quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

ASSALTANTES ARROMBAM LOJA DE INFORMÁTICA DURANTE A MADRUGADA EM ITAMARANDIBA

LADRÕES LEVARAM NOTEBOOKS, CÂMERAS DIGITAIS, TV, DANDO UM PREJUÍZO DE CERCA DE R$ 20 MIL

Aconteceu na madrugada desta terça-feira, 29.01,por volta das três da manha, um assalto em Itamarandiba, no Alto Jequitinhonha, nordeste de Minas Gerais, à uma loja de informática, chamada informática Ponto X, localizada na rua Diamantina.

A ação dos criminosos durou aproximadamente 15 segundos e foi registrada pelas câmeras de segurança que haviam na loja. As imagens mostram um carro parado em frente ao estabelecimento e o momento em que quatro ladrões arrombaram a porta, quebrando-a com chutes e pontapés.

Apesar do pouco tempo que os criminosos permaneceram na loja, foram levadas várias mercadorias, 7 notebooks, 1 Tv de 32 polegadas, 5 celulares e 5 câmeras digitais. Segundo a gerente da loja, o prejuízo é de aproximadamente R$ 20 vinte mil.

Ainda pela madrugada, a polícia foi acionada e foi feito o Boletim de Ocorrência, no período da manhã. Detetives da Polícia Civil estiveram no local, para investigação.

As imagens do circuito interno de segurança serão de extrema importância para o trabalho da polícia, facilitando o reconhecimento dos assaltantes, agilizando o processo de prisão dos mesmos e devolução dos objetos roubados.

A gerente da loja aconselha aos moradores de Itamarandiba a não comprarem mercadorias citadas acima, sem nota fiscal, para que não sofram com futuros transtornos.

Fonte: Itamarandiba Hoje

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

BOMBEIROS EM ALERTA NOS CARNAVAIS DO VALE


BOMBEIROS PARTICIPAM DE TREINAMENTO PARA EVITAR AFOGAMENTOS NO CARNAVAL


O Corpo de Bombeiros alerta para os perigos de afogamento durante os dias de Carnaval. 

Em 2012, o Corpo de Bombeiros registrou 498 afogamentos. Em 2011, foram 414 em todo o Estado.

No Vale do Jequitinhonha, as divisões do Corpo de Bombeiros de Diamantina, Montes Claros e Teófilo Otoni atuam com grupos de operação nas cidades mais movimentadas como Diamantina, Grão Mogol, Minas Novas, Berilo, Itinga, Jequitinhonha e Almenara.

Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais realizou, nesta segunda-feira (28.01), treinamento de reciclagem para atuação durante o Carnaval. O objetivo é diminuir o risco de afogamentos, comuns no feriado prolongado.
Foram ministradas aulas práticas, na piscina, com técnicas de salvamento, aproximação e abordagem da vítima e os primeiros socorros a serem prestados.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, em casos de  salvamento de afogados, é preciso ser habilitado, com o conhecimento de técnicas específicas. Eles alertam que não é recomendável que pessoas sem essa habilitação tentem retirar a pessoa da água, pois ela pode se tornar uma nova vítima.

Fonte: Agência Minas

TRÊS HOMENS TENTAM EXPLODIR CAIXA ELETRÔNICO EM CARAÍ E ACABAM PRESOS


Suspeitos têm passagens pela polícia por roubo a mão armada.

Imagem Ilustrativa
Eles foram presos em Itaipé, no Vale do Mucuri, a 57 quilômetros de Caraí. Três homens foram presos no município de Itaipé, no Vale do Mucuri, Minas Gerais, na tarde desta terça-feira (29).  O trio é suspeito de tentar explodir um caixa eletrônico de uma agência bancária na cidade Caraí, também no Leste do Estado.

De acordo com a Polícia Militar de Teófilo Otoni, os três homens tentavam instalar artefatos explosivos em um caixa eletrônico, na madrugada desta terça-feira, mas não deram sequência ao plano e fugiram. Câmeras de segurança da agência filmaram a ação dos suspeitos e as imagens estão sendo analisadas pela polícia.

Ainda segundo a PM, o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) esteve no local para remover os explosivos do local. A prisão dos suspeitos foi realizada graças a uma denúncia anônima.“Foi feita uma denúncia anônima de que três homens desconhecidos estavam hospedados em um hotel em Itaipé. Eles teriam se hospedado lá um dia antes do tentativa de explosão e pagado apenas uma diária. Eles têm 34, 32 e 22 anos. Os dois mais velhos são de São Paulo e o mais jovem é de Caraí, mas morava em São Paulo”, diz cabo Micael Silva Fernandes.

Os três suspeitos têm passagens pela polícia por roubo a mão armada.

Por Diego Souza, do G1 Vales de Minas Gerais

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

PREFEITURA DE CAPELINHA DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA APÓS FORTE CHUVA


No domingo, chuva de uma hora e apresentou volume de 105 milímetrosNesta segunda, voltou a chover forte na cidade do Nordeste de Minas Gerais.

As chuvas provocaram estragos em várias ruas com a destruição de parte do asfalto. (Foto: Prefeitura de Capelinha)
Voltou a chover forte em Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, Leste de Minas Gerais, na tarde desta segunda-feira (28). A chuva forte que caiu na cidade na tarde de domingo (27) destruiu ruas, muros residenciais, danificou uma ponte e o Centro da cidade ficou alagado. No início da tarde, a prefeitura decretou estado de emergência.

Apesar das chuvas, ainda não há informações de vítimas ou desabrigados, mas, de acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a cidade está em alerta. No fim da tarde desta segunda-feira a prefeitura emitiu uma nota falando sobre os estragos causados pela chuva no domingo.

Houve desmoronamento de muros na cidade. (Foto: Prefeitura de Capelinha)
“A chuva durou cerca de uma hora e apresentou volume de 105 milímetros. Os estragos e prejuízos foram registrados em praticamente todos os bairros e, principalmente, na área central da cidade”, diz a nota.

A prefeitura deu início aos trabalhos para reparar os estragos, mas teve que parar devido a chuva desta tarde. Ainda segundo a assessoria, três pontes sobre o Córrego Areião, no Centro da cidade, tiveram as estruturas comprometidas e terão que ser analisadas.  Nenhuma das pontes havia sido interditadas.
  
Os estragos foram registrados em praticamente todos os bairros e na área central da cidade. (Foto: Prefeitura de Capelinha)
Estado de emergência

A orientação é que a população de Capelinha fique em alerta máximo para se proteger de possíveis temporais nos próximos dias.


Bloquetes, entulhos e lama foram levados para a porta de estabelecimentos comerciais. (Foto: Prefeitura de Capelinha)
“A Prefeitura já decretou estado de emergência e registrará ocorrência para compor o relatório que será enviado ao Governo de Minas e à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil-CEDEC, solicitando algum tipo de ajuda para a recuperação dos estragos e prejuízos, o que não é possível apenas com recursos do Tesouro Municipal”, diz na nota.

Segundo o Secretário de Obras, Agnaldo Oliveira, a limpeza da cidade deve demorar cerca de duas semanas e não há previsão para a conclusão dos serviços e recuperação total dos estragos, já que a meteorologia indica a possibilidade de novas chuvas sobre a cidade.

Por Diego Souza, do G1 Vales de Minas Gerais

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

CARNAVAL 2013 EM MINAS NOVAS. CONFIRA AS BANDAS PRÉ-CONFIRMADAS

Falta assinar contrato, mas todas as bandas estão “apalavradas”.

Foi divulgada na tarde desta segunda as prováveis bandas do Carnaval Bom Demais 2013, em Minas Novas-MG, Vale do Jequitinhonha. Considerado um dos melhores carnavais de Minas Gerais, os foliões vivem a expectativa pela realização do carnaval.


Além do tradicional trio elétrico, o carnaval em Minas Novas terá as seguintes bandas: Foguetão Baiano, Fernanda Garcia, Kelly Moore e Mimar Você, além de bandas regionais, DJ’s. Haverá, ainda, o Mercado do Samba, Carnaval da 3º Idade, Carnaval Infantil, Blocos na Rua, Carnaval da Barragem e som automotivo.

Maiores informações, no Blog do Jequi durante toda semana.

FREIRA DO VALE DO JEQUITINHONHA ESTÁ PERTO DE SER BEATIFICADA PELO VATICANO


IRMÃ BENIGNA DE JESUS NASCEU EM DIAMANTINA (MG) NO VALE DO JEQUITINHONHA, EM 1907.

Irmã Benigna fez trabalhos em hospitais e asilos de Minas Gerais.
Arquidiocese de Belo Horizonte celebrou neste sábado (26.01) mais uma importante fase do processo de beatificação da Serva de Deus Irmã Benigna Victima de Jesus (1907–1981), da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade: o encerramento da fase diocesana da coleta de dados do processo, que teve início no dia 15 de janeiro de 2011.
  
O Arcebispo metropolitano, dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidiu a celebração eucarística na paróquia Santa Teresa e Santa Teresinha, bairro Santa Teresa, na região Leste de Belo Horizonte.

Também estiveram presentes o postulador das Causas dos Santos enviado pelo Vaticano, Paolo Vilotta, a madre Geral da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, Irmã Neuza Cota da Silva, e a presidente da Associação dos Amigos de Irmã Benigna (AMAIBEN), Maria do Carmo Mariano.
  
Irmã Benigna, que nasceu em Diamantina (MG), no Vale do Jequitinhonha, fez trabalhos em hospitais e asilos de Minas Gerais.

A cerimônia de encerramento da fase diocesana conclui a fase local e inicia a fase romana do processo de beatificação. Durante a solenidade, três urnas contendo os autos do Inquérito Eclesiástico - uma com o original (arquétipo) e as outras duas com cópias (transunto e cópia pública), foram fechadas com o lacre do arcebispo metropolitano, diante do juramento e assinatura das atas.
  
O processo será analisado por teólogos do Vaticano.

Fonte: O Tempo, via Blog do Banu

domingo, 27 de janeiro de 2013

PAULINHO PEDRA AZUL EMPOLGA PÚBLICO DURANTE APRESENTAÇÃO NO FESTIVALE


Chuva não atrapalhou apresentação do cantor em Medina. Paulinho foi uma das atrações do Festivale.

Paulinho Pedra Azul foi uma das atrações do 

Festivale (Foto: Divulgação)
O cantor e compositor Paulinho Pedra Azul empolgou o público com sua música, na noite desta quinta-feira (24) na Praça Max Machado, em Medina, no Vale do Jequitinhonha. O show de Paulinho Pedra Azul foi uma das atrações da 30ª edição do Festival de Cultura Popular do Jequitinhonha (Festivale) que teve início no domingo (20) e termina neste sábado (26).

A chuva também esteve presente durante o show de Paulinho Pedra Azul, mas nada que atrapalhasse a apresentação do artista. Com bom humor, Paulinho brincou com o fato e elogiou a participação da platéia.

“Muita chuva, que não atrapalhou em nada. Afinal de contas, água pra nossa região é a música preferida. Foi um show com voz e violão, onde não cantei sozinho. O povo conduziu a festa e não me deixou cantar só. Matei a saudade com minhas músicas antigas e atendi todos os pedidos da platéia. Foi sensacional”, afirma o cantor.

Além de valorizar, preservar e divulgar a cultura popular do Vale do Jequitinhonha, o Festivale revela e premia artistas que se destacam no evento. Em 1982, Paulinho Pedra Azul foi premiado pela composição da música “Ave Cantadeira”. Neste ano ele volta ao Festivale como uma das maiores atrações do Festival.

“Os vários anos de realização desse evento prova mais uma vez a resistência de um povo que só quer crescer e superar seus problemas. Fico orgulhoso e vejo que o povo do Vale ama o que faz. Todos aqui são musica, teatro, artesanato, dança, folclore e poesia. Apesar das dificuldades, as festas se somam e vão mostrando o que já estava pronto e aprimorando o que está sendo revelado”, diz Paulinho.

De volta às origens

Nascido no Vale do Jequitinhonha, na cidade de Pedra Azul a aproximadamente 50 km de Medina, Paulinho afirma que o show desta quinta-feira foi “em casa”.

“Cantar em casa é compor mais uma canção de agradecimento ao carinho dos amigos, que sempre lotaram os lugares por onde passo. É uma felicidade, são emoções, que jamais serão esquecidas. Acho importante retomar as forças e beber da fonte inspiradora que é o nosso querido Vale”, declara o cantor que ressalta:

“É como se eu estivesse devolvendo ao povo, em forma de música, o que aprendi com ele. Cantar no Vale do Jequitinhonha é voltar às raízes e se fortalecer mais ainda. Todo janeiro e julho, estou em Pedra Azul, na rocinha da família e canto pelo menos em seis cidades, nessas ocasiões”, encerra.

Por Diego Souza, Do G1 Vales de Minas

NOVO CRUZEIRO: PREFEITO ACUSA O ANTECESSOR DE TER ATÉ APAGADO A MEMÓRIA DOS COMPUTADORES


Prefeito de Novo Cruzeiro denuncia R$ 5 milhões de dividas, salários atrasados e dividas com fornecedores

Novo Cruzeiro, no Vale do Jequitinhonha, é o sexto município mineiro a decretar estado de emergência administrativa e financeira neste mês, quando novos prefeitos assumiram os cargos. O município, de aproximadamente 30 mil habitantes e que tem Índice de Desenvolvimento Humano de 0,629 (um dos mais baixos de Minas), vive uma espécie de caos generalizado.
Esse foi o diagnóstico que o prefeito Gilson Ferreira (PPS) levou a deputados estaduais anteontem. Segundo ele, toda a precariedade da administração é herança da gestão anterior, que comandou a cidade nos últimos oito anos.
De acordo com o gestor, a dívida que herdou é de R$ 5 milhões. A prefeitura teve o fornecimento de luz cortado por falta de pagamento, e a conta de água estava atrasada.

Além disso, Ferreira relatou que, ao tomar posse, deparou-se com o caixa vazio, salários de servidores atrasados, 13º do funcionalismo em aberto e reclamações de fornecedores. 

"O ex-prefeito deixou o caixa com R$ 2 milhões, só que esse recurso é do Estado e do governo federal, enviado por meio de convênios. Da prefeitura mesmo, só tem R$ 7.000 em caixa", ressaltou.

O prefeito também acusa o antecessor, Sebastião Oliveira (PR), de boicote. Segundo o novo chefe do Executivo, não houve transição, as informações do município não foram repassadas e os computadores da prefeitura tiveram a memória apagada.
Ele não tem previsão sobre quando poderá sanar a dívida e ainda pretende fazer uma auditoria nas contas. Esse foi o motivo que o fez vir a Belo Horizonte, além de pedir socorro a deputados. "Tem muitas informações que a gente não conseguiu", relata.

Resultado. A dificuldade financeira do município atinge serviços básicos, como saúde, educação e limpeza. Em um imóvel alugado pela prefeitura, a nova equipe de governo encontrou uma grande quantidade de medicamentos que venceram sem terem sido distribuídos. No mesmo setor, os agentes do Programa Saúde da Família, que prestam serviços na zona rural, encerraram o vínculo com o município, mas não receberam os salários de novembro e dezembro.

A cidade também ficou aproximadamente um mês sem recolher o lixo e vive em situação de emergência devido aos focos de dengue por falta de prevenção.

Ferreira teme que o estado de falência de Novo Cruzeiro prejudique seu mandato. "A cidade é pobre, e a prefeitura é pobre. Não sei dizer quando vou poder quitar todos os compromissos. Vou ser cobrado pelo povo como se a culpa fosse minha, e o ex-prefeito saiu como herói", reclamou.
Antecessor se diz vítima de calúnia e promete processar
Sebastião Oliveira (PR), ex-prefeito de Novo Cruzeiro por dois mandatos, rebateu as acusações do substituto, referindo-se a Gilson Ferreira (PPS) como "um vagabundo". Oliveira afirma ter como provar que todas as mazelas apontadas no município são falsas.
Sobre os salários atrasados do funcionalismo, o ex-gestor argumenta que "o dinheiro para a quitação dos vencimentos foi empenhado, mas Gilson não repassou para os funcionários".
Indagado sobre o volume de medicamentos desperdiçados, Oliveira justifica que o Estado, "às vezes, envia remédios com vencimento muito próximos, e, por isso, não é possível fazer a distribuição".
Sobre o lixo nas ruas, o republicano explica que abriu uma licitação em dezembro, e que a empresa vencedora do certame iria assumir o serviço, mas não o fez. "O Gilson suspendeu a convocação dos contratados, e a cidade ficou sem o recolhimento dos resíduos", defende-se.
Além de contestar todas as acusações feitas por Ferreira, o ex-prefeito diz que pretende acionar seu substituto na Justiça. "Ele está mentindo, eu não vou admitir que ele suje meu nome com afirmações inverídicas. Vou levá-lo à Justiça",prometeu. (GR)

Fonte: O TEMPO, via Blog do Banu

ASSALTANTE DE POSTO DE COMBUSTÍVEL DE ARAÇUAI É PRESO EM FRANCISCO BADARÓ


Um dos assaltante conseguiu fugir. Eles roubaram um posto de combustíveis em Araçuai, na noite de quinta-feira (24). A policia acredita que eles possam estar envolvidos no assalto a um supermercado, também em Araçuai, na terça-feira (22).

Foto: PM- Wallace de Sousa, 23 anos, é natural de Francisco Badaró e estava morando em São Paulo

Em uma ação rápida, a Policia Militar prendeu  na noite de quinta-feira,(24) Walace de Sousa Freire, 23 anos, natural de Francisco Badaró(MG) no Vale do Jequitinhonha. Ele confessou ter assaltado naquela noite, um posto de combustíveis em Araçuaí, com ajuda de um comparsa.

A operação envolveu policiais militares de Francisco Badaró, Araçuaí e Jenipapo de Minas, no Vale do Jequitinhonha.

De acordo com o Tenente Gilamárcio Silva Rocha, Comandante do Quartel da PM em Araçuaí,  Walace chegou ao posto de combustíveis, na saída da cidade, por volta das 22 horas de quinta-feira (24) montado em uma moto Falcon Vermelha, juntamente com um comparsa.

Armado, ele agrediu o frentista, levando R$ 101 reais do caixa. Os bandidos roubaram também uma moto CG-Titan 150 do frentista e fugiram em direção à cidade de Francisco Badaró. 

Após o assalto, a Polícia Militar foi acionada. “ Na perseguição,usamos duas viaturas e duas motos . Comunicamos os destacamentos de Jenipapo de Minas e Francisco Badaró e conseguimos prender um dos assaltantes”, contou o Tenente.
Walace de Sousa foi preso pelo guarnição de Francisco Badaró. Com ele foi encontrado um revólver calibre 32 com quatro cartuchos intactos, a moto do frentista usada na fuga  e o dinheiro do posto. O outro assaltante, segundo a polícia, conseguiu fugir.

“Acreditamos que ele fugiu por uma estrada vicinal que dá acesso à zona rural", acredita o Tenente Gilamárcio.

Walace disse que sabe apenas o apelido do seu comparsa, conhecido por Buiuzinho que ele diz ter conhecido em uma comunidade de Francisco Badaró. O rapaz , segundo a PM, é alto, forte, tem pele clara e aparenta ter entre 20 a 25 anos e usa cabelos arrepiados. 

A Policia Militar continua fazendo rastreamentos na tentativa de capturar "Buiuzinho".

Após ser preso, Walace foi levado para a Delegacia de Polícia de Araçuaí onde foi autuado em flagrante. Se condenado, poderá pegar de 4 a 8 anos de prisão.

Em seu prontuário consta apenas uma passagem pela polícia por depredação de um vagão de trem em São Paulo.

Roubo no Supermercado 

A Polícia acredita também que a dupla possa estar envolvida no assalto ao supermercado Fecriar, ocorrida na tarde de  terça-feira(22) em Araçuaí.

Dois indivíduos foram até o supermercado por volta das 15 horas para fazer o reconhecimento do local. Por volta das 18 horas eles retornaram. Um deles ficou na porta do supermercado com uma moto vermelha ligada.

O outro, armado de um revólver assaltou o caixa do supermercado e o caixa rápida da Caixa Federal existente no local.A operação não durou mais que 1 minuto.
Eles levaram cerca de R$ 4 mil, sendo R$ 400 do supermercado.

A policia foi chamada mas não conseguiram prender os bandidos. Foram encontradas as roupas usadas no assalto às margens do rio Araçuai. " Eles podem ter jogado a moto dentro do rio", acredita um policial.

Por Sérgio Vasconcelos, do Gazeta de Araçuaí

sábado, 26 de janeiro de 2013

POLÍCIA DE ALMENARA APREENDE 40 PEDRAS DE CRACK E PRENDE 3 PESSOAS


Após denúncia de tráfico de drogas, a PM prendeu 3 homens em flagrante.Eles estavam no bairro Vila Serrana e todos eram maiores de idade.

Imagem ilustrativa
Na noite desta quarta-feira (23), por volta de 23h, foram apreendidas 40 pedras de crack e R$190,00 em dinheiro, em Almenara no Vale do Jequitinhonha.

A Polícia Militar da cidade recebeu uma denúncia de que 3 pessoas estavam vendendo drogas na Avenida Minas Gerais, no bairro Vila Serrana. A PM deslocou até o local e prendeu 3 homens em flagrante, e segundo informações da polícia, todos são usuário de drogas.

Do G1 dos Vales de Minas

UFMG DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE ENCONTRO DE COMUNICADORES DO VALE


Encontro de Capelinha terá oficinas, sarau e grupos de discussão sobre Comunicação.


Participantes terão inscrição, transporte, alojamento e alimentação gratuitos.


De 1º a 3 de março de 2013 o Programa Polo de Integração da UFMG no Vale do Jequitinhonha, da Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, realizará no município de Capelinha, o II Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha

Promovido em parceria com a Associação Imagem Comunitária e a Oficina de Imagens, com apoio da Prefeitura Municipal de Capelinha, Câmara de Vereadores de Capelinha, Galpão Cultural, Criasom Instituto Cultural e Escola Estadual Geralda Otoni, além de lideranças locais e regionais, o evento terá como temática central “Acesso à Comunicação e Transformação Social e Cultural do Vale”.

Além de painéis, haverá atividades culturais e oficinas nas áreas de web, rádio, mídias sociais e projetos culturais, entre outras. As atividades do Encontro de Comunicadores serão realizadas no Galpão Cultural e na Escola Estadual Geralda Otoni, ambos localizados no bairro das Acácias, além do Criasom, região central do município. 

O evento conta, ainda, com o apoio do comércio local, de blogs e sites, rádios e jornais da região.

Programação:

1º de março - sexta-feira
Painel de abertura: Acesso à comunicação e transformação social e cultural do Vale

2 de março - sábado
Oficinas
1. Fotografia
2. Mídias Sociais
3. Projetos Culturais
4. Stop Motion
5. Vídeo
6. Web Jornalismo
7. Web Rádio

3 de março
Grupos De Discussão
1. Acesso aos meios, direito à comunicação
2. Dilemas Éticos
3. Espaço Público
4. Privacidade na web
5. Rádio: novos caminhos, públicos e formatos

Inscrições:
As inscrições devem ser feitas clicando aqui.

Transporte:
Será disponibilizado um ônibus da UFMG para levar parte dos participantes ao II Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha. O ônibus fará a rota Jequitinhonha, Itaobim, Itinga, Araçuaí, Virgem da Lapa, Ijicatu, Turmalina, Capelinha; saindo de Jequitinhonha para Capelinha no dia 1º, às 8h, e fazendo o percurso inverso no dia 3 de marçoàs 13h, após o encerramento do evento.
Inscrições e informações sobre o transporte, clique aqui.

Alojamento:
Informações e inscrições para o alojamento pelo e-mail:2comunicadoresdovale@gmail.com

Alimentação:
A alimentação será oferecida gratuitamente aos participantes nos locais do evento (café da manhã, almoço e jantar).

Informações:

UFMG:
Em Capelinha:
Leonar Barbosa, do Criasom, (33) 9191-6162
Hélio Souza, de A Cidade Web, (33) 9106-4397
Albano Machado, do Blog do Banu, (33) 8877-5943 ou (33) 9126-3177 

Fonte: UFMG/polojequitinhonha, via Blog do Banu

MULHER DE 50 ANOS COM DEPRESSÃO COMETE SUICÍDIO NA ZONA RURAL DE ITAMARANDIBA


O fato aconteceu na tarde desta sexta-feira(25/01) por volta das 18:30 horas. A Polícia Militar foi acionada com a informação de que havia ocorrido um suicídio na localidade de Burlandins, cerca de 13 km do povoado de Padre João Afonso na zona rural de Itamarandiba.

Ao chegar no local, a Polícia se deparou com a vítima Maria Tereza de Oliveira de 50 anos, deitada sobre uma cama, sem sinais vitais, sem ferimentos ou sinais de violência, mas com uma forte marca característica de enforcamento em volta do pescoço, segundo consta no boletim de ocorrência.

Segundo a testemunha José Mendes, marido da vítima, informou aos policiais que passeava pela propriedade da família quando avistou a vítima pendurada por uma corda sobre uma árvore. No momento do desespero, começou a gritar por socorro e retirou a vítima do local, esperando que a mesma ainda estivesse viva, todavia, percebeu de imediato que a mesma se encontrava com o corpo bastante frio, entendendo que o óbito já havia ocorrido.

A testemunha Gilmara Soalheiros que trabalha como Agente Comunitária de Saúde que atua no local, disse que todos habitantes da região são parentes e pessoas idôneas, e que a vítima fazia tratamento psicológico contra depressão, fato que comprova a família da vítima.

Segundo consta no B.O, a perícia foi acionada, mas não compareceu ao local, devido o local do fato ter sido alterado.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

ARTESANATO: FÉ E TRADIÇÃO MARCAM EXPOSIÇÃO NO FESTIVALE


A feira de artesanato do 30º Festivale, montada no centro de Medina, na praça Max Machado, homenageia o artesão Alex Mascarenhas. Lucas Leal, 29 anos, um dos seguidores do estilo do artesão Alex Mascarenhas, foi aluno do mesmo e ressalta que o artista homenageado era uma espécie de caça-talentos e que muito valorizava a juventude. Leal conta ainda que, em seus trabalhos, Mascarenhas utilizava objetos reais em suas telas – como asas de animais, peculiaridade que marcou o trabalho do artista que, por sua vez, trouxe para Medina uma nova forma de se enxergar a arte .


Márcio Barbosa Silva, 48 anos, da cidade de Araçuaí, trabalha com artesanato desde os 12 anos de idade. Ele relata que decidiu trabalhar com arte barroca, inspirado no mestre Aleijadinho. Silva conta que a inspiração para as suas obras vem dos seus sonhos. Ele conclui a conversa dizendo que “viver da arte é difícil, pois não há, na maioria das vezes, apoio da administração pública”.

José Maria Lima Matias – o “Zé do Balaio”, da cidade de Almenara, trabalha com artesanato há 20 anos. Zé do Balaio conta que o seu artesanato é voltado para cestaria, peças ornamentais e brinquedos com madeira. Segundo ele o artesanato do Vale do Jequitinhonha é muito apreciado no próprio Vale, no Estado, no Brasil e até mesmo no exterior.

PRÊMIO MANDACARU: PRÁTICA INOVADORAS EM ACESSO À ÁGUA

Práticas inovadoras em acesso à água e convivência com o Semiárido serão reconhecidas por meio do Prêmio Mandacaru. A iniciativa prevê apoio financeiro a associações de agricultores familiares, instituições de pesquisa e organizações da sociedade civil para consolidar tecnologias sociais que viabilizem o manejo sustentável da água e da caatinga.

O prazo para inscrições foi prorrogado para 22 de fevereiro e os prêmios variam de R$ 5 mil a R$ 150 mil. A iniciativa é organizada pelo Instituto Ambiental Brasil Sustentável (Iabs) e pela Agência Espanhola de Cooperação (Aecid), com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O regulamento está disponível no site oficial e o resultado será divulgado em 15 de março.

De acordo com a consultora sócio-ambiental do Iabs, Maiti Mattoso Santana, as experiências vencedoras serão catalogadas e integrarão uma publicação que abordará os desafios, os passos para implementação, as potencialidades e os resultados dos projetos. A publicação deverá ser concluída no ano que vem.

“Essa base de dados vai servir para incentivar a multiplicação das iniciativas, que poderão ser apropriadas por outros agricultores e gestores municipais. Para isto, ao longo de um ano, vamos acompanhar as experiências à distância, avaliando os dados, e in loco, visitando e vistoriando cada localidade onde as ações estiverem acontecendo”, explicou.

A consultora do Iabs ressaltou que serão premiados projetos já executados que tenham continuidade ou que estejam em desenvolvimento. Eles serão escolhidos em quatro categorias: experimentação no campo, que inclui práticas experimentais em comunidades rurais ligadas a associações de agricultores e agricultoras; práticas inovadoras, voltadas a iniciativas de desenvolvimento local e sustentável ou inclusão social de organizações não governamentais; pesquisa aplicada, específica para instituições de produção científica sobre a região; e gestão inovadora, direcionada a inovações implementadas por órgãos e entidades governamentais municipais do Semiárido.

Nessa última categoria, a premiação não prevê apoio financeiro, apenas concessão de diploma aos cinco primeiros colocados.

Para Jean Carlos de Andrade, coordenador de projeto da Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA), rede de organizações da sociedade civil que atuam na gestão de políticas de convivência com o Semiárido, a iniciativa “vem em um bom momento”, após a região ter sido atingida por uma das estiagens mais severas das últimas décadas.

Segundo Andrade, que integra a comissão de avaliação do prêmio, junto com representantes de outras instituições ligadas ao tema, os critérios analisados serão a aplicabilidade e o êxito das propostas.

“A premiação é importante porque apoia e dá visibilidade a experiências bem-sucedidas, na maioria das vezes capitaneadas por organizações da sociedade civil, de manejo e conservação da biodiversidade do Semiárido”, disse.

Ele lembrou que, na região, são desenvolvidos diversos projetos do tipo, que incluem captação de água por meio de cisternas para beber, cozinhar e produzir alimentos.

A coordenadora executiva do Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra), organização da sociedade civil voltada ao fortalecimento da agricultura familiar, Cristina Nascimento, citou tecnologias sociais utilizadas por famílias de Quixeramobim (CE) como exemplo de práticas bem-sucedidas de utilização dos recursos hídricos na região.

“Muitos agricultores, por saberem que o acesso à água não é abundante, instalam uma mangueira que passa por toda a plantação e fazem ao longo dela diversos pequenos furos. A técnica é utilizada para evitar o desperdício de água e permitir a intensidade adequada à irrigação”, explicou.

DER GARANTE PROJETO DE OBRA NO TRECHO PEDRA AZUL–ALMENARA NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2013


Já consta no site do DER edital 103/2012 que trata da contratação de empresas para a elaboração de projeto de engenharia rodoviária para melhorias e pavimentação dos trechos MGC-251, Pedra Azul – Entr. MG-406 (Pedra Grande), MG-406, Entr. MGC-251 (Pedra Grande) – Almenara, MGC-367 / MG 114 / LMG-677, Virgem da Lapa – Ijicatu e Contorno de Minas Novas. Veja o edital na íntegra: 103/2012

Em contato com o DER, este informou através da área técnica da Diretoria de Infraestrutura Rodoviária que o aviso de licitação para a contratação do projeto de engenharia e estudos ambientais do trecho Pedra Azul – Almenara deverá ser publicado ainda no primeiro semestre deste ano.

Informou ainda que após o término do projeto de engenharia, uma nova licitação pública terá que ser realizada para a contratação dos serviços de execução das obras.

O trecho está inserido no programa do governo Caminhos de Minas e faz parte da reivindicação do Movimento social por asfalto nas estradas do Vale do Jequitinhonha chamado Caminhos do Vale.

Blogger Themes

2leep.com

 
Powered by Blogger