sexta-feira, 29 de julho de 2011

Receita maior revigora municípios do Vale do Jequitinhonha

Nos seis primeiros meses do ano, em comparação com igual período de 2010, repasse do FPM aumentou 25,85%.

Fonte: Jornal Hoje em Dia
FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

Dilma
Em maio, Dilma prometeu mais recursos para os prefeitos em Brasília
Os seguidos recordes de arrecadação de impostos pelo Governo federal e pelo Estado deixam as prefeituras mineiras em situação econômica mais confortável em 2011, com recursos para a realização de obras. Levantamento da Associação Mineira de Municípios (AMM) apurou aumento real de 25,85% nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no acumulado dos seis primeiros meses do ano em comparação com igual período de 2010. Foram R$ 3,6 bilhões distribuídos entre as 853 cidades. Somados todos os repasses federais, as prefeituras receberam R$ 5,5 bilhões de janeiro a junho.


Fora os repasses federais, as prefeituras ainda contam com os repasses estaduais e receitas próprias, também em alta. Nos repasses estaduais, o maior volume vem do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que nos dois primeiros meses do ano rendeu R$ 882 milhões para serem divididos entre as prefeituras. O bom momento também é favorecido pelos resultados conseguidos em anos anteriores. Nos oito anos de Governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), os repasses federais cresceram 53,02% em termos reais. E no Governo Lula aumentaram, também em termos reais, 48,72%.

“Não tenho do que reclamar. Neste ano, o FPM deu uma melhora grande”, afirma Cândido Ferraz (PSDB), prefeito de Ponto dos Volantes, no Norte de Minas. Com mais recursos, Ferraz conseguiu investir R$ 1,3 milhão na construção de duas escolas e na reforma de outra. No primeiro semestre, a prefeitura também conseguiu asfaltar ruas, com recursos próprios.

Na última terça-feira foi divulgado que a arrecadação da Receita Federal deverá crescer entre 10% e 10,5% em 2011, segundo estimativa do secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. O número é mais do que o previsto pelo próprio Barreto no mês passado, que apontava para um aumento entre 9% e 10%. “Com a melhora dos últimos seis meses foi possível colocar a casa em ordem. A expectativa é de que continue no segundo semestre”, avalia o prefeito de Corinto.

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger