quarta-feira, 21 de setembro de 2011

COMUNIDADES RURAIS DO VALE DO JEQUITINHONHA RECEBEM ALÍVIO PARA A SECA

Até agora, o Governo do Estado concluiu a entrega de 685 cisternas a 54 municípios.

Os investimentos em projetos que viabilizem a melhoria da infraestrutura hídrica na região do Grande Norte - Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas -, foi defendida ontem, em Araçuaí, por lideranças de municípios que receberam do Governo do Estado nova remessa de cisternas que serão instaladas nas comunidades rurais mais afetadas pela seca. 


O encontro, realizado na Câmara Municipal, contou com a participação do secretário do Desenvolvimento dos Vales Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas (Sedvan), Gil Pereira; do chefe do Gabinete Militar e coordenador estadual da Defesa Civil (Cedec), coronel Luiz Carlos Dias Martins; do vice-diretor geral do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Roberto Grapiuna; e do secretário-executivo da Cedec, tenente-coronel Eduardo César Reis.



O prefeito de Araçuaí, Aécio Silva Jardim, destacou a importância das ações emergenciais que o Governo do Estado tem implementado no sentido de atender as demandas das prefeituras dos municípios mais afetados pela seca. Na opinião dele, a união de esforços entre o Governo, municípios e a sociedade civil é fundamental para socorrer as famílias mais carentes.



Atualmente, cinco caminhões-pipa cedidos pelo Governo do Estado e outros três mantidos pela Prefeitura estão auxiliando na distribuição de água nas comunidades rurais de Araçuaí. Além disso, mensalmente a Cedec disponibiliza cestas básicas para famílias carentes.

Aécio Jardim destacou que, aliado às ações emergenciais, é necessário que o Governo do Estado consiga captar recursos junto ao Governo federal para avançar na implementação do Programa de Convivência com a Seca e Inclusão Produtiva, implementado pela Sedvan e Ruralminas. "Em Araçuaí já construímos cerca de 50 pequenas barragens e o trabalho precisa ser ampliado, pois através dessa iniciativa haveremos de reverter os graves problemas causados pela seca", concluiu o prefeito.

O prefeito de Coronel Murta, Heleno Jardim Moutinho, também ressaltou o apoio que o Governo do Estado tem disponibilizado para as prefeituras na busca de soluções para os problemas causados pela seca. Segundo ele, o município que possui cerca de nove mil habitantes vem enfrentando sérios problemas causados pela estiagem. "A médio e longo prazo, vemos a necessidade das prefeituras ampliarem as parcerias com o Governo do Estado para que o programa de construção de pequenas e médias barragens seja incrementado, visando melhorar a oferta de recursos hídricos na região", observou.

Cisternas

Com a entrega de cisternas a 20 municípios do Vale do Jequitinhonha que solicitaram apoio à Cedec para a busca de soluções para a instalação de reservatórios de água nas comunidades atingidas pela Seca, o Governo do Estado concluiu a entrega de 685 cisternas a 54 municípios. No Norte de Minas, 34 municípios receberam, na semana passada, nova remessa de cisternas que já estão sendo instaladas.

Durante o encontro em Araçuaí, o coronel Luiz Carlos Martins revelou que entre 2006 e 2010 já foram instaladas mais de 4,9 mil cisternas na região do semiárido. A iniciativa possibilita a otimização dos serviços de distribuição de água através de caminhões-pipa. Cada cisterna tem capacidade para armazenar oito mil litros de água.

A nova remessa de cisternas contempla Águas Vermelhas, Araçuaí, Capelinha, Cachoeira do Pajeu, Chapada do Norte, Coronel Murta, Curral de Dentro, Divisópolis, Fruta de Leite, Indaiabira, Jequitinhonha, Mata Verde, Ninheira, Rubim, Salinas, Turmalina, Veredinha, Itambacuri, Novo Cruzeiro e Taiobeiras.

Texto: IOF Minas


Comentário do Autor: O primeiro parágrafo da sub-aba "Cisternas" (em negrito), destaca que 20 municípios do Vale foram atendidas por terem solicitado à Cedec cisternas para aliviar o problema enfrentado pela estiagem.

Minha dúvida, será que os demais municípios (só para exemplo, Minas Novas, Berilo, Francisco Badaró, Jenipapo de Minas, José Gonçalves de Minas, Leme do Prado, etc.):

1 – Não estão precisando de apoio da Cedec para amenizar o sofrimento ocorrido pela estiagem?

2 – Ou nossos governantes “dormiram no ponto” ou demonstram não terem competência técnica-adiministrativa para solicitar recursos?

Fica minha dúvida.

Sobre o Autor: Bernardo Vieira
  • Perfil Completo
  • Website | Google+ | Twitter | Facebook
    Bernardo Vieira

    Sou mais um apaixonado pelo Vale do Jequitinhonha e suas riquezas. Venho, através deste blog, tentar expandir a cultura do vale, bem como trazer novidades e coisas úteis em geral. Formado em Administração pela UFLA - Universidade Federal de Lavras e Funcionário Público Estadual (TJMG). contato pelo email: nabeminasnovas@yahoo.com.br ou bernardominasnovas@hotmail.com.

    3 comentários:

    Cleuson Marconi - Presidente da ASCOPI disse...

    Acredito que a administração nem conhece esse projeto das cisternas. Graças a Deus tem a ASCOPI e STR que atua na zona rural prestando este serviço, se não o povo morria de sede.

    Bernardo Vieira Silva disse...

    Aí é mais grave ainda Cleuson. Por isso sempre ressalto que não podemos depender somente dos nossos governantes.

    Sanzio Luz - Maricelia Luz - Jesus Cristo breve virá. - disse...

    Gostaria que nossos "Políticos" paracem de fazer politicagem com o nome do vale do jequitinhonha e desse um bom exemplo para todos nós moradores e eleitores desse vale maravilhoso e abençoado por Deus.

    Postar um comentário

    As opiniões expostas nos comentários não refletem as do autor do Blog.Não serão aceitos comentários ofensivos, de baixo calão.

    Blogger Themes

    2leep.com

     
    Powered by Blogger