segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

MENORES CONFESSAM TER MATADO MINASNOVENSE NA NOITE DE NATAL

Atualização: 06/1/14, às 20:35 horas

Dois menores, cujas idades exatas não foram divulgadas pela polícia, são, até o momento, os principais suspeitos pelo assassinato do minasnovense Reginaldo Ferreira, ocorrido na noite do último dia 23. Os menores confessaram o crime após terem sido abordados durante uma operação policial na madrugada do último sábado, dia 28, em um táxi que seguia de Minas Novas para Capelinha. Eles portavam um revólver calibre 38 e foram conduzidos para a delegacia, onde prestaram depoimento e depois, liberados, já que havia vencido o período de flagrante.


Reginaldo Ferreira, o Regis, como era conhecido, trabalhava em Goiás e passava as férias com a família em Minas Novas. Ele foi assassinado dentro de sua caminhonete, estacionada à beira da estrada, onde estava na companhia de uma mulher. A polícia trabalha com a principal suspeita de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. 

Segundo comentários, testemunhas afirmam que os menores estavam na companhia de outros dois homens quando foram apreendidos, mas a polícia não confirma essa informação. Um inquérito foi aberto em Minas Novas para investigar o caso.

Fonte: Rosa Santos/Jornal Acontece Regional (Com alterações do Blog do Jequi)

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

PEDRA AZUL TEM OITO EQUIPES DO SAÚDE NA FAMÍLIA, MAS PEDE ESPECIALISTAS

Localizado no Vale do Jequitinhonha, município sofre com a falta de ginecologistas, pediatras e geriatras. Ausência de anestesistas impede a realização de cirurgias.


Situado no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, o município de Pedra Azul tem oito equipes do Saúde na Família, que fazem o atendimento de quase 100% da população, de cerca de 24 mil habitantes, incluindo a zona rural, onde há um posto com equipe completa. Até o começo de dezembro,  havia apenas uma equipe sem médico na cidade, mas que recebeu recentemente um profissional cubano do Programa Mais Médicos. Apesar disso, a população reclama da falta de especialistas.

“Nosso problema não é médico generalista. Isso a gente tem que dá para atender a todo mundo. A dificuldade é ter especialistas, e os salários são bons. Ginecologia, pediatria, geriatria, pagamos uma faixa de R$ 8 mil para trabalhar por 15 dias. Mesmo assim, não conseguimos atrair”, diz o secretário de Saúde de Pedra Azul, Maurílio Moraes.

A secretária de Saúde adjunta, Bruna Xavier, ressalta que a cidade tem um cirurgião, mas não tem anestesista. "Se tivéssemos um anestesista, poderíamos fazer todas as cirurgias na cidade. Sem eles, só fazemos as [cirurgias] básicas, e nos viramos para anestesiar o paciente. Um anestesista quer R$ 40 mil para atender aqui, não temos condições de pagar."

Segundo o secretário, quando não há especialistas, os pacientes são encaminhados pela Secretaria de Saúde para Teófilo Otoni, que fica a cerca de 200 quilômetros ou para Montes Claros, a 360 quilômetros. Quando nenhuma delas não pode receber o paciente, ele vai para a capital, Belo Horizonte, a 700 quilômetros de Pedra Azul.

O lavrador Valdomiro Santos, de 58 anos, conta que, sempre que precisa, é atendido, mas lamenta a falta de um ortopedista na cidade. “Estourei minha coluna, não sei o que faço. Só Deus, já que, para ser atendido por um ortopedista, aqui demora demais. Tem que ir para outra cidade. Aí, mesmo a prefeitura mandando, é difícil e demorado.”

A cidade recebeu este mês a Bandeira Científica, projeto que leva atendimento à população de cidades pequenas e que faz um levantamento dos principais gargalos para orientar a gestão local a resolvê-los. O projeto pretende deixar no município a lição de que um médico generalista pode fazer muito mais do que de fato faz.

Na avaliação de Ricardo Medeiros, enfermeiro em um posto no centro da cidade, que já trabalhou em municípios do mesmo porte, Pedra Azul tem uma boa estrutura na área de saúde, mas precisa agir na qualificação dos agentes, para melhorar o atendimento e poderia prevenir casos mais graves, que precisem de especialistas.

“Eles [agentes de saúde] não estão preparados para fazer uma busca ativa, se os membros das famílias estão precisando de atendimento. Há problemas que são fáceis de diagnosticar e, nesses casos, prevenir sai muito mais barato”, afirma Medeiros.

Um desses problemas é o envolvimento de jovens com drogas e álcool. “Identificando os casos, poderia haver um trabalho dirigido”, diz Medeiros. Duas professoras da rede municipal de ensino, que não quiseram se identificar, informam que este é um dos motivos da evasão escolar, violência nas ruas e gravidez na adolescência no município. “Nunca fizemos pesquisa, mas, no convívio com os alunos, vemos quem é que leva droga para vender na escola, quem já está envolvido com crack”, revela uma das professoras.

De acordo com o coordenador da Bandeira Científica, Luiz Fernando Ferraz, os bandeirantes, como são chamados os membros da expedição, principalmente os da área de psicologia, desenvolvem atividades com os jovens para descobrir seus interesses e descobrir formas de evitar o envolvimento deles com drogas.

Pedra Azul também consegue fornecer atendimento odontológico para a população, mas conseguir uma prótese dentária é mais difícil. Depois de três anos tentando conseguir uma prótese pela rede pública de saúde, enfim a dona de casa Ildeci Ferreira, de 51 anos, conseguiu dar uma risada cheia de dentes. “Sem dente, fica difícil comer e falar, e eu fico mais feia”, diz Ildeci, que conseguiu seu “presente de natal” com a Bandeira Científica.

Os bandeirantes também orientaram as crianças sobre a escovação correta dos dentes, em visitas a escolas de ensino fundamental. As que precisavam de atendimento odontológico tiveram a assistência necessária. A equipe destacou a diferença entre os pacientes da área rural e os da zona urbana.

Segundo a dentista Natália Moura, na cidade, a situação é “tranquila”, há pacientes sem cáries e outros que têm uma ou duas, mas nada fora do comum”.

Na zona rural, porém, houve casos preocupantes, com crianças precisando de fazer extrações e com muitos dentes comprometidos.

Via Agência Brasil

III ENCONTRO DE COMUNICADORES DO VALE DO JEQUITINHONHA

Inscrições do III Encontro de Comunicadores já estão abertas

Estão abertas as inscrições para o III Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha. De 23 a 25 de janeiro de 2014 o Programa Polo de Integração da UFMG no Vale do Jequitinhonha, da Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, realizará no município de Jequitinhonha, o III ECVJ, promovido em parceria com as ONGs Associação Imagem Comunitária e a Oficina de Imagens, com apoio da Prefeitura Municipal de Jequitinhonha, além de lideranças locais e regionais. O evento terá como temática central “Como trazer o comunitário para a comunicação? O que há de comunitário na comunicação comunitária?”.

Além de painéis, serão realizadas atividades culturais e oficinas nas áreas de web, rádio, mídias sociais e projetos culturais, entre outras. As atividades do III ECVJ serão realizadas no Rotary, no Centro Vocacional Tecnológico - CVT, na Casa de Cultura e na Rádio Santa Cruz. O evento conta, ainda, com o apoio do comércio local, de blogs e sites, rádios e jornais da região.

Clique Aqui para acessar a página do Facebook do Evento

Para realizar as inscrições, basta acessar o link:


PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira, 23 jan. (noite – 19:00h)

-Abertura com fala da Prefeita, de representante da UFMG e TV Jequi.
- Grupos de Discussão organizados a partir de relatos de experiência

Sexta-feira, 24 jan. (manhã / tarde / noite)

- Oficinas (9:00h até 17:00h – com pausa para almoço e coffee break)
• Produção Cultural – Local: Mini-auditório do CVT; Ministrantes: Larissa Scarpelli.
• Rádio Comunitária – Local: Rotary; Ministrante: Representante da ABRAÇO-MG.
• Stop-motion – Local: Secretaria de Educação; Ministrantes: Bruna Lubambo e Sâmia Bechelane (AIC).
• Fotografia – Local: Casa de Cultura; Ministrantes: Letícia Lopes e Débora Amaral (AIC).
• Intervenções em Cena: o nome disso é rua – Local: CVT; Ministrante: Rodrigo Corrêa (Oficina de Imagens).
• @internet e #rua: Mídias Sociais, Web ativismo e Comunicação – Local: CVT; Ministrante: Bruno Vieira (Oficina de Imagens).
• Propaganda Educativa de Rádio – Local: Rádio Santa Cruz; Ministrantes: Delânzia Junho e Levy Guimarães (Vozes do Vale)
- Mostra de Oficinas (Noite – 17:30h até 19:30h): exposição dos resultados das oficinas. Rotary.
- Sarau (Noite – 20:30h): apresentações culturais.

Sábado, 25 jan. (manhã – 9:00h até 12:30h)

- Conferência de encerramento.
- Plenária de discussão da proposta temática. (10:30 até 12:30h).

INFORMAÇÕES

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

SOBE PARA 91 O NÚMERO DE FAMÍLIAS DESALOJADAS EM CAPELINHA-MG

Por Hélio Souza, da ASCOM da Prefeitura de Capelinha.
Subiu para 91 o número de famílias desalojadas na região urbana e rural de Capelinha. O dados são da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Capelinha, no Alto Jequitinhonha, nordeste de Minas, divulgado na tarde deste domingo, dia 22.

Foto: Hélio Souza
A forte chuva que caiu na cidade desde a terça-feira (17), provocou o deslizamento de várias encostas, rachaduras em centenas de casas e destruição por toda cidade.

Desde a última sexta-feira (20), a Cidade tem o apoio da Defesa Civil de Montes Claros e de equipe do Corpo de Bombeiros. Nesta segunda-feira (21), pode chegar a cidade um grupo de engenheiros que irá realizar vistorias. Também é esperado um Geólogo para realizar estudo do solo.

Drama e sofrimento

Foto: Hélio Souza
Um funcionário público morador da Rua Candinho, no Centro, acordou com toneladas de terra em seu quintal. O local é uma das regiões mais críticas da cidade, ele corre o risco de não poder mais voltar para sua casa, devido o risco de deslizamento.

“Vou pagar um empréstimo que fiz para construir minha casa por nove anos, e a chuva a destruiu em dois dias”. Conta ele.

Ao lado de sua casa, seu irmão também foi atingido pelo deslizamento que invadiu sua área de serviço. “Era seis horas, quando eu ouvi um barulho e vi o morro deslizando e saí imediatamente com minha família”, conta ele.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Governo de Minas libera R$ 120 milhões para obras de infraestrutura urbana em 255 municípios. Vale será beneficiado

Recursos serão aplicados em obras de saneamento básico e pavimentação asfáltica, com o objetivo de melhorar as condições de vida dos cidadãos

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida do cidadão mineiro, o governador Antonio Anastasia autorizou, nesta quinta-feira (19), durante solenidade no auditório do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), a liberação de R$ 120 milhões para investimentos em pavimentação e saneamento básico em 255 municípios mineiros. 


Os recursos serão liberados por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru), que coordena o Programa de Apoio à Infraestrutura Urbana Municipal. O objetivo é dotar os municípios de infraestrutura adequada e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. O montante a ser investido é oriundo de operações de crédito contratadas pelo Estado junto ao Banco do Brasil e ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em seu pronunciamento, o governador Antonio Anastasia destacou que o rol de ações de infraestrutura urbana implementadas pelo Governo de Minas é uma continuidade “daquilo que se iniciou em 2003, com o governo Aécio Neves, de muita atenção aos municípios, especialmente aqueles médios e menores do Estado, que durante décadas não tinham nenhum programa ou projeto que os beneficiassem”.

“Me parece, digo aqui com muita franqueza e lealdade, que é exatamente esse sentimento e essa observação que são testemunhas dos mineiros, de que os governos estadual e os municipais de nosso Estado estão integrados, trabalhando em conjunto e obtendo bons resultados, é que estamos de fato conseguindo o reconhecimento de todos”, disse. 

Serão 82 municípios beneficiados com recursos para obras de pavimentação asfáltica e os recursos previstos chegam a R$ 20,96 milhões, em 2014.  As obras serão executadas diretamente pela Sedru, via convênios com os municípios.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, Bilac Pinto, os municípios constituem a base para o desenvolvimento do Estado e, como tal, devem ser tratados com uma consciência federalista e republicana, em que não se faça distinção de cor partidária ou região. “Com este pensamento, o Governo de Minas, dentro de seus limites, vem realizando todo o esforço para apoiar os municípios mineiros, sobretudo diante das suas dificuldades financeiras resultante da perversa divisão dos recursos, que se concentram nas mãos da União”, disse.

Bilac Pinto assinou convênio com o prefeito de Santa Rita do Sapucaí, Jefferson Gonçalves Mendes, e termo de cooperação técnica com o prefeito de Jenipapo de Minas, Márlio Geraldo Costa, simbolizando a assinatura com os demais prefeitos.

Em nome dos municípios beneficiados, o prefeito de Passa Quatro, Paulo José de Almeida Brito, agradeceu por mais essa iniciativa do Governo de Minas, ressaltando que a concentração de recursos nas mãos da União reduz a capacidade de investimentos por parte das prefeituras. “O Governo de Minas vem trabalhando com força e veemência para minimizar os impactos negativos da falta de recursos dos municípios. Estamos de braços dados, municípios e o governo estadual, para bradar o grito municipalista”, afirmou.

Saneamento

Por meio do projeto estratégico “Saneamento de Minas”, serão investidos R$ 98,3 milhões, em 186 municípios, para implantação de módulos sanitários e poços artesianos e implantação de sistemas de abastecimento de água, de esgotamento sanitário e de destinação final de resíduos sólidos, em 2014.

Do total a ser investido no projeto “Saneamento de Minas”, R$ 83,5 milhões serão destinados para implantação de 9.676 módulos sanitários em 157 municípios, beneficiando 40 mil cidadãos. O restante, cerca de R$ 8,3 milhões, será destinado à implantação de 112 poços artesianos em 76 municípios, beneficiando 11 mil cidadãos.

Serão investidos R$ 2,44 milhões para implantação de 15 sistemas de abastecimento de água em 15 municípios, beneficiando 15 mil pessoas. Na implantação de seis sistemas de esgotamento sanitário em seis municípios do Estado serão aplicados R$ 1,62 milhão. Também serão destinados R$ 2,44 milhões para implantação de nove sistemas de destinação final de resíduos sólidos em nove municípios do Estado, com repercussão na vida de 500 mil pessoas.

Clique aqui e confira a lista dos municípios beneficiados. (Arquivo em PDF)

Via Agência de Minas

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

ENCHENTE LEVA PARTE DE PONTE RECÉM CONSTRUÍDA NO DISTRITO DE SANTA RITA DO ARAÇUAÍ

Ponte inaugurada em 2010 após tragédia em 2005 no mesmo local (ver aqui) teve parte dela levada pela força do rio Araçuaí.





O distrito de Santa Rita do Araçuaí encontra ilhada após parte da ponte Francisco de Assis Costa ter sido levada pelo rio. Para piorar a situação, a única passagem pelo distrito, uma pequena travessia, encontra-se “engolida” pelas enchentes dos córregos que deságuam no rio Araçuaí.


A travessia sobre o córrego, sempre no período de chuva, deixa o distrito isolado das cidades circunvizinhas, tendo em vista que não há uma ponte com altura mínima para que o córrego desaguasse no rio Araçuaí. Antiga reivindicação da comunidade, a construção da ponte resolveria grande parte do problema ali encontrado.

Ponte nova

Após anos de espera, a ponte Francisco de Assis Costa trouxe alívios aos moradores, principalmente dos distritos de Santa Rita, Cachoeira do Norte e Boa Vista, pois a antiga ponte, de madeira, sempre no período de chuva, era coberta pelo volume de água.

Ponte, ao fundo.

Ponte, no período da seca
Mas com as fortes chuvas desta semana, parte desta ponte foi levada pela força do rio Araçuaí, deixando os distritos parcialmente isolados da sede (Chapada do Norte). A única alternativa é pela BR-367, que aumentaria o trajeto significativamente (cerca de 100km).

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

MINAS NOVAS-MG: ENCHENTE DO RIO FANADO IMPRESSIONA NA BARRAGEM DAS ALMAS

Balneário turístico de Minas Novas, a “Barragem das Almas” impressiona moradores e turistas que visitaram nesta terça-feira (17/12) tamanha a quantidade de água no Rio Fanado.

Barragem das Almas, em Minas Novas/MG. Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
O volume de água aumentou consideravelmente, o que fez com que o leito do rio mudasse completamente, levando árvores, troncos e até mesmo animais. A comporta da barragem ficou completamente alagada. O canal da barragem teve que ser fechado para evitar problemas devido a força da água.


Barragem das Almas, em Minas Novas/MG. Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
Preocupação

Para esta quarta-feira (18/12), segundo o site de previsão de tempo Climatempo, é esperado cerca de 38mm de chuvas em Minas Novas (ver aqui), o que preocupa moradores ribeirinhos.

Barragem das Almas, em Minas Novas/MG. Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
Outra preocupação é que o volume de água do rio Fanado, que deságua no rio Araçuaí, irá aumentar ainda mais o volume de água deste rio, que já é motivo de preocupação, pois o leito do rio já chega bem próximo a pontes e casas.
Barragem das Almas, em Minas Novas/MG. Foto: Divulgação Facebook Zé Júlio
Barragem das Almas, em Minas Novas/MG. Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
Barragem das Almas, em Minas Novas/MG. Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi

QUARENTA FAMÍLIAS ESTÃO DESABRIGADAS DEPOIS DE FORTE CHUVA EM CAPELINHA

Prejuízo estimado pode chegar a R$ 3 milhões. Prefeitura decretou estado de emergência no dia 6 de dezembro. 
 
A rua cedeu e as casas ficaram comprometidas. (Foto: Cleuber Luiz )
Após 13 horas de chuvas, a cidade de Capelinha, no Leste de Minas Gerais, amanheceu nesta terça-feira (17) com marcas de destruição em vários pontos da cidade. Segundo o secretário de Comunicação da prefeitura, Sebastião Neves, cerca de 40 famílias estão desabrigadas. Uma casa desabou e outras duas residências correm o risco de ceder.

Ate o momento choveu o equivalente a 170 milímetros provocando a enchente do rio Areão, que corta a cidade. (Foto: Jota Reis e Devanir Dias)
A chuva na cidade começou a cair por volta das 19h dessa segunda-feira (16). Segundo informações da prefeitura, até o momento choveu cerca de 170 milímetros, o que provocou a enchente do rio Areão, que corta a cidade. Segunda a administração municipal, o prejuízo estimado já chega a R$ 3 milhões. A prefeitura decretou estado de emergência no dia 6 de dezembro.


Ônibus caiu depois que o asfalto cedeu.
(Foto: Jota Reis e Devanir Dias)
Até o momento uma residência desabou na Sebastião da Luz, entre os bairros São Geraldo e Piedade, depois de um deslizamento de terra próximo à casa. Ainda segundo a secretaria de Comunicação, a família precisou deixar a moradia com urgência.

Outras duas casas nos mesmos bairros correm risco de desabamento. No final da rua Inácio Murta, uma cratera se formou impedindo o trânsito de veículos, e também engoliu um poste de energia elétrica. Casas e muros correm o risco de desabar por causa do buraco.
A rua Maria Pereira Campos, no bairro Água Santa, também está com pontos críticos. A Alameda Juarez Barbosa, no centro de Capelinha, está praticamente intransitável e um ônibus escolar caiu em um buraco no local.

Por Patrícia Belo, do G1 dos Vales de Minas Gerais

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

COM FORTES CHUVAS, NÍVEL DO RIO ARAÇUAÍ SOBE E ASSUSTA MORADORES

Com as fortes chuvas ocorridas no sábado (14/12) e domingo (15/12) nível do rio Araçuaí sobe e preocupa moradores.

Nível do rio Araçuaí sobe de forma rápida e assusta moradores do Distrito de Santa Rita do Araçuaí.
Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
No distrito de Santa Rita do Araçuaí, a população acordou preocupada com a enchente do rio Araçuaí, que chegou bem próximo da ponte recém construída. Tal ponte foi construída após uma tragédia ocorrida em 2005 (ver aqui).

Barranco cedeu sobre a arquibancada do campo de futebol e Santa Rita do Araçuaí.Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
O rio, que abastece os distritos de Santa Rita, Cachoeira do Norte e Boa Vista, tamanha sua força, arrastou a bomba de captação de água potável da Copanor, o que acarretará na falta de água nos distritos pelos próximos dias.

Previsão do tempo

Segundo o site de previsão Climatempo, fortes chuvas prometem aumentar ainda mais o volume de água do Rio Araçuaí, deixando a população e autoridades em alerta. Clique Aqui para ver a previsão do tempo.

Mais Fotos:
Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi

Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi
Foto: Bernardo Vieira/Blog do Jequi

ACIDENTES PROVOCAM DUAS MORTES NO TRECHO TURMALINA-VEREDINHA

Os acidentes foram provocados por uma vaca que transitava na pista. 

Na madrugada deste domingo (15), dois acidentes envolvendo motoqueiros e uma vaca  resultaram na morte de duas pessoas na MGC-367, no trecho entre Turmalina e o trevo de Veredinha, no Vale do Jequitinhonha.

As vítimas pilotavam moto. Uma delas morreu no local do acidente. Foto: Mychael Paranhos
O primeiro acidente aconteceu no KM 429 , a  cerca de  500 metros do trevo de Veredinha. A policia de Turmalina foi acionada pelo 190 e quando chegou no local encontraram duas vitimas. O homem que conduzia a motocicleta ainda estava vivo mas morreu a caminho do hospital. Uma mulher que estava na garupa sofreu apenas pequenas esfoliações.

Segundo informações da Polícia Militar de Turmalina as vítimas trafegavam no sentido Turmalina - Veredinha e bateram em uma vaca que estava na estrada.

Ainda durante o socorro às vítimas, cerca de 20 minutos depois, ouve outra denúncia de acidente, bem próximo ao local do primeiro acidente, no KM 430,  a 120 metros do trevo de Veredinha.

Outro motoqueiro que vinha no sentido contrário, trevo de Veredinha para Turmalina, bateu na mesma vaca. O acidente ocorreu por volta das 4 da manhã.

O homem que conduzia a moto morreu no local e o garupeiro sofreu apenas pequenas esfoliações. O animal estava no local,  ainda vivo, mas não conseguia se levantar.

A polícia de Turmalina logo no primeiro acidente acionou a Polícia rodoviária e a Pericia de Capelinha. O SAMU também foi acionado, mas segundo os policiais que atenderam a ocorrência, a viatura se encontrava “quebrada”,  e não  podia socorrer as vítimas. O socorro foi feito pela Policia de Turmalina.

No momento dos acidentes a cerração estava muito baixa, dificultando a visão. O proprietário do animal ainda não foi  identificado.

Fonte: Aconteceu no Vale

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

MEC AUTORIZA 60 VAGAS PARA CURSOS DE MEDICINA NA UFVJM

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a criação de mais 160 vagas para cursos de medicina no interior de Minas Gerais. Serão 60 novas vagas para graduação na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), 40 para a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e 60 para Universidade Federal de Alfenas (UFAL). No caso da UFVJM, o curso será ofertado no campus de Diamantina.

Veja em quais outras universidades foram abertas as vagas pelo Brasil:


A autorização foi publicada nesta quinta-feira por meio da Portaria 654/2013 e faz parte do esforço do governo federal, no âmbito do Programa Mais Médicos, para ampliar o número de vagas de graduação. Em breve, outras quatro mineiras devem receber cursos de medicina. O MEC escolheu Muriaé, Passos, Poços de Caldas e Sete Lagoas para implantação de cursos de graduação em instituições particulares de educação superior.


Por Luana Cruz, do Estado de Minas.

TEMPORAL CAUSA DESTRUIÇÃO EM CIDADE DO VALE DO JEQUITINHONHA

A equipe da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos de Comercinho, iniciou pela manhã a limpeza das ruas.

Foto: Isaque Batista
Um carro da prefeitura foi arrastado pela correnteza. Na madrugada desta segunda-feira (9) um forte temporal causou transtornos e destruição, na cidade de Comercinho/MG, no Vale do Jequitinhonha. Casas e vias públicas ficaram alagadas. Um veículo da prefeitura foi arrastado pela enxurrada até o canal de escoamento da água.

O palco de eventos da prefeitura foi totalmente tomado pela água e por uma grande camada de lama.

Houve queda de muros e muitas famílias ficaram desabrigadas, e a maioria teve móveis e utensílios destruídos, pois com o alagamento não houve tempo necessário para salvar os pertences.

A equipe da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos iniciou pela manhã a  limpeza das ruas.

Os trabalhos dos agentes da Prefeitura vão perdurar todo o fim de semana, já que há previsão de mais chuva.

Fonte: Via Diário do Jequi

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

ARANÃS E VILA NOVA SÃO OS FINALISTAS DA COPA ARANÃS 2013

A Copa Aranãs FM 2013 já tem seus dois times finalistas: Vila Nova e Aranãs. As duas equipes capelinhenses conseguiram a classificação neste domingo, 8 de dezembro, em rodada dupla, debaixo de chuva e com muita vibração das torcidas no Estádio Newton Ribeiro. No primeiro jogo, o Aranãs conquistou sua classificação ao derrotar Novo Cruzeiro por 3 a 0, revertendo a vantagem do adversário que venceu o jogo de ida pelo mesmo placar. No segundo jogo, o Vila Nova venceu o Capivari por 2 a 0 e chegou à final pela segunda vez seguida.

Equipe de Aranãs (Capelinha-MG) comemora a classificação para a final da Copa Aranãs 2013. Foto: Reginaldo Rodrigues, do Blog Regiscap
A final da Copa será decidida nos dias 15 e 22 de dezembro no Estádio Newton Ribeiro. O Vila Nova jogará com a vantagem de dois resultados iguais para ser bicampeão e levantar o troféu Café Gema de Minas. Já o Aranãs, que nunca perdeu uma final, poderá ser hexacampeão.

Texto: Tico Neves (Capelinha)

sábado, 7 de dezembro de 2013

CAPELINHA-MG PEDE AJUDA PARA RECUPERAR ESTRAGOS PROVOCADOS POR TEMPORAL

Capelinha pede ajuda para recuperar estragos provocados por temporal “A recuperação total de Capelinha só será possível com socorro financeiro dos governos estadual e federal”. 

O pedido de ajuda foi feito pelo prefeito Zezinho da Vitalina nesta sexta-feira, 6 de dezembro, durante entrevista concedida à Rádio Aranãs FM. Ele esteve na emissora para falar sobre os estragos provocados na cidade após a forte chuva que caiu no dia anterior. 


Segundo o prefeito, em janeiro deste ano uma chuva também causou enormes prejuízos e a Prefeitura conseguiu resolver os problemas com recursos próprios. “Mas desta vez a chuva foi ainda mais forte, os estragos maiores e a Prefeitura não tem dinheiro para recuperar a cidade em curto prazo sem ajuda governamental”, declarou o prefeito. 


Em decorrência dos danos e prejuízos provocados pela chuva, atingindo ruas, pontes e residências, o prefeito Zezinho da Vitalina decretou estado de calamidade pública no município. “Vamos levar cópias do documento, relatórios e fotografias à Defesa Civil do Estado e a órgãos governamentais para que tenham noção da dimensão dos estragos e nos ajudem de alguma maneira”, adiantou o prefeito. 

Enquanto aguarda o apoio governamental, a Prefeitura de Capelinha está realizando serviços de limpeza das ruas atingidas e a retirada de placas de asfalto, bloquetes, pedras, lama e entulho espalhados em vários pontos da cidade, principalmente na área central.

Tico Neves, da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Capelinha, via Capelinha.net

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

MENTOR DO SEQUESTRO DE ESTUDANTE DE ENGENHARIA CONHECEU VÍTIMA EM FESTA EM FRANCISCO BADARÓ

Por Guilherme Paranaíba, do Estado de Minas

Universitário é libertado após ser mantido dopado por seis dias no Bairro Caiçara. Mentor tentou explorar boa situação da família. Apontado como homem que tramou o crime, Igor Costa chega algemado.

Foto: Denilton Dias 
Um crime que começou a ser tramado em baladas no interior de Minas e terminou depois de seis dias de cativeiro em Belo Horizonte. O sequestro do estudante de engenharia civil Pedro Lucas Martins Ramalho, de 23 anos, começou a ser planejado depois que o mentor do plano, Igor Miranda da Costa, com passagens na polícia por crimes contra o patrimônio, o conheceu em festas no município de Francisco Badaró, no Norte de Minas, terra natal da família do rapaz. As características de Pedro chamaram a atenção de Igor, que vislumbrou a possibilidade de levantar dinheiro às custas da posição bem-sucedida da família no ramo de material de construção. Pedro foi libertado ontem por policiais da 1ª Delegacia de Repressão a Organizações Criminosas, ligada à Divisão Especializada de Operações Especiais (Deoesp) da Polícia Civil, que prenderam Igor e três outros envolvidos no crime. 

O jovem foi abordado no estacionamento da Faculdade Newton Paiva, no Bairro Buritis, Oeste da capital, onde estuda, na noite de sexta-feira, passou por uma mata no Bairro Havaí, na mesma região, e foi encontrado em um apartamento do Bairro Caiçara, Noroeste de BH, na madrugada de ontem. Ele estava amarrado, vendado e sob efeito de medicamentos.

O caso foi mantido em sigilo, segundo a Polícia Civil, para preservar a vida do estudante. Pedro é o caçula de três filhos e vive com a irmã em um apartamento no Centro de Belo Horizonte. Fontes ligadas à investigação informaram que na mesma noite do crime os bandidos entraram em contato com a mãe do rapaz, que mora em Francisco Badaró, usando um dos telefones do jovem. De acordo com o boletim registrado na polícia, os sequestradores exigiram R$ 300 mil para libertar a vítima. 

Pedro ainda conversou com familiares por telefone, dizendo que seu veículo, um Fiat Bravo, tinha sido abandonado. Acusado de ser o mentor do crime, Igor Costa teria contado com a ajuda de Juliano de Oliveira de Jesus, Leandro dos Santos Carvalho e Lenia Gonçalves Silva para colocar o plano em prática. Para tentar despistar a polícia, inicialmente, o refém ficou escondido em uma mata do Bairro Havaí. Depois foi levado a um apartamento na Rua Boreal, no Caiçara. Durante o período que o jovem esteve em poder dos bandidos, eles fizeram três contatos com a família e um dos parentes foi escolhido como negociador, sob orientação do Deoesp.


O rastreamento de uma das ligações levou a polícia até os criminosos. O telefonema ocorreu na segunda-feira, da BR-040, na região de condomínios fechados em Nova Lima, na Grande BH. Os agentes do Deoesp estiveram no local e contaram com a ajuda de um vigilante, desconfiado dos ocupantes de um Celta vermelho, de BH. O homem anotou a identificação do veículo e passou aos policiais. Em seguida, os investigadores marcaram um falso pagamento de resgate para a cidade de Juatuba, na Grande BH.

Cientes das características do carro, os investigadores fizeram uma barreira na altura do posto da Polícia Rodoviária Federal da BR-381, em Betim, na Grande BH. Quando o veículo passou, Igor e Leandro foram abordados e indicaram o cativeiro, estourado pela polícia, onde Lenia e Leandro tomavam conta de Pedro. Pelas redes sociais, amigos de Pedro comemoraram o desfecho da história. Em uma das postagens anunciando o fim do sequestro foram registradas 279 manifestações de apoio.

ROTINA

Vizinhos do apartamento da Rua Boreal, no Caiçara, disseram não ter percebido nada de anormal nos últimos seis dias, período em que o rapaz foi mantido amarrado, amordaçado e dopado com remédios. A mulher presa, segundo eles, ficava o tempo todo no imóvel que os suspeitos alugaram. Somente descia para tomar cerveja e fumar em um bar ao lado, ocupando uma mesa na calçada. “Ela morava com dois rapazes, ambos de boa aparência. Eles sempre saíam de casa e ela ficava”, contou uma vizinha.

Um homem que mora no imóvel ao lado descreveu como normal a rotina do grupo. “Eles vieram morar aqui há cerca de três meses. No primeiro dia, fizeram um churrasco na rua, em cima do passeio. Eram três rapazes e três moças. No início, eles sempre mantinham dois Celtas vermelhos estacionados na rua. Depois, os carros desapareceram e um deles, o mais velho, apareceu de novo na terça-feira”, disse. 

No início da madrugada de ontem, o vizinho conta que acordou com o portão da casa dos suspeitos batendo. “Olhei pela janela e havia vários carros da polícia com as luzes ligadas. Era uma operação grande, mas a polícia trabalhava em silêncio. Eu vi quando eles levavam a moça algemada”, disse a testemunha, que não entendia o que estava acontecendo, mas preferiu não sair de casa. Ele conta que mesmo depois que foi dormir, por volta de 1h30, a polícia permaneceu no local. 

Uma comerciante observou que era grande a movimentação de pessoas no apartamento dos suspeitos, um “entra e sai danado”, segundo ela. “A gente nem desconfiou de nada, pois há muitas quitinetes alugadas por aqui na região e estudantes costumam montar repúblicas”, disse a comerciante.

Outra vizinha afirmou que a mulher presa comentou no bar que estava desempregada e que fazia faxinas em casas da região. “Eles devem ter alugado o imóvel já pensando no sequestro. E a vítima estava aí o tempo todo, bem ao nosso lado, e não desconfiamos de nada”, comentou. “A moça parecia ser muito humilde, mas os dois rapazes que moravam com ela eram bonitos. Um deles é mais forte e o outro mais magrinho, mas bonito também”, comentou outra vizinha.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

TRIO QUE EXPLODIA CAIXAS ELETRÔNICOS É PRESO EM JOSÉ GONÇALVES DE MINAS

Fonte: O Tempo

Um quarto integrante do grupo que participou de uma ação em uma agência bancária em José Gonçalves de Minas, nesta quarta-feira (4), conseguiu fugir e ainda não foi localizado.

Trio foi preso nesta quarta-feira (4) em José Gonçalves de Minas, no Médio Jequitinhonha.
Trio suspeito de explodir caixa eletrônico nesta quarta-feira (4) na cidade de José Gonçalves de Minas, no Médio Jequitinhonha, é preso em operação conjunta da  Polícia Militar (PM) Turmalina e de investigadores da Polícia Civil de Capelinha. Um quarto suspeito conseguiu fugir e ainda não foi localizado. O valor de R$ 13.270 levado no crime foi recuperado.

De acordo com a PM, o quarteto entrou em uma agência bancária localizada no centro da cidade, e explodiram um caixa. Em seguida os suspeitos fugiram com R$ 13.270.

Durante patrulhamento na região o primeiro suspeito foi localizado. Em seguida, os outros dois envolvidos no crime também foram apreendidos. O quarto integrante do grupo percebeu a presença da PM e conseguiu fugir.
De acordo com o delegado Vítor Amaro Beduschi Beloti que comandou a operação, os suspeitos já haviam sido presos pelo mesmo crime em 2011 pela Delegacia de Minas Novas.

Com os suspeitos, que não foram identificados, foram encontrados dois veículos e o valor de R$ 13.270 levado no crime.

MINAS NOVAS: BANDIDOS FAZEM REFÉM DONO DE LOTÉRICA E LEVAM 8 MIL

Na noite desta quarta-feira (04/12/2013), mais uma lotérica da região foi alvo de meliantes. Dessa vez o fato ocorreu em Minas Novas/MG, na Casa Lotérica Coringão da Sorte.

Foto Ilustrativa
Um anúncio de venda do estabelecimento teria chamado a atenção dos bandidos que são da região metropolitana de Belo Horizonte. De posse da informação, 2 criminosos, sendo um deles menor de idade, teriam se deslocado até Minas Novas e invadido a residência do proprietário Ailton Cordeiro, ex-vice prefeito, e o obrigado a ir até a lotérica, de onde levaram 8 mil reais.

De posse do dinheiro, os dois tentaram fugir da cidade em uma moto utilizando um GPS, pois não conheciam a região. O aparelho teria indicado a eles a rota por Capelinha, onde foram presos e o dinheiro recuperado.

Segundo informações, o plano teria sido arquitetado pelo menor de idade, que já tem outras passagens pela polícia.

Por Vicente Alves, Portal Aconteceu no Vale (com alterações do Blog do Jequi)

Blogger Themes

2leep.com

 
Powered by Blogger