terça-feira, 1 de novembro de 2016

Leme do Prado/MG: Após pressão popular, vereadores desistem de aumento de salário para R$4300,00

Aumento em mais de 22% já valeria para o próximo ano. Salário sairia de R$3.500,00 para R$4.300,00.

A Câmara Municipal de Leme do Prado-MG, Vale do Jequitinhonha, votou no dia 04/10/2016 o Projeto de Resolução n. 02/2016, que previa aumento de 22% nos salários dos vereadores para a próxima legislatura, em 2017.

Revoltados com o elevado aumento, moradores criaram em uma rede social o grupo “Não à corrupção em Leme do Prado” (ver aqui). Segundo relatos de alguns membros, o aumento, além de imoral é ilegal. Isso porque, segundo o artigo 28, §1º, da Lei Orgânica Municipal (ver aqui), “A remuneração de que se trata este artigo deverá ser fixada até o dia 30 (trinta) de agosto do último ano da legislatura e será admitida a atualização dos valores conforme índice de inflação do Governo Federal”. Ou seja, a votação, que ocorreu em 04/10/2016, foi posterior à data limite, de 30/08/2016.


Resolução n. 02/2016, que previa o aumento dos Vereadores. 
Fonte: Divulgação Facebook. Clique para ampliar

Outro ponto polêmico foi quanto ao quórum da votação. Segundo a citada Lei Orgânica Municipal, para aprovação do reajuste salarial, obrigatoriamente, conforme determina o artigo 28, deveria ter a maioria absoluta, o que não houve. Votaram a favor da aprovação da Resolução 4 vereadores, sendo eles: Benedito Celestino Esteves (Bené), Gilvan Nunes Xavier (Russo), Geraldo Magela Figueiredo (Magela) e Marcelo Alvimar Pereira Barroso. Votou contra o aumento o vereador José Geraldo Figueiredo (Deca). Houve três ausências: Alan Henrique Figueiredo Barroso, Alexandre Severino Santos (Xanda) e Juvenal de Oliveira Rocha.

Após a pressão popular, os vereadores voltaram atrás e no último dia 26/10/2016, em sessão extraordinária, a Câmara Municipal revogou a resolução, mantendo o salário em vigor, de R$3500,00.


Em contato com a Câmara Municipal por e-mail informado na página desta (ver aqui), esta não se manifestou.

Por Bernardo Vieira, Blog do Jequi

Blogger Themes

2leep.com

 
Powered by Blogger