domingo, 2 de outubro de 2011

Modernização da maior bacia leiteira do Norte de Minas


Com investimentos próximos a R$ 500 mil, a principal bacia produtora de leite do Norte de Minas, sediada no município de Francisco Sá está sendo modernizada pelo Governo do Estado, por meio do Programa de Combate à Pobreza Rural – (PCPR).

Nos últimos dois anos já foram instalados vinte tanques de resfriamento de leite, atendendo demanda de centenas de pequenos produtores rurais que, brevemente, não poderão utilizar mais latões no armazenamento e transporte do produto.

Por estar localizado numa região onde a pecuária se constitui na principal fonte geradora de emprego e renda, a produção de leite em Francisco Sá é referência no Norte de Minas. Segundo a Emater, o município detém um rebanho aproximado de 147 mil reses e 1,5 mil produtores rurais que movimentam, diariamente, cerca de 100 mil litros de leite. Cerca de 46% de uma população superior a 25,7 mil habitantes reside na zona rural, o que evidencia a importância da pecuária no desenvolvimento sócio-econômico da região.

A instalação dos tanques de resfriamento de leite e a implantação de projetos voltados para o abastecimento de água nas comunidades rurais, foram as duas principais reivindicações apresentadas há dois anos, pelos produtores rurais, através dos conselhos municipais de desenvolvimento rural – (CMDRs). O investimento nas duas prioridades estão sendo viabilizados pelo Governo do Estado através de ações implementadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas – (Sedvan), pelo Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais – (Idene) e pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais – (Emater-MG).

Em toda a região do Grande Norte técnicos dos escritórios municipais da Emater são os responsáveis, junto com os produtores rurais e prefeituras, pela definição das prioridades de investimentos; elaboração e implantação dos projetos, bem como pelo repasse de orientações às comunidades no que se refere à gestão dos empreendimentos.
No caso específico de Francisco Sá, o extensionista da Emater, José Eustáquio Barbosa explica que grande parte da produção de leite é beneficiada pela Cooperativa de Produtores Rurais de Francisco Sá – Cooperfrasa mas, a atividade movimenta outros cinco laticínios sediados em Montes Claros e Capitão Enéas. Além da venda do produto por parte do comércio varejista, leite produzido em Francisco Sá é adquirido por prefeituras para compor o cardápio da merenda escolar e também integra o Programa Leite pela Vida, através do qual o Governo do Estado distribui para alimentação de crianças, idosos e lactantes, integrantes de famílias carentes.

Novas perspectivas


Na comunidade rural de Angico, distante quatro quilômetros da área urbana de Francisco Sá, através do PCPR o Governo do Estado instalou um tanque de resfriamento com capacidade para armazenar três mil litros de leite. A iniciativa que contou com investimento de R$ 24,3 mil já tem proporcionado resultados positivos para um grupo de 18 produtores rurais que, sozinhos, não tinham condições financeiras para adquirirem o tanque.


O veterinário José Heleno Ferreira do Vale explica que o problema preocupava os produtores rurais uma vez que, brevemente, entrará em vigor a Instrução Normativa 51, editada pelo Governo Federal, proibindo a comercialização e o transporte de leite em latões. O objetivo é assegurar a qualidade do produto o que, por outro lado, possibilitará a redução de prejuízos causados aos produtores rurais que antes perdiam parte da produção devido à falta de transporte.

Integrante da Associação Comunitária dos Produtores Rurais de Angico, o produtor rural Dimas José Xavier afirma que não se arrepende de ter doado parte de área de sua propriedade para a instalação do tanque comunitário de resfriamento de leite. Há 56 anos dedicado à produção rural, Dimas Xavier ressalta que a iniciativa do Governo do Estado em apoiar a modernização da pecuária em Francisco Sá tem possibilitado o fortalecimento da Associação dos Produtores Rurais, que atualmente conta com 18 integrantes.

“Hoje, já possuímos dois outros tanques para o armazenamento da produção de leite, fazemos compras conjuntas de sementes e de diversos produtos agrícolas, o que tem nos possibilitado uma redução de até 15% nas despesas para manutenção de nossos negócios” – comemora Dimas Xavier. A partir de 2012 a próxima meta da Associação é investir na implementação de um programa de melhoria genética do rebanho, visando aumentar a produtividade de leite.

Outro que também se revela animado com o trabalho de fortalecimento da pecuária em Francisco Sá é o produtor rural Moacir Marconi Fernandes Ferreira. Proprietário de uma área de 78 hectares, ele destaca que pretende reinvestir na propriedade a economia que vem obtendo com a redução das despesas de transporte de leite. “Antes tínhamos uma despesa mensal aproximada de R$ 150,00 só para pagar o custo do frete até a Cooperativa. Agora economizamos mensalmente cerca de R$ 100,00, dinheiro esse que estou empregando no aumento do rebanho” – assegura Moacir Ferreira.

Há vinte anos gerenciando uma pequena propriedade familiar, o comerciante e produtor rural Cândido Fernandes Pena Neto avalia que a implementação do Programa de Combate à Pobreza Rural “tem sido de fundamental importância para a região do Grande Norte. Isto porque, traz um novo alento para a geração de emprego e renda para o município. Fixar o produtor rural e sua família no campo é um grande desafio e os resultados alcançados pelo PCPR em Francisco Sá mostram, claramente, que é viável garantir trabalho e renda no meio rural além do fortalecimento do associativismo segundo o técnico agrícola da Emater, José Eustáquio Barbosa” – observa Cândido Pena.

Fonte: Agência Minas

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger