quinta-feira, 23 de julho de 2015

MINAS NOVAS-MG: APÓS VOTAÇÃO, CÂMARA MUNICIPAL DECIDE PELO ARQUIVAMENTO DE CPI QUE PEDIA CASSAÇÃO DE PREFEITO

Após longa sessão, quórum mínimo exigido de dois terços não foi alcançado. CPI foi arquivada.

Após longa e cansativa sessão, que durou mais de oito horas, a Câmara Municipal de Minas Novas-MG, Vale do Jequitinhonha, arquivou na noite desta quinta-feira (23/07/15), a CPI que investigava supostas irregularidades no transporte escolar do município.

Movimentação em frente ao prédio da Câmara Municipal
Foto: Mychael Paranhos (Aconteceu no Vale)

A sessão extraordinária, que teve início às 15:00 horas, contou com forte aparato policial, bem como com a presença de centenas de pessoas, que acompanhou durante todo o dia por um telão, que transmitia a sessão do lado de fora da Câmara Municipal. Houve debates acirrados durante a sessão, que chegou a ser suspensa.

Votação

Após inúmeros debates, somente no fim da noite, procedeu-se à votação da CPI. Os vereadores deveriam votar se eram a favor (sim) ou contra (não) à cassação do prefeito municipal, Sr. Gilberto Gomes de Sousa (PPS). Foram oito votos sim (a favor da cassação) e cinco votos não (contra a cassação).

Votaram a favor da cassação (pelo sim) os vereadores Agnaldo Leite (Aguinaldinho), Américo Junior (Merquim), Donizete Correia, Geraldo Gonçalves (Geraldo Professor), Geraldo Oliveira (Branco Lima), Gustavo Rodrigues, Ronaldo Souza e Maria Diva (Diva da Barragem).

Os vereadores Antonino Sousa (Toni Cabeça), Jose Wallasy (Cruzinha), Mércio Nepomuceno, José Ferreira (Zezinho Batatinha) e João Antônio (Lagoa Grande) votaram contra a criação da CPI.

De acordo com o regimento da casa, para que se procedesse à cassação, a Câmara Municipal deveria ter, no mínimo, 2/3 (dois terços) dos votos, o que não aconteceu. A sessão encerrou-se somente às 23:00 horas.

Veja Mais:

MINAS NOVAS-MG: CÂMARA MUNICIPAL JULGA HOJE (23/07) PEDIDO DE CASSAÇÃO DO PREFEITO

Presidente da Câmara Municipal, vereadora Diva, convocou sessão extraordinária para hoje (23/07/2015), para proceder ao julgamento de CPI.

A Câmara de Minas Novas-MG, Vale do Jequitinhonha, julgará nesta quinta-feira (23/07) a CPI que investiga supostas irregularidades entre a Prefeitura e a TRANSCOOB, empresa que presta serviço para o transporte escolar no município, que concluiu por unanimidade pela procedência da denúncia, apurando um valor de mais de R$1.700.000,00 (um milhão e setecentos mil reais) em recursos públicos desviados.
Parecer final da CPI, que concluiu, por unanimidade, pela cassação do Prefeito Municipal

A Presidente da Câmara, vereadora Diva, designou reunião extraordinária para esta quinta feira, dia 23 de julho, às 15:00h no Plenário da Câmara, onde será votado pela cassação, ou arquivamento do Processo Administrativo Nº 01/2015. Para ter acesso ao parecer completo da CPI, clique aqui.

O relatório e o parecer final do Processo Administrativo concluíram pela procedência da denúncia e votaram por unanimidade pela cassação do prefeito municipal, Sr. Gilberto Gomes de Sousa.

Entenda o caso

Segundo a auditoria realizada pela empresa Magnos Auditores e Consultores Associados, a pedido da Câmara Municipal, mostram diferenças de mais de R$ 800 mil nos contratos da empresa Transcoob, nos anos de 2013 e 2014 e outro de mais de R$ 100 mil no contrato da empresa Transcops, no ano de 2014, totalizando um desvio de R$ 1.755.182,76.

Essa operação já é investigada pelo Ministério Público desde 2013, conforme já noticiou o Blog do Jequi (ver aqui).

Defesa

Em nota oficial (sem número), o prefeito afirma que não teve acesso a suposta auditoria e que presta rigorosamente todas as informações aos órgãos e instituições competentes.


Ainda por meio da nota, o Prefeito afirma também que esse assunto possui viés político, pois a própria Câmara Municipal aprovou as contas do município de 2013.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

BANDIDOS INVADEM A CÂMARA MUNICIPAL DE MINAS NOVAS E ROUBAM VÁRIOS DOCUMENTOS

Crime aconteceu durante a madrugada de quarta-feira (15/07). Bandidos levaram um notebook e vários documentos.
A Polícia Civil de Minas Novas-MG, Vale do Jequitinhonha, investiga um furto ocorrido na madrugada desta quarta-feira (15/07) na Câmara Municipal. 
Câmara Municipal amanheceu com as portas de vidro quebradas
Foto: Divulgação Câmara Municipal

De acordo com a Polícia Militar, bandidos arrombaram duas portas de vidro da Câmara, localizada na Praça Olegário Maciel, no centro da cidade. Foram levados um notebook, cópia de um processo administrativo (CPI) de cassação do prefeito da cidade, além de seis livros de leis municipais.

Nota Oficial

Por meio de nota oficial, a Câmara Municipal, noticia o crime. Veja:

"A Câmara Municipal informa que as 7:00h de hoje, dia 15 de julho, quando os funcionários chegaram para iniciar o expediente, notaram que as portas do prédio onde funciona a Câmara Municipal foram arrombadas.
Imediatamente acionaram a Polícia Militar, que interditou o local para que fosse realizado o trabalho de Perícia Criminal.
Inicialmente foi constatado o sumiço de vários documentos. Ainda não se sabe informar exatamente quais foram os documentos. Informaremos todos os detalhes do crime assim que os trabalhos das Polícias Militar e Civil forem concluídos.
Devido ao acontecimento, informamos que não haverá expediente na data de hoje."
A Câmara Municipal não possui circuito interno de segurança e estava sem vigia no momento do crime.

Mais Fotos: Divulgação Câmara Municipal

EDUCA MAIS BRASIL: BOLSA DE ESTUDOS PARA 2015 ESTÃO DISPONÍVEIS EM TURMALINA-MG

Estão abertas as inscrições para o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional que disponibiliza bolsas de estudos de até 70% para estudantes que não têm condições de pagar o valor integral da mensalidade em instituições de ensino particulares. Em Minas Gerais estão sendo ofertadas mais de 41 mil vagas para o segundo semestre de 2015, distribuídas entre instituições de ensino de 156 municípios. Em Turmalina há oportunidades para Graduação, Pós-Graduação, Cursos Profissionalizantes e Preparatório para Concursos.

Os candidatos às vagas podem escolher entre os cursos disponíveis no site. “Ao conceder bolsas de estudo em diversas etapas do ensino, contribuímos para a capacitação de profissionais e por consequência de uma mão de obra qualificada. Esses profissionais certamente terão mais condições de colaborar para o crescimento econômico-social do país”, afirma Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.

Para conseguir o benefício, o candidato deverá acessar a página oficial do programa www.educamaisbrasil.com.br e realizar a inscrição. 

Mais informações podem ser adquiridas na central de atendimento: 
Capitais e regiões metropolitanas 4007-2020
Demais localidades 0800 724 7202.

sábado, 11 de julho de 2015

MINAS NOVAS-MG: AUDITORIA DA CÂMARA MUNICIPAL APONTA DESVIO DE QUASE DOIS MILHÕES NOS COFRES DA PREFEITURA

Uma auditoria contratada pela Câmara Municipal de Minas Novas-MG, no Vale do Jequitinhonha, apontou um desvio de quase dois milhões nos cofres da Prefeitura do município nos contratos referentes ao transporte escolar nos anos de 2013 e 2014.

Auditoria particular realizada pela empresa Magnus Auditores e Consultores onde, segundo auditoria, foi desviado R$ 1.755.182,76 

Segundo a auditoria realizada pela empresa Magnos Auditores e Consultores Associados mostram diferenças de mais de R$ 800 mil nos contratos da empresa Transcoob, nos anos de 2013 e 2014 e outro de mais de R$ 100 mil no contrato da empresa Transcops, no ano de 2014, totalizando um desvio de R$ 1.755.182,76.

Essa operação já é investigada pelo Ministério Público desde 2013. A Câmara Municipal já aprovou a instalação de CPI para investigar as irregularidades, conforme já noticiou o Blog do Jequi (ver aqui)

Além da denúncia, várias outras irregularidades foram apontadas no relatório, como falta de provas das vistorias dos veículos e descontos indevidos nos pagamentos dos motoristas.

Para ter acesso a denúncia, clique aqui
Para ter acesso ao laudo da auditoria, clique aqui

Município se manifesta

Nota Oficial emitida pelo município.
Em entrevista concedida à rádio Ponto Com, de Turmalina, o prefeito Gilberto Gomes de Sousa (PPS) nega as acusações e contesta a contratação da empresa de auditoria, afirmando que os interesses políticos de algumas pessoas estão sendo colocados acima dos interesses do município. “Trata-se de perseguição política. O tempo, Deus e Justiça vão se encarregar de mostrar a verdade. Eu apoio qualquer investigação”, disse a Rádio Ponto Com.

Em nota oficial (sem número), o prefeito afirma que não teve acesso a suposta auditoria e que presta rigorosamente todas as informações aos órgãos e instituições competentes.


Ainda por meio da nota, o Prefeito afirma também que esse assunto possui viés político, pois a própria Câmara Municipal aprovou as contas do município de 2013.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

VALE DO JEQUITINHONHA: CORPO DE CHICA DA SILVA PODE SER EXUMADO

Uma equipe forense deverá fazer a exumação dos corpos de Chica da Silva – escrava alforriada que viveu em Diamantina, no Alto Jequitinhonha, no século XVIII – e do parceiro dela, o contratador de diamantes João Fernandes de Oliveira. O processo depende de formalização na Justiça, mas a Irmandade São Francisco de Assis, onde Chica foi sepultada, já autorizou o procedimento, que faz parte do documentário científico “A Rainha das Américas: a verdadeira história de Chica da Silva”. O objetivo é descobrir altura, peso e outros dados do histórico casal. Ambos serão reconstruídos em holograma, e Chica ganhará estátua na cidade.


O longa tem previsão de lançamento para 2017 e será dirigido por Zezé Motta, que interpretou a personalidade em filme dirigido por Cacá Diegues. “Queremos (fazer a exumação) no dia da morte de Chica, 15 de fevereiro, mas a data ainda não está certa”, informou, por e-mail, Rosi Young – roteirista brasileira radicada nos Estados Unidos e uma das produtoras do filme.

O líder do projeto, o antropólogo forense Anthony Falsetti, deve visitar Diamantina em novembro. O especialista, que trabalhou na equipe de exumação da princesa russa Anastásia Romanov, terá ao seu lado a neozelandesa Ann Horsburgh – responsável por analisar o DNA do ex-presidente norte-americano Abraham Lincoln.

Expectativa. “O processo terá início, de fato, a partir da vinda da equipe (a Diamantina)”, diz o secretário municipal de Cultura, Walter Cardoso França Junior. Ele disse que alunos da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e do Mucuri acompanharão a exumação e destacou a importância do processo para a cidade.

“Todos vão ficar muito entusiasmados com isso. Reativar a história de Chica da Silva com o documentário e a construção da estátua será mais um atrativo turístico da cidade”.

Importância histórica:

Francisca da Silva de Oliveira nasceu em Serro, no Alto Jequitinhonha, em 1732. Ela viveu no Arraial do Tijuco, atual Diamantina, por quase toda a vida. Em 1754, a escrava foi alforriada pelo contratador de diamantes João Fernandes de Oliveira, com quem viveu por 16 anos e teve 13 filhos. Chica morreu em 1796. A união de Chica e João é considerada a primeira relação inter-racial aceita pela sociedade no Brasil.

Fonte : Jornal O Tempo , 04 de julho de 2015.

Blogger Themes

2leep.com

 
Powered by Blogger