
· Monte Santo de Minas (Sul) – escolas estaduais Américo de Paiva, Dr. Wenceslau Braz, e de Milagre;
· São Tiago (Central) – escola estadual Afonso Pena Júnior.

O deputado Dinis Pinheiro afirmou que a Reunião Especial era um momento memorável para todos os mineiros. Filho de professora, o presidente parabenizou todos os alunos e profissionais da educação homenageados, desejando que outras escolas se sentissem encorajadas a seguir o exemplo.
Dirigindo-se aos estudantes, pais, professores e diretores, o presidente disse: “Vocês elevaram o nome de Minas Gerais e conseguiram comprovar a frase do educador Paulo Freire, o qual afirmou que os homens se educam em comunhão”. E concluiu dizendo que ficava feliz de saber que “juntos, com os mesmos propósitos, os mineiros celebram o triunfo do seu Estado na vanguarda da educação nacional”.

A secretária Ana Lúcia Gazzola afirmou que qualquer sociedade só pode se considerar civilizada quando atingiu um patamar de direitos, entre eles, o direito à educação. “Uma sociedade ignorante não sabe os direitos que tem; portanto, não pode lutar por eles”, definiu, acrescentando que a única forma de inclusão social verdadeira se dá por meio da educação.
Ana Lúcia Gazzola disse ainda que a educação é uma atividade que necessita da participação de todos em sua construção: profissionais do ensino, alunos, pais, parlamentares, enfim de toda a sociedade. Dirigindo-se especificamente aos alunos, ela reforçou que a escola só existe em função deles, para atendê-los.
Aos profissionais da educação, Gazzola deu o recado de que o Estado reconhecia que havia muito a avançar em termos de valorização profissional. “A remuneração não está ainda no patamar adequado, mas estamos caminhando, cientes de que não podemos reverter de uma hora para outra um quadro desfavorável que vem de várias décadas”, considerou.

Parabenizando a todos os homenageados, o deputado Bosco destacou que os resultados obtidos eram fruto de um trabalho iniciado no governo de Aécio Neves, com a adoção, dentre outras medidas, do acordo de resultados, com cada secretaria estabelecendo metas em sua área. “Minas foi o primeiro Estado a formular uma prova única para diagnosticar a realidade das nossas escolas. Além disso, escolas e profissionais são motivados com bônus salarial quando conseguem melhorias na educação”, completou.

Falando diretamente aos alunos e professores, Bosco declarou que os resultados mostravam que os investimentos do Governo do Estado tinham sido muito válidos. “A educação é um dos principais instrumentos para vencermos os desafios que teremos”, concluiu.

O deputado Duarte Bechir ressaltou a diversidade regional expressa nos resultados das escolas de várias regiões de Minas. “Isso demonstra que as ações alcançam os quatro cantos de nosso Estado”. Ele se congratulou com os professores, alunos e suas famílias. “Festejamos aqui com todos vocês, que compreendem que a educação é o único instrumento para melhoria das condições de vida e para a construção de um mundo melhor”, elogiou.

O deputado Carlin Moura disse que se estava vivendo um momento histórico. “De cada canto de Minas, estamos recebendo o nosso maior patrimônio, nossa juventude que valoriza a educação. O parlamentar comparou o sistema educacional a uma orquestra. “Homenageio primeiramente nossos maestros, os diretores de escolas, que são eleitos democraticamente em nosso Estado. Parabenizo também os professores: sem eles, não haveria juizes, médicos, advogados, deputados”, elogiou. Aos alunos, Carlin deixou um conselho: “Afinem seus instrumentos; estudem, dediquem-se a seus estudos, só isso vai lhes propiciar o conhecimento, o maior patrimônio que todos nós temos. Joguem bola, videogame, mas façam o dever de casa e se dediquem aos estudos”, ressaltou.

Representando todas as escolas homenageadas, a diretora da E.E. Afonso Pena, de São Tiago, Maria Auxiliadora Lara Silva, destacou que o sentimento que a movia se resumia a acreditar, agir e sonhar. Ela agradeceu e parabenizou todos os envolvidos na conquista: alunos e suas famílias, professores e diretores. “O objetivo da educação não é apenas formar para o mercado de trabalho, mas formar uma nação”. Deixou também uma mensagem aos governantes: “Que estejam sempre dispostos a buscar a qualidade na educação, o que é um desejo de todos e um dever de vocês”.

Durante a reunião, adolescentes trabalhadores integrantes do Projeto Vida, da ALMG, fizeram apresentação musical.

Fonte: Site ALMG
Fotografos: Willian Dias, Rossana Magri, Guilherme Dardanhan / ALMG
Veja mais Fotos CLIQUE AQUI
Via Blog Regiscap

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger