segunda-feira, 18 de julho de 2011

Galpão Cultura, em Capelinha, tem apresentação do violeiro Osmar Lins, de Minas Novas


Depois de uma bela e animadíssima apresentação da Banda Odilara, com um repertório repelto de muito samba, o Galpão Cultural começa a sua segunda noite recebendo o Grupo de Capoeira Adahum, da cidade de Capelinha, apresentando uma coreografia denominada “Puxada de Rede”. Além disso, a tradicional Feira de Artesanato e o barzinho começam a funcionar a partir das oito horas da noite.

As apresnetaçoes musicais do domingo teve a presença do violeiro minasnovense Osmar Lins e, encerrando a programação da noite, o músico Capelinhense Rodrigo Pires.

QUEM É OSMAR LINS

Osmar Lins com o ídolo Almir Sater

Osmar Lins vem da vizinha cidade de Minas Novas e vem se despontando como um dos grandes violeiros da nova safra de artistas do Vale do Jequitinhonha. Assisti ao seu show na Festa do Rosário desse ano, em Minas Novas, e ouvi Rubinho do Vale ter altos elogios à sua performance.
Na foto acima, o artista do vale tocou no mesmo palco onde se apresentou Almir Sater, logo após o encerramento do show do consagrado artista brasileiro.

Marcos Soier, Didi Ferreira, Rubinho do Vale, Tadeu Oliveira e Osmar Lins

Osmar Lins, também conhecido como Mazim, iniciou-se muito novo nesse ofício de músico. Aos 15 anos, já participava de apresentações ao violão, acompanhando o saudoso Maestro Canutinho, o historiador Álvaro Freire entre outros grandes músicos da velha guarda minasnovense.

Ainda denominado de Mazim, participou de diversas bandas como guitarrista, com destaque para a da Banda The Brilhant Boys,  tocando diversos estilos musicais. Aos 20 anos começou a cantar, compor e participar dos festivais de música da região.

Sua inspiração para compor surge a todo o momento. Um grande exemplo que ele aproveitou com carinho  foi uma história contada pela sua mãe sobre a rua onde mora. Da história surgiu a música Samba na Rua do Ouro, que versa sobre a cultura do povo de Minas Novas de, após chuvas torrenciais, procurar pedras de ouro que trazidas pelas enxurradas.

Aos 25 anos Osmar Lins se interessou pela viola caipira. Em 2005, venceu o primeiro festival promovido pela Rádio Bom Sucesso com a música ‘Um violeiro Toca’, de Almir Sater. Pariticipou do 23º Festur, em Turmalina defendend a música Cicatriz, ficando em 7º lugar. E em 2009, classificou-se entre os dez finalistas do 27º Festival na cidade de Grão Mogol, com a música Canto do Passarinho, de composição própria. No ano passado, ficou com o 1º lugar no 28º Festivale, na cidade de Padre Paraíso, apresentando a música de sua autoria intitulada Bicho Voador, canção que traz em sua letra relatos sobre o meio ambiente, sentimentos e um belo arranjo de viola.  Em 2010, apresentou no Jequitibar,  em Belo Horizonte, no Projeto Quintas da Viola.

Osmar Lins vem acompanhado dos músicos Didi Ferreira (percussão) e Marcos Soier (violão e Segunda Voz).


Fonte: http://cantaminas.blogspot.com/ - Via Portal Aranãs

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger