segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

DEDO DE GENTE: UM PROJETO EMOCIONANTE DE JOVENS DO VALE DO JEQUITINHONHA


Conheça a loja virtual dos jovens do Vale do Jequitinhonha.
  
*por Deborah Dubner

É com alegria que a série Web do Bem traz ao leitor um projeto ímpar, que reúne educação, empreendedorismo socioambiental, formação de cidadania, criatividade e muito mais! Trata-se do Dedo de Gente, uma cooperativa que resultou do aprendizado e do trabalho, artesanalmente concebidos e pacientemente aprimorados, desde 1996, pelas diversas unidades de produção solidária – as "fabriquetas" – formadas e dirigidas por moças e rapazes do Vale do Jequitinhonha e norte de Minas Gerais.

Trabalho artesanal dos jovens da Dedo de Gente
Foto: Gianfranco Briceño Arévalo

Esse projeto nasceu como consequência de um processo educativo iniciado há 26 anos pelo Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD), liderado pelo educador Tião Rocha.

Quando a ideia surgiu, o artesanato era apenas um meio para desenvolver habilidades artísticas dos jovens, uma "desculpa" para promover a educação da convivência. Com o tempo a produção se ampliou, em diversidade e qualidade, e hoje somos 10 fabriquetas: serralheria, marcenaria, bordados & arranjos florais, cartonagem, tinta de terra, doces & licores, e casinhas de passarinho – nossa imobiliária para quem sabe voar. Recentemente, incorporamos as fabriquetas de cultura e tecnologia, com serviços na área de audiovisual e softwares. Os instrumentos são outros, mas o propósito, o mesmo: gerar possibilidades inovadoras de desenvolvimento humano e profissional, comprometido com os valores de nossa cultura e o ambiente em que vivemos.”, conta Tião.


Mais de 2 mil produtos diferentes já foram criados e 200 estão no portfólio permanente. Peças que contam a história e as estórias do sertão das Gerais, da cultura do povo, das cores da terra. Atualmente a dedo de Gente tem 85 cooperados e cerca de 70% do orçamento provém das vendas. Muitos já foram recrutados por empresas da região e alguns montaram negócios próprios.

Origem

A cooperativa Dedo de Gente começou fazendo sabão. Hein?! Mais uma invencionice de Tião Rocha, a Pedagogia do Sabão parte do raciocínio de que podemos e devemos aproveitar todos os recursos que temos à mão. Uma ideia tão simples – e, por isso mesmo, transformadora.

Tião Rocha explica: “Na roça, todo mundo sabe fazer sabão, é uma coisa que não custa quase nada, até de cachorro morto dá pra fazer, os recursos têm em casa ou na natureza. É fácil de ensinar, e é uma coisa que todo mundo precisa! Fazer sabão é a sabedoria de deixar de ser consumidor passivo para ser produtor ativo.”

Compromisso ambiental

O compromisso ambiental do Dedo de Gente tem raízes bem plantadas nesses princípios. Os integrantes contam: “Aqui, não tem desperdício, não tem compra de material. Evitamos o uso de produtos tóxicos e materiais não recicláveis. Economizamos água e energia, por que isso é bom pro nosso negócio e pro mundo todo. Mais importante, levamos essas práticas para casa, estendendo a nossas famílias as boas idéias que aprendemos aqui. Também procuramos sempre fornecedores locais, para evitar impactos do transporte. Usamos frutas da época, fazendo doces muito mais frescos e gostosos, respeitando o tempo da natureza.”

A mais poética expressão do compromisso ambiental do Dedo de Gente é a Imobiliária para Quem Sabe Voar, que fabrica casas de passarinhos. As casinhas simbolizam cuidado com os animais e aproveitamento de restos, gerando aprendizagem e renda. Todas as sobras das outras fabriquetas são utilizadas para construção de casinhas.

Protagonismo

No Dedo de Gente, os jovens cooperados não são o “público beneficiário do projeto” – são os atores principais de tudo que acontece, verdadeiros protagonistas. E como se faz isso? Com muito investimento no desenvolvimento pessoal de cada um. Não é fácil nem rápido, mas é absolutamente possível, como é claramente demonstrado, após 15 anos de trabalho. “Aprendemos a fazer isso através de um profundo processo pedagógico, baseado em muitas rodas, dinâmicas, brincadeiras e diálogo. Aqui na cooperativa é assim: aprendemos a ser protagonistas não só deste negócio, mas de nossa própria vida.”, contam os integrantes.

Raízes e frutos

Quando aprendemos a valorizar nossas raízes, nos sentimos mais completos, mais criativos, mais felizes. Cresce o respeito pelos antigos, e a vontade de fazer a diferença. Um trabalho de pesquisa, de observar as pessoas da comunidade, cavaleiros, vendedores na feira, benzedeiras. Nas criações são retratadas pessoas e sentimentos. Cada peça tem nome. Nelas os criadores das obras se deparam com cenas do nosso cotidiano da própria comunidade.

Retratar a essência do dia a dia, resgatar fazeres esquecidos, mostrar o homem e a mulher do sertão, é o que renova a auto-estima de toda a equipe. “É isso que nos transforma como indivíduos. Antes eu não dava valor para as coisas daqui, para a cultura da cidade. Agora, eu tenho outro olhar...” Estes depoimentos são comuns entre os jovens participantes.

Na Dedo de Gente aprendemos mais que simplesmente executar técnicas: aprendemos a ser solidários, ter comprometimento com o trabalho e conquistar nossa auto-suficiência”, dizem os participantes. E isso muda tudo!

O que você vai encontrar no site

Loja Virtual: a arte do sertão se manifesta de muitas formas nessa loja virtual, com produtos exclusivos e altamente criativos. Você encontrará artigos feitos em madeira, ferro, bordados, retalhos, tintas de terra, flores e frutas do sertão e do cerrado. Cds, DVDs, e saborosos doces caseiros. Tudo isso, embalado com muito cuidado e afeto – as embalagens também são feitas lá mesmo, na fabriqueta de cartonagem.

Institucional – Entenda sobre a cooperativa, prêmios recebidos, parceiros, etc.
Atividades – Veja detalhes dos trabalhos que estão sendo realizados na área de artesanato, cinema, música e software. Veja fotos, vídeos, leia histórias das criações. Os projetos e as inovações não param!!!

#Fazdiferença

Não é por acaso que o projeto se chama Dedo de Gente. Ele leva esse nome porque é muito diferente desses projetos que usam modelos prontos, criações de designers a serem copiadas por jovens aprendizes. Na Dedo de Gente, os jovens é que são os artistas. Com isso, ganham um novo olhar, uma nova visão de mundo. Aprendem que uma coisa pode se transformar em outra. Isso gera um ciclo harmonioso, na descoberta da sua capacidade de criar.

E você, amigo e leitor, pode fazer parte desse universo, visitando o site, se interessando, escrevendo sua opinião, divulgando na sua rede e comprando o que mais lhe agrada. Sua participação faz a diferença!

Bom passeio!


Leia mais: www.dedodegente.com.br


Fonte: Itu.com.br

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    3 comentários:

    Anônimo disse...

    Oi Tiago. Sou colaboradora da equipe da Dedo de Gente e tenho uma sugestão: como você escreveu o artigo basicamente com textos do site da Dedo de Gente, acho importante citar essa fonte. Grata pela divulgação!
    atenciosamente
    Carolina Rolim

    Bernardo Vieira Silva disse...

    Olá Carolina Rolim.
    A publicação é do site Itu, como visto, logo somente repliquei a matéria, com os devidos créditos.
    De qualquer forma, fiz referência durante a postagem.
    Abraços,

    Bernardo vieira

    Anônimo disse...

    meu isadora e abençoado

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger