sábado, 1 de setembro de 2012

PRESO ASSALTANTE DE ÔNIBUS DO RIO DOCE QUE VITIMOU CAMELÔ EM MEDINA

Ele foi preso na zona rural de Medina após assaltar um ônibus.Na confusão, um investigador matou por engano um camelô do interior baiano. Marcos "Pit Bull" usou no assalto um carro roubado em Teófilo Otoni.

Foto ilustrativa
O assaltante que provocou uma tragédia dentro de um ônibus, que fazia o trajeto Vitória da Conquista (BA) a Itaobim (MG) tem  uma extensa ficha criminal.

Marcos Antonio Alves Queiroz, 30 anos, conhecido por Marquinhos Pit Bull é natural de Medina (MG) no Vale do Jequitinhonha. Ele possui passagens pela polícia por furtos, formação de quadrilha e  tráfico de drogas e estava foragido da cadeia de Medina.

No inicio da tarde de terça-feira (28/08) ele parou um ônibus da Viação Rio Doce, a 11 km da cidade de Itaobim, na altura do km 101 da Rio Bahia (BR-116) e anunciou um assalto.

Ele chegou a alvejar o veículo com dois tiros. Dentro do ônibus, viajava o investigador da Polícia Civil, Julimar Pereira da Silva, 29 anos, lotado na Delegacia de Pedra Azul, cidade próxima a Itaobim.

Na confusão, o passageiro Alessandro Gomes Damasceno, 26 anos, natural de Caetanos, interior da Bahia, que viajava nas primeiras poltronas, se apavorou e começou a gritar que era assalto.

Sem entender direito o que se passava o investigador Julimar, que estava sentando nas últimas poltronas,  acabou atirando em Alessandro. O rapaz, que era camelô nas cidades de Pedra Azul e Jequitinhonha, morreu na hora. Ele foi alvejado com três tiros na cabeça.

Ao perceber o engano, o investigador ligou para a Polícia Rodoviária Federal e  se entregou. Ele foi levado para a cidade de Itaobim onde foi ouvido pelo delegado Jayme Gomes da Costa.

Julimar Pereira está há pouco mais de dois anos na Polícia Civil e responderá por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e ainda a processo administrativo na Corregedoria de Polícia. Ele está à disposição da Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedra Azul.

Nenhum delegado foi encontrado para comentar o assunto.

Sepultamento

O camelô  Alessandro Gomes foi sepultado no final da tarde de quarta-feira (29/08) em sua terra natal, após ser velado na casa dos seus pais, no bairro  Terra Branca.

De acordo com um amigo, a família está muito abalada. Alessandro era casado e tinha uma filha de 2 anos.

Assaltante usou carro roubado

Horas depois do assalto, a polícia prendeu Marcos Antonio Queiroz numa comunidade rural, a 40 km de Medina.

Com ele foram apreendidos R$ 250 roubados do trocador do ônibus, um revólver calibre 38, com seis cartuchos intactos e o veículo usado no assalto, um Gol prata 2008, placa  de Teófilo Otoni.

O carro, em nome  Elídio Gomes Rocha estava com ocorrência de furto. Marcos Queiroz já foi ouvido pela Polícia Civil e encaminhado à cadeia de Medina que segundo autoridades não oferece nenhuma segurança.

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    0 comentários:

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger