segunda-feira, 31 de março de 2014

PONTE DE R$ 2 MILHÕES CONSTRUÍDA HÁ DEZ ANOS FICA ABANDONADA NO VALE DO JEQUITINHONHA

Estrutura fica entre Minas Novas e a BR-367.

Uma ponte construída há cerca de dez anos para desafogar o trânsito entre a cidade histórica de Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha, e a BR-367, caminho que leva o norte de Minas à Porto Seguro (BA), está fechada e ninguém sabe o motivo.

A estrutura, que custou cerca de R$ 2 milhões aos cofres públicos tem 200 metros de comprimento e quase 30 de altura, mas está, literalmente, jogada para o mato.


A 20 km da ponte, fica a barragem de Santa Lúcia, que não está funcionando. Caso estivesse, a água teria coberto a parte de baixo da estrutura, deixando apenas cerca de 3 m sem água.

O ponte foi construída pelo governo Estadual, na época que a rodovia era administrada pelo Estado, mas foi repassada ao Dnit após a federalização da via.

Enquanto isso, motoristas precisam atravessar três pontes de madeira entre Minas Novas e Chapada do Norte, sendo que lá estão madeiras soltas, pregos e buracos. Na BR, a situação não é melhor, já que 30 km da rodovia ainda não foram pavimentados.

O advogado José Coelho Júnior diz que vai mover um processo contra a União na tentativa de solucionar o problema— Quem tem direito não pede, exige. Nós vamos exigir de acordo com a lei.

Via R7 MG

quinta-feira, 27 de março de 2014

GOVERNO FEDERAL REPASSA R$ 300 MIL PARA CHAPADA DO NORTE-MG

No fim de 2013 (ver aqui), a cidade mineira foi atingida por fortes chuvas e pela cheia do rio Araçuaí.

O município de Chapada do Norte (MG) vai receber R$ 300 mil para a realização de ações de socorro, assistência às vitimas e restabelecimento de serviços essenciais.

        Ponte sobre o rio Araçuaí, próximo ao distrito de Santa Rita do Araçuaí. Foto: Blog do Jequi
A informação foi veiculada pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, por meio da portaria nº 92 (parte 1 e parte 2), no Diário Oficial da União desta quinta-feira (27).

Os recursos serão empenhados por meio de transferência obrigatória e as atividades deverão ser concluídas em até 365 dias. As autoridades regionais têm 30 dias, após o fim do prazo de execuções das obras, para prestar contas ao governo federal.

Entenda

No fim de 2013, a cidade mineira foi atingida por fortes chuvas que também resultaram na cheia do rio Araçuaí. Devido ao volume excessivo de água, a ponte, construída em 2010, que ligava o município aos distritos de Santa Rita, Cachoeira e Boa Vista foi destruída.

Via Porta Brasil

ARAÇUAÍ-MG: POLÍCIA PROCURA POR HOMEM QUE MATOU SOBRINHO USANDO COLHER DE PAU

Vítima chegou a ser socorrida, mas, morreu a caminho do Hospital São Vicente de Paulo.

Foto: Ilustrativa
A Polícia Militar (PM) de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, está à procura de um homem de 42 anos suspeito de matar o sobrinho após atingir a cabeça da vítima com golpes de uma colher de pau.  Jovem chegou a ser socorrido, mas, morreu a caminho do hospital.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por moradores da rua Professora Ana Carmem, bairro Canoeira, que ouviram os gritos. Testemunhas relataram a polícia que os dois estavam dentro da casa em que moravam e começaram a brigar por causa de um som alto. Em seguida, o homem atingiu várias vezes a cabeça do sobrinho de 23 anos com uma colher de pau.

Uma equipe do Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu) socorreu Daniel Oliveira Santos para o Hospital São Vicente de Paulo, porém, ele chegou morto a unidade de saúde.   

De acordo com o soldado Josser Rodrigues, nenhum familiar quis falar sobre o assunto com a PM. O corpo de Santos passou por perícia da Polícia Civil e foi levado para o Instituto Médico Legal da cidade.
 
*Texto: Camila Kifer (O Tempo)

quarta-feira, 26 de março de 2014

Projeto de implantação da UFVJM para as cidades de Araçuaí, Capelinha e Almenara recebem sinal verde

Articulado pelo deputado federal Reginaldo Lopes e liderado pelo Movimento "A UFVJM é nossa", o projeto de expansão da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) para as cidades de Araçuaí, Almenara e Capelinha está mais próxima de se tornar realidade. O secretário executivo do Ministério da Educação (MEC), Luiz Claudio Costa, solicitou que o reitor da Universidade, Pedro Ângelo, encaminhe o plano pedagógico e administrativo, contendo informações sobre os cursos, professores e técnicos necessários e também sobre os terrenos onde os campi deverão ser instalados. “A interiorização da UFVJM, contemplando o Baixo, Médio e Alto Jequitinhonha é um caminho sem volta”, declarou Lopes.

O pedido do MEC foi feito no último dia 19, em reunião promovida por Lopes em Brasília e que contou com a participação de Costa, do reitor Pedro Ângelo, do prefeito e vice de Araçuaí , Armando Paixão e Rita Capdeville, respectivamente, da prefeita de Almenara, Fabiany Ferraz e do prefeito de Capelinha, José Antônio.

O parlamentar lembrou que a articulação para expansão da UFVJM iniciou em 2011, a partir da segunda etapa da Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), que contemplou a abertura de novas vagas nas instituições federais, além da criação de novas universidades e novos campi. Em 2012, o Conselho Universitário aprovou o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Universidade, que prevê a instalação de campus em Capelinha, Araçuaí e Almenara. Já no ano passado foi a vez de definir os terrenos, áreas do conhecimento e cursos que serão ofertados em cada cidade. E agora foi apresentado o plano pedagógico, recebido com elogios pelo MEC.

O secretário executivo do Ministério ressaltou que a data certa para o início da implantação dependerá da aprovação, no Congresso, de um projeto de lei que garante mais professores e técnicos administrativos para as instituições federais de ensino superior. A criação dos campi está prevista dentro da terceira expansão da rede federal de ensino que será realizada pelo Governo Federal entre os anos de 2015 e 2018.

“Isso é compromisso de alma e de irmão, enquanto eu tiver representação na vida pública vou trabalhar para que o Vale do Jequitinhonha receba três unidades da UFVJM para fazer jus às distâncias da região e a sua diversidade”, afirmou Lopes. 


Fonte: Página do Dep. Federal Reginaldo Lopes

MINAS NOVAS: POLÍCIA CIVIL INDICIA EX-PRESIDENTE CÂMARA MUNICIPAL E MAIS 04 PESSOAS

A Polícia Civil concluiu, no final de fevereiro, um inquérito que investigou o envolvimento de funcionários da Câmara Municipal de Minas Novas, na Região do Alto Jequitinhonha, com um amplo esquema de desvio de verbas públicas. O titular da Delegacia de Minas Novas, delegado Vítor Amaro Beduschi Beloti, finalizou as investigações com o indiciamento de José Maria Lopes Ferreira, que na ocasião era presidente da câmara municipal, do vereador Geraldo Fernandes, do empresário Wellington Adão Pires e dos funcionários públicos Felipe Gabriel Martins Almeida e Josivando Alves Souza, que atuavam, respectivamente, como contador e motorista da câmara.

Câmara Municipal de Minas Novas.
Foto: Divulgação Facebook da Câmara Municipal
O inquérito foi instaurado em fevereiro de 2012, a partir da queixa de ameaça registrada por João Martins Dutra, ex-vereador de Minas Novas, contra José Maria Lopes Ferreira. Na ocasião, o denunciante disse que teria sofrido as ameaças após denunciar o envolvimento do então presidente da câmara no desvio de um computador. Após um ano de investigações o caso foi concluído resultando em 11 volumes e quase 2 mil laudas, que compreendem uma complexa investigação a respeito de crimes contra a administração pública no município de Minas Novas.

Nos autos constam mandados de prisão preventiva, temporária e quebra do sigilo telefônico, bancário e fiscal do envolvidos. Eles foram indiciados nos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, ameaça, peculato desvio, formação de quadrilha, dispensa injustificada de licitação e destruição ou inutilização de papéis ou documentos públicos.

As investigações apontaram que José Maria Lopes Ferreira subtraiu e desviou um computador, um telão e uma câmera fotográfica do gabinete da câmara municipal, configurando o crime de peculato. O então presidente da câmara também é acusado de ocultação de prestação de contas referentes a 2011.

O inquérito também apontou que José Maria reuniu-se aos outros quatro indiciados para cometer os crimes contra a administração pública, deixando Wellington responsável pela criação de uma empresa fantasma que foi usada para simular a prestação de serviços de publicidade à câmara. Como o ex-vereador Geraldo exercia função de Secretário Executivo da casa, coube a ele a aprovação de todas as notas de empenho emitidas irregularmente.

O esquema teve a participação de Felipe Gabriel, que foi contratado como contador da câmara municipal para substituir um funcionário de carreira, que havia sido exonerado repentinamente por José Maria. Já o motorista Josivando se envolveu nas irregularidades por ter seu nome usado em notas de viagens expedidas de forma fraudulenta.

A quebra do sigilo bancário dos indiciados revelou que foram feitos lançamentos de valores apenas na conta do ex-vereador Geraldo, o que leva a polícia a acreditar que existam “laranjas” no esquema, levantando, inclusive, o nome de três suspeitos. O inquérito foi encaminhado concluso à Justiça de Minas Novas.

domingo, 23 de março de 2014

INTERNAUTA DENUNCIA FALTA DE INFRAESTRUTURA NA BR- 367

Trecho entre Berilo e Chapada do Norte não é pavimentado. Para amenizar problemas motoristas fazem operação "tapa-buracos".
 
Motoristas fizeram uma operação "tapa-buracos" para amenizar os problemas da BR-367. (Foto: Flávio Danys/VC no G1)

A má conservação da BR-367, no trecho entre Berilo e Chapada do Norte, no Vale do Jequitinhonha, deixam os motoristas que passam pela rodovia em estado de alerta. Neste trecho, a via não é pavimentada e está quase intransitável.

Morador de Turmalina, o internauta Flávio Danys fotografou um trecho e enviou ao VC no G1. Ele afirma que para conseguir condições mínimas de tráfego, os próprios motoristas fizeram uma operação “tapa-buracos”. “Os motoristas que fizeram um ajeito para poder transitar. A 367 é muito importante para a região. Ela liga o Vale do Jequitinhonha a Belo Horizonte e também ao Nordeste do País”, afirma Danys.

Segundo Dnit, o exército foi contratado para
realizar obras de manutenção na rodovia.
(Foto: Flávio Danys/VC no G1)
Ainda de acordo com o internauta, os problemas neste trecho sempre existiram, mas piorou há cerca de 90 dias.

“Não dá para entender. No mesmo país onde será realizado uma Copa do Mundo, onde foram gastos bilhões, não podia haver uma rodovia neste estado de conservação. O tráfego de ambulância, ônibus de linha e escolares ficam totalmente prejudicados”, lamenta.

Nota da Redação: O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) afirmou conhecer os problemas encontrados na BR-367 e confirma que o tráfego neste trecho é prejudicado por causa das condições da via. Segundo o supervisor do Dnit na Região Nordeste de Minas Gerais, José Carlos Maia, o exército foi contratado para executar obras de manutenção nos locais não pavimentados da rodovia.

Ainda segundo o supervisor, uma empresa técnica também foi contratada para criar um projeto de pavimentação da BR- 367. Assim que estiver pronto, o projeto será analisado pelo Departamento para que seja iniciado o processo de licitação para obras de pavimentação da rodovia.

Por Flávio Danys Internauta, Turmalina-MG, via G1

USINA NO VALE DO JEQUITINHONHA ESTÁ COM 73% DE CAPACIDADE MESMO COM A FALTA DE CHUVA

Hidrelétrica está localizada em uma região historicamente castigada pela seca. 

A Usina Hidrelétrica de Irapé, no Vale do Jequitinhonha, numa das regiões mais pobres do país e historicamente castigada pela seca, vive uma situação curiosa: o seu reservatório está com 73% da sua capacidade, enquanto os reservatórios de outras usinas, instaladas em regiões prósperas e que normalmente não sofrem problemas climáticos, estão com menos de 30% da capacidade, devido à falta de chuvas, o que impõe o risco de um novo “apagão” no sistema elétrico nacional. 


“O atual nível atual do reservatório de Irapé é garantia de que a usina vai continuar gerando energia durante todo o ano, sem os riscos de redução verificados em outras usinas”, avalia o superintendente de Sustentabilidade Empresarial da Cemig, Luiz Augusto Barcellos Almeida. A hidrelétrica está operando com a capacidade máxima de suas três turbinas: 360 MW – o suficiente para atender uma cidade de 1 milhão de habitantes.

Última grande usina instalada no estado pela Cemig, com investimento de R$ 1 bilhão, Irapé foi inaugurada em junho de 2006, quase cinco anos depois de o país conviver com o racionamento de energia. Embora a energia gerada no Vale do Jequitinhonha ingresse no Sistema Interligado Nacional, sua instalação na região garantiu disponibilidade do insumo para o Norte de Minas e a área onde está instalada, antes desprovida de linhas de transmissão.

A reportagem do Estado de Minas visitou Irapé e acompanhou todo o processo de operação da usina. A barragem tem 206 metros de altura e é a mais alta da América Latina. A água que sai do reservatório passa por um túnel cravado na rocha antes de movimentar as turbinas da casa de força para novamente cair no Rio Jequitinhonha e regularizar a vazão do manancial.

O supervisor da Usina de Irapé, Alberto Abreu, explica que o reservatório da hidrelétrica está parcialmente cheio devido às fortes chuvas registradas na região durante todo mês de dezembro. O reservatório chegou a sua capacidade máxima e verteu água no dia 26 daquele mês. Com isso, mesmo com o veranico dos últimos meses, continua com o nível elevado. Para se ter uma ideia da situação “confortável” de Irapé, o seu nível do seu reservatório (73%) é mais de três vezes superior ao atual nível do reservatório da Usina de Três Marias, que está com apenas 19% de sua capacidade. A quantidade de água acumulada na usina do Rio Jequitinhonha também é superior ao volume de água do reservatório no mesmo período de 2013 (56%).

Na operação da usina de Irapé trabalham apenas 15 empregados da Cemig, fora outros 22 trabalhadores terceirizados. “O número de funcionários é relativamente pequeno porque todo o processo é automatizado”, explica Abreu.

Via Estado de Minas 

sexta-feira, 21 de março de 2014

CASA DE SHOWS EM CENTRO HISTÓRICO DE DIAMANTINA PEGA FOGO

Foco do incêndio estava atrás do balcão do bar; proprietário afirmou que a situação do estabelecimento era regular.
 
Chamas se propagaram durante a madrugada.

Uma casa de shows no centro histórico de Diamantina, na região do Vale do Jequitinhonha, pegou fogo na madrugada desta sexta-feira (21). Ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a Illusion Club, na rua Macau de Baixo, estava em chamas às 5h. O local estava fechado, quando os bombeiros chegaram. O foco do incêndio estava atrás do balcão do bar.


Os bombeiros procederam à ventilação natural através da abertura da porta com barra anti-pânico (componente da saída de emergência) e combateram as chamas. Depois de extintas, foi realizado o rescaldo para assegurar que todos os riscos foram eliminados.

Os danos foram pequenos, segundo os bombeiros, já que o alarme contra incêndio disparou e os militares chegaram rápido ao local. Alguns equipamentos ficaram danificados, como computador e freezer, mas não houve prejuízo estrutural.

As características do local foram preservadas ao máximo para posterior perícia técnica. Segundo o proprietário, a casa de shows está em situação regular e não possuía nada que pudesse ter desencadeado o incêndio. Há suspeita dos bombeiros é de que tenha ocorrido um curto-circuito.

Via O Tempo

TSE LIVRA PREFEITO E VICE DE FRANCISCO BADARÓ DE CASSAÇÃO

O TSE – Tribunal Superior Eleitoral deu parecer favorável a Antônio Sérgio Mendes (PV) e Antônio Reginaldo Martins Moreira(PT), prefeito e vice de Francisco Badaró, no Vale do Jequitinhonha, nordeste de Minas, em processo de cassação movido pelo Ministério Público Estadual. A decisão foi divulgada no dia 13 de março.

O prefeito de Francisco Badaró, Sérgio Mendes (direita), e o vice-prefeito Antonio Reginaldo (de camisa vermelha) – Foto: Divulgação
No dia 13 de agosto do ano passado, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE) reverteu a cassação do mandato de Sérgio Mendes e do seu vice, Antônio Reginaldo, após ambos terem sido cassados pela Justiça Eleitoral de Minas Novas por captação e gasto ilícito de recursos financeiros na campanha eleitoral.

O Ministério Público Estadual recorreu da decisão e a defesa do prefeito impetrou recurso para anular a cassação.

Os documentos foram remetidos ao TSE de Brasília que teve como responsável o Ministro João Otávio de Noronha.

O Ministro seguiu a opinião da Procuradoria-Geral Eleitoral de Minas pelo não conhecimento do agravo interposto pelo Ministério Público Estadual, e acatou a decisão do TRE em favor do prefeito e vice.

Entenda o caso

Antônio Sérgio Mendes teve seu mandato cassado no dia 9 de abril, através de sentença do juiz da Comarca de Minas Novas, Eduardo Rabelo Thebit Dolabela, que acatou denúncia do Ministério Publico sob alegação de graves irregularidades na prestação de contas da campanha eleitoral da coligação que elegeu Mendes.

Na decisão, o juiz determinou a realização de novas eleições. Mendes recorreu da decisão e, através de liminar, permaneceu à frente da prefeitura.

O caso foi julgado no TRE no dia 8 de agosto porém sem decisão final, após empate de 2 a 2 no plenário. Com o resultado, a Juíza Alice Birhal pediu vistas no processo para analisar melhor o caso.

“A juíza não formulou seu voto por escrito, decidindo apenas acompanhar o voto do relator Virgílio Almeida Barreto, contrário à cassação. A decisão ainda cabe recurso junto ao TSE-Tribunal Superior Eleitoral. Cabe ao Ministério Público, que fez a denúncia, recorrer ou não”, disse por telefone ao jornal Gazeta, o assessor de imprensa do TRE, Rogério Tavares.

Na sessão do dia 8, votaram a favor da cassação do diploma do prefeito, os juízes Carlos Alberto Tomaz e Maurício Ferreira.

No entanto, os juízes Virgílio Barreto e Aluisio Diniz votaram pela reversão da cassação, argumentando que as irregularidades apontadas nas contas de campanha de Sérgio Mendes, são irrelevantes e não comportavam a cassação de mandato.

Por três votos a dois, os juízes do Tribunal entenderam que as irregularidades encontradas nas prestações de contas da campanha não tinham relevância a ponto de levar a cassação do mandato.

O relator do caso foi o juiz Virgílio de Almeida Barreto. Não satisfeito com a decisão do TRE-MG, o Ministério Público Eleitoral recorreu ao TSE que manteve a decisão da justiça eleitoral mineira.

Via Gazeta de Araçuaí

MINAS NOVAS-MG RECEBERÁ ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO

O vice-governador Alberto Pinto Coelho, assinou, nesta segunda-feira (17/03), novas ordens de serviço autorizando a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a dar início às obras para melhorias e ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário em mais sete municípios mineiros.

Os recursos somam mais de R$ 20,4 milhões e fazem parte do Programa Água da Gente, lançado, no ano passado, pelo Governo de Minas. O vice-governador Alberto Pinto Coelho afirmou que programas como este estão modificando a realidade de Minas Gerais.

(Foto: Gil Leonardi/Imprensa/MG)
“Estamos vivendo um período da nossa história em que os desafios são muito grandes. Temos que buscar caminhos, ser criativos e, fundamentalmente, exercitar a competência estatal para poder dar respostas às nossas comunidades. Minas Gerais tem dado o exemplo de um trabalho coletivo, de parceria republicana com os municípios mineiros. O Água da Gente é um bom exemplo. Água tratada significa saúde pública”, ressaltou.

Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha, receberá cerca de R$ 3,2 milhões, dos quais R$ 1,78 milhão será para obras da estação de tratamento de esgoto (ETE). Os outros, R$ 1,34 milhão, também serão destinados para o sistema de esgotamento sanitário da cidade. Já a cidade de Teófilo Otoni receberá investimentos de R$ 1,82 milhão, dos quais R$ 1,31 milhão para a implantação de aproximadamente 1.200 metros de rede interceptora na Avenida Luiz Boali. O restante será aplicado nas obras de complementação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Teófilo Otoni.

As intervenções

Na região Central, serão contempladas as cidades de Congonhas, São Joaquim de Bicas e Igarapé. Para Congonhas, serão liberados R$ 8,94 milhões, para execução da primeira etapa das obras de ampliação e melhorias do sistema de esgotamento sanitário.

Já as cidades de São Joaquim de Bicas e Igarapé receberão investimentos de R$ 231 mil para execução das obras de ampliação do sistema de abastecimento de água dos municípios.

Belo Horizonte receberá recursos de mais de R$ 1,8 milhão. Do montante, R$ 1,44 milhão será destinado para o Caça-Esgoto (programa destinado a identificar e retirar os lançamentos indevidos de esgoto nas redes pluviais e nos cursos d’água) na região do bairro Santa Cruz. O restante, R$ 425 mil, será aplicado em obras de melhorias do sistema de esgotamento sanitário do Cercadinho.

No Sul de Minas, a cidade de Arceburgo receberá R$ 4,5 milhões para a expansão do sistema de esgotamento sanitário, que inclui entre outras ações, a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), estação elevatória e implantação de redes interceptoras.

De acordo com o presidente da Copasa, Ricardo Simões, a empresa está cumprindo o que foi determinado pelo governador Antonio Anastasia, que é melhorar as condições de vida da população. “Por meio do Água da Gente já foram investidos R$ 550 milhões em obras autorizadas e efetivamente iniciadas. Se somarmos os investimentos aprovados em dezembro do ano passado para a parceria público privada do sistema Rio Manso e para a ampliação do sistema de Montes Claros, chegaremos a R$ 1,2 bilhão em recursos investidos em sistemas de água e esgotamento sanitário”, salientou.

O prefeito de Congonhas, José de Freitas Cordeiro, falou em nome dos gestores municipais e agradeceu o apoio do Governo de Minas. “Graças ao empenho do Governo do Estado e da Copasa os municípios mineiros têm recebido grandes investimentos em saneamento básico”, finalizou.


Via Agência de Minas

75,6% DOS IDOSOS DO VALE DO JEQUITINHONHA SÃO ANALFABETOS FUNCIONAIS, DIZ PESQUISA

Região do Jequitinhonha e Mucuri, e também o Norte de Minas, lideram o ranking das regiões com mais idosos analfabetos, acima da média estadual.

Herança da educação no país pode ser vista na população idosa, onde a maioria é 
analfabeta funcional em Minas



Em Minas Gerais, o índice de analfabetismo tem diminuído com o passar dos anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Enquanto, em 2011, 7,9% da população era analfabeta, em 2012, este número caiu para 7,4%. No entanto, a herança precária do passado na educação fica clara na população idosa. Em contraste com estes dados, 29,9% dos mineiros com 60 anos ou mais são completamente analfabetos, enquanto 57,7% deles são analfabetos funcionais, ou seja, têm menos de três anos de estudo, sabem escrever o próprio nome e até ler ou escrever algumas frases simples, mas não sabem interpretá-las.

Idosa acima de 80 anos, o número de analfabetos completos é ainda maior: 40,2%. Os dados são da Fundação João Pinheiro, que apresentou, na manhã desta quinta-feira (20), os resultados da pesquisa sobre a população idosa do Estado desenvolvida pelo Centro de Estatística e Informação da Fundação, com dados colhidos em 2011. Para isso, foram estudados 18 mil domicílios e 428 municípios das 12 mesorregiões mineiras.

Na pesquisa, fica clara a dificuldade das pessoas que não tiveram oportunidade de estudar quando jovens em se alfabetizar depois de velhas. De todas as mesorregiões, as que encabeçam o ranking é são o Norte do Estado e os vales do Jequitinhonha e Mucuri, que empataram com 75,6% das respectivas populações de idosos sendo de analfabetos funcionais. Já o número de completamente analfabetos no Jequitinhonha e Mucuri é de 56,6% entre os idosos, enquanto no Norte, é de 51,1%. Na região metropolitana de Belo Horizonte, 20,5% dos idosos são analfabetos.

Dados gerais

Ainda de acordo com a pesquisa, em 2011, 11,8% dos mineiros eram idosos com 60 anos ou mais, totalizando 2,3 milhões de pessoas. O número aumentou em relação ao censo do IBGE de 2000, quando 7,6% da população era idosa, ou seja, 1.188.992 pessoas. Proporcionalmente, não se pode dizer que a população idosa quase dobrou, porque, em 2000, Minas contava com 15.743.152 habitantes. Já a população estimada em 2013 foi de 20.593.356.

As regiões mineiras que apresentaram as estruturas etárias mais velhas foram a Zona da Mata, com 13,3% da população de idosos, e Jequitinhonha e Mucuri, com 13,2% de idosos. A região metropolitana de Belo Horizonte tem 11% da população idosa. Em todo o Estado, para cada cem jovens entre 0 e 14 anos, há 52,4 idosos.

As mulheres vivem mais

As mulheres continuam figurando como maioria entre a população idosa, já que, para cada cem mulheres entre 60 e 79 anos, são 81,8 homens na mesma faixa etária. Já na população com mais de 80 anos, essa diferença é ainda maior. São 71,1 homens para cada cem mulheres.

Veja mais dados da pequisa no infográfico abaixo:


Por Juliana Baeta e Pedro Vaz Perez, do Jornal O Tempo

terça-feira, 18 de março de 2014

JOSÉ GONÇALVES DE MINAS FAZ FESTA COMEMORANDO SEU 18º ANO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

O município de José Gonçalves de Minas, no Vale do Jequitinhonha, comemora no período de 28 a 30 de março de 2014, o seu 18º aniversário de emancipação Político-Administrativo.

O antigo distrito de Gangorras se emancipou do município de Berilo, no Médio Jequitinhonha, em 1996, quando houve a primeira eleição para prefeito. Foi batizado com o novo nome de José Gonçalves de Minas.

Hoje, o município possui 4.553 habitantes, sendo banhado pelo grande lago formado pela Barragem de Irapé, construída no rio Jequitinhonha, entre os municípios de Berilo e Grão Mogol. Possui o IDH-M de 0,632.
 
Cartaz: Divulgação
Faz limite com os municípios de Berilo, Chapada do Norte, Leme do Prado, Grão Mogol, Cristália e Botumirim.

Programação:

No dia 28.03, sexta-feira, a festa ficará por conta dos artistas da terra e mega show com o sertanejo Rodrigo Ferri.

Já no sábado, 29.03, será a vez da população gonçalvense e amigos de outras cidades vizinhas curtirem os shows das bandas Rasta Chinela e Kuarto de Empregada.

O evento será encerrado com chave no domingo dia 30.03, com shows da explosão baiana, banda Levada Louca e do forrozeiro Robério e Seus Teclados.

A realização do evento é da Prefeitura Municipal de José Gonçalves de Minas, com produção da Promov Eventos. 

O aniversário de José Gonçalves de Minas conta com apoio da Polícia Militar e do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural.

Fonte: Prefeitura de José Gonçalves de Minas.

ALUNO DO CÂMPUS ARAÇUAÍ É APROVADO EM MESTRADO DA UFVJM

O formando do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental do Campus Araçuaí, Marco Aurélio Cardoso Murta, foi aprovado no Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal - PPGCF da UFVJM (Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri), nível mestrado, em Diamantina. 

Marco Aurélio, aluno do curso Tecnólogo em Gestão Ambiental IFNMG – Araçuaí
Após disputado processo de seleção nacional, Marco Aurélio irá desenvolver linha de pesquisa em Conservação e Restauração de Ecossistemas Florestais.

Nossos parabéns ao mais novo mestrando e nosso reconhecimento a toda a comunidade acadêmica que contribuiu para que esta vitória fosse alcançada!

Via IFNMG

segunda-feira, 17 de março de 2014

GRUPO GALPÃO SE APRESENTA EM CIDADES DO VALE DO JEQUITINHONHA

Bocaiuva, Salinas, Virgem da Lapa e Araçuaí recebem o evento neste mês. 'Os gigantes da Montanha' tem classificação livre e entrada gratuita.

Apresentação conta com a mistura de poesia, música e encenação. (Foto: Guto Muniz/Divulgação)
A companhia mineira de teatro Grupo Galpão apresenta a Turnê Jequitinhonha com o espetáculo “Os gigantes da Montanha” com direção de Gabriel Villela. No interior do Estado, as cidades de Bocaiúva, Salinas, Virgem da Lapa e Araçuaí recebem o evento neste mês com classificação livre e entrada gratuita.

Atores encenam espetáculo de Pirandello
(Foto: Guto Muniz / Divulgação)
O texto é do Luigi Pirandello que narra a chegada de uma companhia teatral decadente a uma vila isolada do mundo, povoada por fantasmas. A peça busca ressalta o valor do teatro e a comunicação com o mundo moderno.

O grupo que é originário de Belo Horizonte completou 30 anos em 2013 e já percorreu várias cidades do Brasil e também no exterior.

Em todas as apresentações o acesso é gratuito. Em Bocaiúva a sessão é realizada na Praça da Matriz, neste sábado (15) às 21h. No dia 17 de março, segunda-feira, o evento será em Salinas na praça Dr. João Cardoso de Araújo às 20h. Em Virgem da Lapa a realização do espetáculo é na terça-feira (18) na Avenida Brasil às 20h. E na quarta-feira (19) na praça do Mercado em Araçuaí também às 20h.

Do G1 Grande Minas

RAPAZ DE 18 ANOS MORRE AFOGADO EM LAGOA NA CIDADE DE FELISBURGO, VALE DO JEQUITINHONHA

Jovem pescava com a família, quando resolveu entrar para nadar. Familiares tentaram salvar o rapaz, mas não conseguiram.

Vista parcial de Felisburg-MG
Um rapaz de 18 anos morreu afogado em uma lagoa na cidade de Felisburgo, no Vale do Jequitinhonha, nesse domingo (16). O jovem estava pescando com a família, quando resolveu entrar na água, e acabou se afogando.

Segundo a polícia, os familiares tentaram salvar o rapaz, mas não conseguiram, e o jovem desapareceu. Horas depois, parentes e amigos voltaram ao local e conseguiram retirar o corpo do rapaz da água.

Os familiares acionaram a polícia e o corpo do jovem foi encaminhado para o IML de Almenara.


Do G1 Vales de Minas Gerais

INDÉ DE CAPELINHA E BONSUCESSO DE MINAS NOVAS VENCEM NA 3ª RODADA DA COPA INDEPENDENTE

O Ninho da Águia mais uma vez foi o destino de quem gosta de futebol, lazer e ambiente familiar. No domingo, 16 de março, aconteceu a terceira rodada da 17ª Copa Independente – Troféu Café Jequitinhonha. 


Independente de Capelinha
O Independente de Capelinha, anfitrião da competição, estreou com vitória por 2 x 1 sobre o Mendonça de Veredinha. O atacante Borracha marcou aos 6 e aos 30 do primeiro tempo, e Helinho descontou de pênalti para o time veredinhense no finalzinho do segundo tempo. O melhor jogador em campo, que faturou o prêmio do Café Jequitinhonha, foi o lateral direito Guilherme, do Independente.

Mendonça de Veredinha
No segundo jogo da tarde, entre Nova Pátria de Angelândia e Bonsucesso de Minas Novas, disputa acirrada e definição da vitória apenas aos 47 do segundo tempo, quando em um belo gol o atacante Pulguinha garantiu o resultado para o time minasnovense. O melhor jogador em campo, que levou o prêmio do Café Jequitinhonha, foi o autor do gol, Pulguinha.

Bom Sucesso de Minas Novas

Com wi-fi liberado, academia ao ar livre, quadra de peteca, barraquinhas, barzinho, sonorização, show ao vivo com o amplo estacionamento e a distribuição do Boletim da 17ª Copa Independente, o público se divertiu no Ninho da Águia e garantiu a animação fora de campo.

Nova Pátria de Angelândia
Na próxima rodada, dia 23 de março, Nova Pátria e Bonsucesso jogam novamente. O primeiro enfrenta a Seleção de Aricanduva às 14h, e o segundo, o time Aparecida, às 16h.


Texto e Fotos: Rosa Santos, do Acontece Regional

sábado, 15 de março de 2014

PAULINHO PEDRA AZUL FAZ SHOWS NO FORMATO VOZ E VIOLÃO PARA COMEMORAR SEUS 60 ANOS

O cantor e compositor vai à luta por patrocínio para lançar DVD gravado no Palácio das Artes.


O show que o cantor e compositor Paulinho Pedra Azul fará hoje à noite, no Café do Palácio das Artes, dá início às comemorações de seus 60 anos. O projeto traz o músico em versão bem intimista, relembrando o começo de sua trajetória artística.

“O repertório é muito livre, com cerca de 15 a 20 músicas. É um show de voz e violão. Nos meus 32 anos de carreira, toquei muito sozinho por cerca de duas décadas. Foi quando construí a minha base, o meu público. É muito legal tocar com banda, mas adoro retomar a coisa do olho no olho com o público. As pessoas me cobram cantar e contar causos. Este ano mesmo, 80% dos meus shows terão esse formato”, revela.

Se a agenda do ano está super movimentada com Copa do Mundo e eleições, a de Paulinho mais ainda. Em abril, ele tem shows marcados em BH. Também quer lançar dois sonhados projetos: uma coletânea reunindo seus 15 livros e outra com os 22 discos que gravou.

“São quase 300 músicas em três décadas, quero remasterizar pelo menos 100. Mapear isso é complicado. Ainda estou decidindo se vou fazer uma caixa. Quero muito produzir algo comemorativo”, revela o cantor e compositor. 

Outro projeto é lançar o DVD gravado no Grande Teatro do Palácio das Artes, em 2011, para marcar os seus 30 anos de estrada. Subiram ao palco convidados especiais como Rogério Flausino, padre Fábio de Melo e Célio Balona. “Ainda estamos procurando patrocínio. Foi um show muito importante e legal, seria um presente a mais para mim e para meus fãs”, diz o compositor de 'Jardim da fantasia' e 'Ave cantadeira'.

Agosto A “cereja do bolo” do 60º aniversário será entregue no segundo semestre. Paulinho quer fazer um grande show no Palácio das Artes. Ele ainda não se sabe se o evento vai coincidir com o dia de seu nascimento, 3 de agosto.

“Talvez em setembro ou outubro, certamente vamos fazer algo bem bacana. Não podemos deixar passar em branco”, assegura Paulinho Pedra Azul, que diz não sentir o peso da idade. “Parece que estou completando 30. Está tudo ótimo”, celebra.

PAULINHO PEDRA AZUL

Nesta quarta-feira e dia 19. Café do palácio das Artes. Avenida Afonso Pen, 1537. Centro. Entrada Franca. Informações: (31) 3236-7400.


Via Estado de Minas

MINAS NOVAS-MG: CERÂMICA DO VALE DO JEQUITINHONHA É RECONHECIDA EM TODO O PAÍS

Turistas vão ao local para apreciar trabalhos. Artesanato sustenta famílias da região.

Para ver a reportagem completa, Clique Aqui

A cerâmica do Vale do Jequitinhonha tem um estilo diferenciado e próprio. Dona Zezinha é uma das artistas de região de Minas Novas.  Não foi ela que escolheu o artesanato. O artesanato escolheu Dona Zezinha por uma questão de necessidade.



“A necessidade era muita e impulsionou todo mundo a trabalhar com o barro", conta. Com o tempo veio o reconhecimento internacional. "Eu até fui escolhida pra participar daquele mulheres artesãs do Brasil, eu até fui selecionada pra mim ir lá na ONU. Mas aí eu não fui não”, diz.

São mais de 30 anos trabalhando com o artesanato. As primeiras peças foram para suprir a falta dos brinquedos convencionais. Uma das filhas de Dona Zezinha ajuda na pintura das peças. Toda a família se sustenta pelo artesanato.

O artesanato de Minas Novas já ultrapassou os limites do Vale do Jequitinhonha. Quem antes só comprava as peças, agora faz questão de ir até lá saber como elas são feitas.
O local recebe turistas. Todos entram na rotina das artesãs, se hospedam por uma semana na casa delas.

Quem não vai à zona rural, pode apreciar a arte do Jequitinhonha na cidade de Minas Novas. O sobradão, uma das primeiras construções de quatro andares do Brasil, em pau a pique, foi sede do governo da província de Minas Novas. Hoje, o prédio de barro de 1821 virou museu e ponto de venda das peças.


O cotidiano moldado em barro retrata a realidade da roça: seus animais, os amores que surgem, a vida que se multiplica, peças que têm a cara do Vale, a essência do Jequitinhonha e um pouco dos sentimentos de quem as cria.

Via G1 - Terra de Minas

quinta-feira, 13 de março de 2014

VALE DO JEQUITINHONHA SERÁ RECONHECIDO COM NOVO CIRCUITO TURÍSTICO

O Vale do Jequitinhonha será reconhecido como Circuito Turístico pela Secretaria de Estado de Turismo e Esportes de Minas Gerais – Setes/MG durante o 6º Salão Mineiro do Turismo, que acontecerá em Belo Horizonte, nos dias 14 e 15 de março de 2014.


Os municípios de Jequitinhonha (sede do Circuito Turístico), Coronel Murta, Joaíma, Pedra Azul, Monte Formoso e Cachoeira de Pajeú são os únicos do Vale do Jequitinhonha* que serão reconhecidos por terem cumprido uma série de critérios obrigatórios.

Clique Aqui para acessar a página do Circuito Turístico no Facebook

Após a cerimônia de certificação, esses municípios estarão aptos a obterem recursos federais e estaduais, além de poderem participar do programa ICMS Turístico, que destina, anualmente, incentivo financeiro para trabalharem a sua gestão turística.

O Circuito Turístico é um conjunto de municípios de uma mesma região, com afinidades culturais, sociais e econômicas que se unem para organizar e desenvolver a atividade turística regional de forma sustentável, através da integração contínua dos municípios, consolidando uma identidade regional.

O Circuito Turístico Vale do Jequitinhonha é administrado pela Aciturvale, entidade sem fins lucrativos, com autonomia administrativa e financeira, regida por um estatuto, formada por membros da sociedade civil, privada e do poder público. A sede da associação funciona no município de Jequitinhonha. 

*Alguns municípios do Vale já fazem parte de outros circuitos turísticos.

DJ DO VALE DO JEQUITINHONHA CHEGA A 6 MIL FÃS EM REDE SOCIAL

A DJ Cath, se apresenta desde o inicio de sua carreira no carnaval "Bom Demais" de Minas Novas. O Carnaval de Minas Novas vem atraindo há vários anos milhares de pessoas, considerado um dos melhores carnavais de Minas Gerais, esse ano atraiu um público diferente.


A DJ se apresentou durante os dias carnavalescos, agitando a todos os públicos. Iniciou sua carreira em novembro de 2011, mas foi realmente reconhecida no Carnaval Bom demais Minas Novas 2012, desde então vem sacudindo e fazendo sucesso em todo o Vale do Jequitinhonha. Este ano a mesma teve varias proposta para se apresentar em outras cidades, mas preferiu permanecer em sua cidade natal, a DJ apresentou de 1 a 4 de março, no trio elétrico e na Barragem das Almas.

A sua beleza, humildade e seu talento chamou atenção dos foliões. Bloco “DJ Cath” foi lançado em 2012, no carnaval de Minas Novas, e este hoje veio com tudo.

"Carnaval não é só lugar de axé, mas sim de vários gêneros musicais, inclusive o eletrônico e o funk, que hoje tem o maior publico no mundo, inclusive no Brasil. Gostaria de agradecer a prefeitura por ter acreditado no meu talento e a todos que adquiriram o kit do meu bloco. Também aos patrocinadores e fãs, pelos presentes e mensagens e a energia maravilhosa que me passaram.” Diz a DJ. A sua pagina “DJ CATH OFICIAL” chegou a 6 mil curtidas após as apresentações.

Via Portal Aconteceu no Vale, com alterações do Blog do Jequi

domingo, 9 de março de 2014

PREPARATÓRIO PARA O ENEM OFERECE 785 VAGAS EM 18 CIDADES DO VALE. INSCRIÇÃO E CURSOS SÃO GRATUITOS

O IFNMG abriu seleção para o Curso Preparatório do Exame Nacional do Ensino Médio (Pré-Enem) na modalidade a distância, com oferta de duas mil vagas, em 46 cidades. As inscrições devem ser feitas até 13 de março, via formulário eletrônico, disponível no endereço eletrônico https://ava.ifnmg.edu.br.

Tanto a inscrição quanto o curso são inteiramente gratuitos.

Para candidatar-se é necessário estar cursando o terceiro ano do ensino médio, ter concluído o ensino médio ou ter mais de 18 anos, ter concluído o ensino fundamental, e desejar obter a certificação do ensino médio.

As cidades (polos) e a distribuição das vagas ofertadas constam no anexo I do edital de seleção. Serão classificados os primeiros candidatos que se inscreverem, dentro do número de vagas disponíveis para o polo escolhido, desde que obedeçam aos critérios estabelecidos no edital.

O resultado da seleção será divulgado no dia 14 de março e as aulas iniciarão no dia 17 do mesmo mês. O horário e local das aulas serão divulgados pelo polo para o qual o candidato se inscreveu.

Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato com a Diretoria de Educação a Distância do IFNMG, pelos e-mails redeetecbrasil@ifnmg.edu.br e ead@ifnmg.edu.br.

Acesse:

sexta-feira, 7 de março de 2014

TRÊS PESSOAS MORREM EM ACIDENTE NA BR-367, PRÓXIMO A TURMALINA-MG

Três pessoas morreram e duas ficaram gravemente feridas em um acidente na tarde desta segunda-feira (03/03/14), próximo à cidade de Turmalina, no Vale do Jequitinhonha.

(Veículo onde viajava as vítimas – Foto: Enviada por leitor do Aconteceu no Vale)

De acordo com informações da Polícia Militar, o acidente envolvendo o veículo com placas de Capelinha/MG aconteceu por volta das 16 horas em um trecho da BR-367, conhecido como reta do Jogil. Aparentemente o veículo estava em altíssima velocidade, quando o condutor perdeu o controle e colidiu frontalmente com um eucalipto. O veículo ficou totalmente destruído.

(Veículo onde viajava as vítimas – Foto: 
Enviada por leitor do Aconteceu no Vale)

No veículo viajava cinco pessoas, quatro do sexo masculino e um do sexo feminino. Todas as vítimas eram de uma mesma família, moradores de Aricanduva/MG. Segundo informações divulgadas a reportagem do Portal Aconteceu no Vale pelo Hospital Municipal São Vicente de Paulo de Turmalina, Esmerinda Paulinda dos Santos, 40 anos, chegou ao hospital em estado grave, com traumatismo craniano e fratura exposta na perna, sendo encaminhada para o Hospital de Diamantina/MG. José Eustáquio Soares Oliveira, 32 anos, está em estado estável no Hospital de Turmalina, passou por uma cirurgia no abdômen e passa bem. Já o garoto Maxuel Douglas Costa, de 14 anos, chegou com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu de hemorragia interna. Esmerinda e José Eustáquio são tios do garoto Maxuel.

Outras duas pessoas morreram no local do acidente, sendo elas o jovem Gelso Soares Oliveira, Funcionário da Prefeitura Municipal de Aricanduva e José Alves da Silva. Os dois foram resgatados pelo IML da cidade e posteriormente encaminhados para Aricanduva.

(Entre as vítimas estava o funcionário da Prefeitura Municipal de Aricanduva, Gelso Oliveira – Foto: Facebook Pessoal)
O carro, um Fiat Pálio de cor preta teria sido alugado em uma locadora de veículos em Capelinha. A informação é que a família retornava de uma viagem a Brasília.

Velório em Aricanduva

As três vítimas do acidente estão sendo veladas na Igreja Assembleia de Deus em Aricanduva. O sepultamento está previsto para acontecer às 14 horas no cemitério da cidade.

Via Portal Aconteceu no Vale

Blogger Themes

2leep.com

 
Powered by Blogger