terça-feira, 22 de novembro de 2011

MOVIMENTO A UFVJM É NOSSA: SOU DO VALE E MEU NOME É UFVJM


O Movimento “A UFJVM É NOSSA!” repudia a proposta de alterar os nome da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, pois, ela se caracteriza por interesses arbitrários que desrespeitam duas regiões historicamente desprivilegiadas pelos governos nacionais. Desde os tempos de colonização portuguesa os Vales do Jequitinhonha e Mucurí jamais foram contemplados com políticas sociais que visassem o desenvolvimento regional, a criação dessa Instituição de Ensino Superior foi a única medida tomada em reparo às desigualdades oriundas de um processo desenvolvimentista caracterizado pela expropriação dos recursos naturais e mão de obra barata. 

Porém, de forma inesperada, o MEC anunciou sua expansão para o noroeste mineiro e, desde então, o reitorado vem traçando estratégias que ferem a proposta inicial, expressa no próprio estatuto que rege e regulamenta a instituição.

Na última segunda-feira (21-11-11) foi realizada uma conferência via Facebook, com a intenção de discutir a pauta na reunião extraordinária do conselho universitário da UFVJM, realizada no último dia 17 de novembro, em Diamantina, com intento de discutir os termos da realização do plebiscito, previsto para o dia 24 de novembro. Esse plebiscito visa consultar a comunidade acadêmica sobre uma possível alteração no nome da UFVJM. Segundo o deputado Reginaldo Lopes expôs no encontro realizado em Araçuaí, em 12 de novembro, essa alteração só poderá ser efetivada mediante a redação de um projeto de lei que deverá ser votado nas instâncias competentes. Por sua vez, esse medida acarretará a criação de uma nova Instituição de Ensino Superior e a extinção da atual Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Por isso, a realização desse plebiscito visa forjar argumentos para sustentar a criação desse projeto de lei.

Na conferência ficaram acertadas novas mobilizações, uma vez que as últimas notícias indicam que o reitorado tem pressa em levar à cabo seu plano de expropriar dos Vales mais essa “riqueza” que lhes é de direito. Foi proposta a realização de duas assembleias (Diamantina e Teófilo Otoni) com o intuito de criar um fato político em repúdio às pretensões elitistas do reitorado. Além disso, foram elencados alguns nomes de possíveis apoiadores de nossa causa.

A intenção é que essas pessoas possam capitanear as movimentações internas à comunidade acadêmica. Também serão realizadas articulações junto aos movimentos sociais, culturais e políticos dos Vales, no intento de arregimentar todo apoio possível. Inclusive, se se mostrar necessário, a intenção é fechar as BR's que dão acesso à região. Nesse momento faz-se urgente uma articulação entre os quatro vales para debatermos e determinamos o rumo de nossa luta. Pois as forças contrárias estão se preparando para levar adiante seus interesses.

Nossa prioridade é realizarmos o quanto antes as supramencionadas assembleias, por isso, solicitamos a todos do movimento “A UFVJM É NOSSA!” e simpatizantes com a causa que encaminhem propostas de articulação e estratégias para viabilizarmos as mesmas.

Ass: Movimento “A UFVJM É NOSSA!”
Eric Renan Ramalho - Graduando em Filosofia (UFMG)

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger